10 restaurantes imperdíveis em Santiago do Chile

por Bárbara Mussili

Se na sua opinião a experiência de viagem passa pela gastronomia, você está no post certo. Afinal, também se conhece uma cidade pelos seus sabores e aromas, não é mesmo? Pensando nisso, selecionamos dez opções de restaurantes que se destacam não somente pela qualidade de seus pratos, mas também pelo ambiente, decoração e, claro, bom atendimento.

Tem um pouco de tudo: comida chilena, peruana ou internacional. Você também pode escolher por especialidade: carnes, frutos do mar, massa ou pizza. Restaurantes tradicionais e inovadores. Que atraem chilenos e estrangeiros. Para ajudar na escolha, informamos também a localização por bairro e uma ideia de preço.

Quer experimentar? Buen provecho!

Pisco Sour

Aquí Está Coco

Coco Pacheco é o nome do chef fundador deste restaurante com raízes chilenas em Providencia. Tradicional? Sim, mas também inovador na concepção com materiais reciclados e no DNA gourmet de toda uma família que se dedica à gastronomia. Ideal para quem quer provar as delícias do mar e com opções para os carnívoros, como diz o menu. Não é um restaurante relativamente barato, mas proporciona uma experiência diferenciada. Vale fazer um tour pelos ambientes para conhecer os detalhes da sua decoração.

O arroz “coco”sai por $ 9.100 e a merluza salsa de angulaspor $ 15.400.

Liguria

Com uma história de mais de 25 anos, a ideia do Liguria é fazer você se sentir em casa. A comida é típica, o astral é urbano e descontraído. A decoração é vintage, resgatando aspectos culturais do país através de fotos antigas, objetos, referências literárias e musicais. Existem três lojas em Providencia, mas a dica é conhecer o espaço mais novo que fica em Lastarria, em um casarão reformado com vários ambientes temáticos. Recomendamos de entrada a pichanga a la chilena($ 9.900) com um pisco sour($ 4.000). Além de pratos principais, também tem opções de sanduíches. A carta de cervejas e vinhos é bem variada.

Mestizo

O nome dá a pista: aqui temos os clássicos da comida chilena com toques à espanhola, em versões mais sofisticadas. O ambiente é rústico e, ao mesmo tempo, moderno. Sua localização no Parque Bicentenário (Vitacura) é um convite para fazer uma dobradinha e desfrutar a natureza no final da tarde, depois do almoço. O ragú de asado de tira sobre ñhoquis trufados sai a $ 11.400 e o atún sellado en especias, a $ 12.900.

Nolita

A inspiração do Nolita vem de um bairro italiano de Nova York. Logo, as massas e os frutos do mar são os destaques da casa que se apresenta como de comida ítalo-americana. A decoração de uma de suas filiais, na Isidora Goyenechea, lembra o estilo art-déco com muitas telas abstratas e esculturas. Inclusive, uma das mesas está sustentada por uma das charmosas vaquinhas da Cow Parade numa versão estilizada de Elvis Presley. A outra opção é a filial de Lastarria. Uma tradicional massa napolitana recheada com carne custa $ 10.500.

La Mar

Se eu fosse você, não iria embora do Chile sem comer um ceviche e tomar um pisco… peruanos! Eis aqui uma autêntica cebichería peruana cuja matriz em Lima está na lista dos cinquenta melhores restaurantes latino-americanos de 2017. A filial em Santiago, localizada em Vitacura, não fica atrás. É um verdadeiro festival de diversidade. A pedida, lógico, é a degustação de ceviche ou a plancha marinerade frutos do mar ($ 16.800), ambos para compartir. E para completar o pecado da gula, um suspiro limeño($ 5.800).

Baco

O deus do vinho tem um lugar em Santiago à altura, em Providencia. O Baco é um típico bistrô que, além de pratos deliciosos e acessíveis, dispõe de grande variedade de vinhos em garrafa ou taça. Na decoração, as inúmeras vinícolas e seus rótulos espalhados pelo salão. Trata-se de um restaurante tradicional, frequentado por chilenos que prezam a boa conversa e costumes locais. Não é sofisticado, mas preserva a formalidade. Não tem wi-fi, não cobra gorjeta e serve água sem que seja necessário pedir. Um dos nossos pratos favoritos é o pato: confit de canard($ 11.000). Também recomendamos o tarte tatín ($ 4.500), uma maravilhosa sobremesa.

Km0

Uma opção na Isidora Goyenechea, o restaurante está localizado no subsolo do Hotel W e impressiona por seu gigante paredão de vinhos que acompanha a altura do andar superior ao restaurante. A especialidade de seus pratos recorre à gastronomia francesa. Pela localização, é muito procurado por quem está em Santiago à trabalho. O coq au vin($ 9.100), frango cozido em uma redução de vinho cabernet sauvignon, acompanhado do créme brulée($ 4.300), é uma combinação perfeita.

KM0

Margó

O Margó foi concebido a partir de uma ideia familiar em La Dehesa. Deu certo e se expandiu para outras duas lojas na badalada Isidora Goyenechea e no Shopping Parque Arauco. A carta traz opções variadas de carne e salada a frutos do mar. Um prato bem típico é a plateada al horno con pastelera de choclo($ 10.800), uma carne assada com o tradicional suflê de milho dos chilenos. Também oferece opções específicas para crianças.

Margó_fachada

Galindo

Uma boa escolha para quem, além de querer apreciar a comida chilena, estiver por perto do burburinho do bairro Bellavista. O ambiente é simples e os pratos são bem servidos e podem ser compartidos. E se é para curtir refeições típicas e fartas, a sugestão é o filete a lo pobrepor $ 8.100.  Para beber, prove a cerveja chilena kunstmann ou a sangria, chamada por aqui de borgoña.

Restaurante Galindo

Galindo. foto: Plataforma Urbana

Tiramisú

Por fim, quem resiste a uma pizza bem caprichada? O Tiramisú é um lugar bem concorrido, também na Isidora. Ainda que o espaço seja grande, tem que chegar preparado para encarar fila, mas vale a espera. Primeiro pela pizza e pelo calzone, óbvio. Mas o astral também compensa se você gosta de um ambiente movimentado e moderno. E também há opção de saladas e antepastos. Uma pizza de quatro queijos sai à $ 8.900.

Deu água na boca? A verdade é que a lista não se esgota… Então, já vamos pensar na próxima!

Um lembrete: não deixe de procurar fazer reserva com antecedência pois estes restaurantes costumam ter muita procura. Sugerimos usar o aplicativo Restorando.

  • Para horários e telefones de contato, consulte as páginas dos restaurantes.
  • Alguns preços aqui informados consideram estimativas e também podem sofrer atualizações.

Você vai gostar também do seguinte post: Comer no Chile é realmente caro?

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Posts Relacionados

7 comentários

Fabiana Leonardi 17 de julho de 2019 - 14:59

Oi! onde comer um bom salmão em Santiago?

Reply
Rosi Guimarães 19 de julho de 2019 - 12:00

Oi Fabiana,
em todos esses restaurantes tem opção de salmão.
Abraço!

Reply
Joana Borghi 24 de junho de 2019 - 22:55

Rosi, boa noite, tudo bem?
Saberia me informar como faço para fazer reserva no restaurante KM0?
Obrigada

Reply
Rosi Guimarães 26 de junho de 2019 - 09:24

Oi Joana,
Tem que ser pelo telefones, pode fazer quando chegar aqui. Pedindo na recepção do seu hotel eles fazem pra você.
Um abraço!

Reply
Fabiana Martins 1 de maio de 2019 - 10:59

Oi qual valor em média para comer no domingo à noite? Dia das mães

Reply
Rosi Guimarães 2 de maio de 2019 - 08:21

Oi Fabiana,
Nesse post você consegue ter uma ideia https://nosnochile.com.br/vamos-falar-de-comida-e-realmente-caro-comer-em-santiago-do-chile/
Um abraço!

Reply
Paula 19 de agosto de 2018 - 17:30

Namoro um chef de cozinha chileno q super concordou com a sua seleção.

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário