cordilleira Pixabay

8 atrações imperdíveis em Santiago do Chile

[Atualizado em dez 2016] Santiago do Chile é tão repleta de atrações turísticas que fica até difícil selecionar nove, mas vamos lá!  Se o seu tempo de viagem é curto, deixo aqui o que você não pode deixar de fazer de jeito nenhum – 8 atrações imperdíveis em Santiago do Chile.

1) Centro Histórico, Museus, La Moneda e Troca de Guarda

catedral-pixabay

Foto: Pixabay

O Centro Histórico de Santiago mescla tradição e modernidade na arquitetura de suas praças e museus. Não deixe de assistir a Troca de guarda, que acontece em dias alternados, em alguns meses em dias pares, outros ímpares. Durante a semana, 10h, finais de semana e feriados, 11h, e conhecendo o Palácio La Moneda – sede do governo chileno. Aproveite para visitar o Centro Cultural La Moneda, que fica no subsolo da Praça. Nesse espaço sempre há exposições e atividades culturais. Tem também lojinhas de artesanato e simpáticas cafeterias.
Depois, vá caminhando até à Plaza das Armas, onde está a maravilhosa Catedral Metropolitana de Santiago, Museu Histórico Nacional, que agora tem entrada grátis, o Museu de Arte Precolombino e o Edifício dos Correios. Tudo bem pertinho e de fácil acesso.

Para chegar no Palácio La Moneda: Linha 1 do metrô – Estação La Moneda.

Para visitar outros museus: Museu da Memória e dos Direitos Humanos e Museu de Bellas Artes.

2) Conhecer uma das Casas do Poeta Pablo Neruda

Casa de Isla negra

Casa de Isla negra

Não tem como conhecer  o Chile sem visitar uma das Casas do Poeta Pablo Neruda. Neruda é o poeta chileno mais famoso,  ganhador do Prêmio Nobel de Literatura, deixou três casas-museus, com lindos objetos e cheias de poesias. Todas são abertas à visitação e vale muito o passeio.

La Sebastiana – em Valparaíso 

Foi a primeira casa que conhecemos. Veja detalhes do passeio aqui. Arthur, Yasmim e Flávio me acompanharam nessa deliciosa aventura. Com um áudio-guia, fomos conhecendo toda a história da casa e escalando suas intermináveis escadas.

La Chascona – em Santiago

É a de mais fácil acesso para quem está com pouco tempo, localizada aos pés do Cerro San Cristóbal, dá para aproveitar a visita ao Cerro no bairro Bellavista para conhecer a linda La Chascona, saiba mais aqui.

Isla Negra – El  Quisco

Para mim, a mais linda. Clique aqui e veja o post da nossa visita. É a casa com o imaginário poético mais representativo do poeta, na decoração objetos que tem o mar como destaque, como réplicas de veleiros, barcos dentro de garrafas e muito mais.

3) Conhecer uma vinícola e o processo de produção do vinho

Vinícola Santa Rita

Vinícola Santa Rita

Outro passeio que acho imperdível. Conhecer os vinhos chilenos e todo processo de produção.  A vinícola mais conhecida e cheia de brasileiros é a Concha y Toro.  Tem também a Cousino Macul,  e a Santa Carolina, ambas bem próximas à Santiago e fácil chegar por conta própria. Tem outras que são um pouco mais distantes, como Santa Rita, Undurraga, mas que também para para ir por conta. Conhecemos a Casas del Bosque e Emiliana, as duas no Valle de Casablanca e no Valle de Colchagua conhecemos a linda Viu Manent e a Casa Silva. Todas visitadas pelo blog Nós no Chile, é só clicar sobre cada uma para saber todos os detalhes. Escolha uma e vá, tenho certeza de que não irá se arrepender. (Clique sobre cada uma para ler o post das vinícolas).

É possível visitar mais de uma vinícola por dia. Há opções de pacotes com visitas pela manhã e tarde, assim dá para aproveitar bem o dia.

4) Valparaíso e Viña del Mar

Valparaiso e Viña del Mar

Conhecer as cidades praianas que ficam bem pertinho de Santiago também vale a pena. Uma sugestão é começar por Valparaíso, que tem um importante porto marítimo. É uma das maiores cidades do Chile, com uma área histórica considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Possui 42 morros, chamados de cerros. Ao chegar em Valparaíso você já percebe um amontoado de morros e casas coloridas. Dá para fazer Valparaíso e Viña no mesmo dia. Viña tem passeio de charrete para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Veja aqui como foi nosso passeio.

5) Cerro San Cristóbal, Teleférico e Cerro Santa Lucía

Foto: 24 horas

Foto: 24 horas

O Cerro San Cristóbal fica no Parque Metropolitano de Santiago que é o maior do Chile e acaba de reinaugurar o teleférico. Lá também está o  Zoológico – boa opção para quem está viajando com crianças. Para subir até o Cerro você pega o funicular – uma espécie de bondinho. Lá em cima tem o Santuário Imaculada Conceição, com uma imagem de 22 metros de altura e uma vista maravilhosa de Santiago. E não deixe de dar uma voltinha no teleférico, o ingresso é comprado no alto do cerro San Cristóbal. Consulte os valores aqui nesse post.  Aproveite para conhecer o bairro Bellavista. Um lugar com muitos bares e restaurantes. Lá tem o Patio Bellavista, um shopping com diversos restaurantes e lojinhas com artesanatos.  Ao lado do Pátio Bellavista está o restaurante Como Água para Chocolate, que é uma boa escolha para um almoço ou jantar. Metrô Linha 1 – Estação Baquedano.

Vai ao Cerro Santa Lucía? Se prepare para encarar uma subida até chegar ao topo. A vista compensa qualquer esforço,  lá de cima é possível ver a cordilheira, boa parte da cidade e fazer lindas fotos. Se quer aproveitar para comprar algumas lembrancinhas para levar para o Brasil, em frente à entrada do Cerro, do outro lado da rua, está a feira de Artesanato Santa Lucía, lindos artesanatos, com ótimos preços, vale conferir. Metrô linha 1 – Estação Santa Lucía.

Cerro Santa Lucía

Cerro Santa Lucía

6) Sky Costanera – A torre mais alta da América Latina

sky costanera Chile

É o novo ponto turístico de Santiago. Do alto da torre mais alta da América Latina, 300 metros, você verá Santiago em 360º. Veja o post aqui.

Imperdível para quem viaja no verão:

7) Cajón del Maipo

Cajon del Maipo Chile

Mais um passeio imperdível, lugar incrível ! Um espetáculo da natureza, não dá para não conhecer, você nunca viu nada igual. Eu fui e amei. Veja o post completo com todas as informações aqui.

Imperdível para quem viaja no inverno:

 8) Valle Nevado e outras estações

Olha a gente no Valle Nevado

Olha a gente no Valle Nevado

Passeio para o período de junho até setembro. Essa é a época de temporada da neve e nesse período as quatros estações funcionam todos os dias, são elas:  Farellones, El Colorado, La Parva e Valle Nevado –  que é a mais alta e a que todos os brasileiros querem conhecer.  Valle Nevado é a única estação que fica aberta o ano todo e tem atividades para os turistas também no verão. Se sua intenção é só se divertir e conhecer a neve, o ideal é parar em Farellones, a estação tem tobogã e tirolesa, que fazem a diversão da galera. Para esquiar as melhores são El Colorado e Valle Nevado. As agências de turismo oferecem de tudo, passeios, roupas e equipamentos. Veja aqui como foi nosso passeio na neve.

Para quem viaja fora do período de neve, também vale conhecer o Valle Nevado no verão. Nós fomos e nosso post está aqui. Veja como é o Valle no verão.

Valle sem neve

Valle sem neve

Foto da capa: Pixabay

Siga o Nós nas redes sociais:

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Artigos Relacionados

About the Author

Rosi Guimarães
Author with 209 posts
More about Rosi Guimarães

Sou Rosi Guimarães, mineira de Belo Horizonte, casada com Flávio e mãe do Arthur e da Yasmim. Moramos no Chile desde 2014. Relações Públicas e pós-graduada em cerimonial e organização de eventos. Deixamos uma vida bem estruturada em Belo Horizonte e cá estamos: NÓS NO CHILE!
- Facebook: nosnochile
- Twitter: @nosnochile
- Instagram:@blognosnochile
- snap: blognosnochile

25 Comments

  • Maressa Reis maio 25, 2017 02.12 pm

    Oi Rosi, td bem? Queria dizer que adorei seu blog!

    Estou planejando passar minha lua de mel no Chile a partir do dia 12 de junho.

    Consegui ver mtas hospedagens pelo booking através do seu link, mas tenho algumas duvidas crueis… vc poderia me ajudar? Será minha primeira viagem internacional da vida e estou tão tensa por isso… além de toda tensão do casamento rsrs.

    Farei reserva de 12 a 17 de junho e confesso que a questão dos bairros está me confundindo mto. Quero algo economico e bom, mas que seja perto de tudo. Além disso, prezo por um local com banheiro privativo, pq percebi a quantidade de hostels que tem no site, mas com banheiros para compartilhar.

    Poderia me indicar um bairro legal, ou uma localidade acessível para fazer os passeios?

    Acho que por enquanto é só e mais uma vez, parabéns pela qualidade do blog. Espero escrever meus comentários sobre como foi a viagem.

    Um abraço.

    Reply 
    • Rosi Guimarães maio 30, 2017 10.55 am

      Oiii!!!
      Tudo bem? Eu gosto muito do bairro Providencia. Perto de tudo, metrô, restaurantes, lojas. Acho que é o ideal para o que está procurando.
      Abraço e boa viagem!

      Reply 
  • 7 coisas que você precisa saber sobre o inverno no Chile
    28 de março de 2017 - 13:58

  • José março 23, 2017 12.16 am

    Boa noite Rosi. Curti muito o blog, as dicas são super legais. Me senti como se já tivesse visitado o Chile. 

    Estamos com passagens compradas para julho (total de 11 dias para passear). Temos 2 crianças  (6 e 9 anos).

    2 duvidas: que tipo de máquina fotográfica vocês usam? Não costuma falhar por causa do frio?
    Temos uma máquina SLR que é um pouco pesada e fico sem saber se podemos levar pra todo lado. Pela segurança da cidade, parece que não há problemas. Mas nunca a usei num lugar tão frio.

    Li num post seu que aos domingos o comércio fecha. Isso inclui os shoppings, supermercados e lojas de câmbio? Pergunto isso porque chegarei num sábado no fim da tarde e precisaria fazer o câmbio por pesos, compras para abastecer a geladeira do apart e talvez comprar umas roupas de frio. Acho que no sábado eu não conseguiria fazer essas coisas.

    Desde já, obrigado pela atenção e parabéns pelo blog!

    José Antonio

    Reply 
  • dicasdelasblog março 08, 2017 06.55 pm

    Olá, adorei o blog!
    O passeio do Cajón del Maipo é feito apenas no inverno? O tour das piscinas térmicas não deve ser realizado no inverno né?!
    Obrigada

    Reply 
  • Júlio junho 30, 2016 08.19 am

    Guardo cada cantinho deste lindo país em meu coração. Fica difícil escolher qual o lugar mais gostei. Estive aí neste ano, em fevereiro. Passei 10 dias inesquecíveis e que pra sempre estarão em minha memória. Parabéns pelo blog!

    Reply 
  • Ivan Bruno Hostil abril 19, 2016 06.04 pm

    Parabéns, Rosi. Blog fantástico! Últimos retoques para a minha estadia entre 5 e 10 de Maio. Mesmo com o clima já dando as caras nos pontos mais altos, ainda aposto numa temperatura amena para não bombar de rinite nas vésperas de uma corrida que farei dia 8.

    É melhor levar dólares mesmo como vi num post de um blog ou n preciso me preocupar e levo a mesma quantia em reais? Vale a pena pagar o IVA só para driblar a cotação do US$ salgada do Brasil? Já estou aceitando aproveitar a recente baixa da moeda americana para garantir chegar com uma moeda forte aí e evitar as taxas do uso do cartão de crédito. Com 180.000CLP vivo cinco dias bem já que estou indo de hospedagem paga e cafés da manhã inclusos?

    Valeu!

    Reply 
  • Socorro Garcez fevereiro 21, 2016 09.05 pm

    Olá, vou viajar para Santiago com minha família, somos 5 no total, e preciso muito de sugestões de hotéis ou apartamentos para ficar que acomode nossa familia toda e que tenha uma boa localização. Poderia me ajudar?

    Reply 
  • Marília fevereiro 17, 2016 08.41 pm

    Rosi adoramos as dicas. Troca da guarda um espetáculo imperdível. Vista do Cerro Santa Lúcia muito bacana. Até assistimos á missa no domingo lá. O cerro são Cristóvão achei mais abandonado mas igualmente bonito.

    Reply 
  • Camilla Lôbo fevereiro 04, 2016 10.01 am

    Bom dia Rosi… Seus posts estão sendo ótimos para nos auxiliar a montar nosso roteiro de férias..
    Suas dicas estão nos ajudando muito. Iremos viajar em família no final de fevereiro, ficaremos alguns dias em Santiago-Valparaiso, mas, temos uma limitação. Meu pai tem inúmeras alergias, as mais importantes delas é ao alho, e ao glúten. Você tem alguma indicação de restaurante que possamos comer sem esses itens específicos, ou você acha que conseguiremos pedir para não acrescentar esses itens em qualquer restaurante.

    Reply 
    • Rosi Guimarães fevereiro 04, 2016 04.54 pm

      Oi Camila
      Aqui no Chile eles não tem tanto hábito ao uso do alho como nós brasileiros, mas é bom perguntar antes sobre a preparação dos pratos. Com relação ao glúten, sugiro escolher opções de prato sem esse ítem, como pescados e carnes. Aqui eles são bem complicados para fazer qualquer troca nos pratos. sugiro também contratar um seguro saúde, a saúde aqui no Chile é muito caro e não recomendo viajar sem seguro. Nos supermercados Jumbo e Lider tem opções de produtos sem glúten, vocês ficarão em apart hotel equipados com cozinha? Se for, dá para preparar algumas refeições no apartamento.
      Boa viagem e um abraço!

      Reply 
      • Camilla Lôbo fevereiro 05, 2016 09.32 am

        Obrigada Rosi.. 🙂

        Reply 
  • Vitor fevereiro 04, 2016 08.47 am

    Bom dia
    Estou gostando muito do blog pois tem tirado todas minhas duvidas antes da viajem
    Gostaria de saber se é possível se alimentar em santiago durante 12 dias com 275.000 pesos, acredito que farei duas refeições diárias na rua pois o café da manhã já está incluso no valor que paguei pelo hotel, sou jovem (19 anos) gosto de coisas mais práticas, ou seja, nada de frequentar restaurantes turisticos, e irei sozinho Se pudesse tirar essa minha dúvida eu ficaria muito agradecido.

    Reply 
    • Rosi Guimarães fevereiro 04, 2016 05.00 pm

      Vitor
      Fazendo as contas aqui, você tem quase 23 mil pesos por dia para comida e isso é um bom valor. Aqui é possível encontrar pratos completos por até 6 mil pesos, então dá tranquilo. Para comer com boa qualidade pagaria 10 mil pesos. Pode viajar tranquilo.
      Um abraço!

      Reply 
  • Paula Oliveira fevereiro 03, 2016 01.00 pm

    Ótimas dicas. Rosi, sabe dizer se posso dirigir só com a carteira de nacional de habilitação ou preciso do PID (Permissão Internacional para Dirigir)?

    Reply 
    • Rosi Guimarães fevereiro 04, 2016 05.01 pm

      Paula,
      como turista você pode dirigir até 3 meses aqui com a carteira brasileira.
      Boa viagem!

      Reply 
  • Felipe janeiro 13, 2016 08.47 pm

    Olá Rosi, eu me chamo Felipe e estou indo a Santiago dia 21/01. Somos dois casais e estamos procurando apartamento para 11 noites. Você tem alguma indicação. A maioria que vimos tem apenas uma cama de casal, com beliche ou sofá cama. Gostaríamos de um apartamento para dois casais. Você pode me ajudar ? Desde já agradeço e parabéns pelo blog.

    Reply 
  • Santiago do Chile: melhor no inverno ou verão? – Nós no Chile
    13 de dezembro de 2015 - 13:34

  • Adriana Livani setembro 20, 2015 05.22 pm

    Olá Rosi, parabéns pelo blog! Iremos dia 22 terça e ficaremos uma semana no Chile e com certeza suas dicas me ajudaram muito no roteiro! Fiquei em dúvida quanto ao domingo, o que poderemos fazer? O que estará aberto? Um abraço .Adriana de São Roque-SP

    Reply 
  • Jackelline Tomais agosto 03, 2015 03.26 pm

    boa tarde, queria saber se em agosto da pra ir para Cajon del Maipo?
    Vamos por chile Dia 17 de agosto e estamos querendo fazer este passeio, outra duvida, compensa alugar um carro, ou pegar uma agencia de turismo?

    Reply 
    • Rosi Guimarães agosto 07, 2015 08.17 am

      Jackelline,
      O caminho para Cajon é bem perigoso e com neve fica pior ainda, aconselho a não ir. As agências não fazem por questão de segurança. Carro ou agência? Carro para Santiago, não é bom. Trânsito ruim, o metrô funciona bem. E Depende dos passeios que querem fazer. vinícolas, por exemplo, se for de carro, alguém não vai pode degustar os vinhos.
      Um abraço!!!

      Reply 
  • Roteiro de compras: Shopping em Santiago do Chile – Nós no Chile
    19 de novembro de 2014 - 20:54

Gostou? Deixe aqui seu comentário

A AUTORA

Rosi Guimarães

Sou Rosi Guimarães, mineira de Belo Horizonte, casada com Flávio e mãe do Arthur e da Yasmim. Moramos no Chile desde 2014. Relações Públicas e especialista em cerimonial e organização de eventos. Deixamos uma vida bem estruturada em Belo Horizonte e cá estamos: NÓS NO CHILE!

Mondial Travel - Nós no Chile
Rentcars - Nós no Chile

TEMPERATURA

Santiago - Chile
14°
Weather from OpenWeatherMap