20 atrações gratuitas para curtir em Santiago do Chile

por Rosi Guimarães

[Atualizado em set/19]

Em Santiago do Chile tem tanta coisa de graça para fazer. Museus, parques, visitas guiadas, troca de guarda… São muitos programas bacanas, e que você não vai gastar nenhum tostão, nadica de nada.

Certamente, você vai se surpreender, pois é possível encontrar atrações no Chile como um todo, gastando muito pouco. E como a maior parte dos viajantes brasileiros escolhe a capital Santiago como um dos pontos principais de estadia, nada mais justo que explorá-la a fundo!

Pensando nisso, fizemos uma listinha de 20 atrações gratuitas para você curtir em Santiago do Chile. Inclusive, já fomos a todas. Em algumas fui sozinha, outras com a família. Aliás, tudo que conto aqui são experiências nossas, assim você não entra em fria. Combinado?

De quebra, vamos dar algumas dicas para você planejar sua viagem e elaborar o seu roteiro para ter o melhor custo-benefício. Então, o melhor é aproveitar!

1. Centro Histórico e Plaza de Armas

A melhor forma de conhecer e ver todos os detalhes da cidade é caminhando. O Centro Histórico de Santiago do Chile mescla tradição e modernidade na arquitetura de suas praças e museus. Dedique um pouco do seu tempo caminhando pelo Centro e reparando na arquitetura e nos detalhes dos edifícios.

Para chegar: Metrô linha 1 – vermelha e descer na Estação Universidad de Chile. Você já estará no Centro. Caminhe pelo Paseo Ahumada, até chegar a Plaza de Armas.

3. Museu Histórico Nacional

Também localizado na Plaza de Armas, o Museu Histórico Nacional é um museu interessante e vale a visita. A entrada é de graça, então, é uma excelente oportunidade de conhecer um pouco da história do Chile. O museu permanecerá fechado por 2 anos para reforma.

4. Mercado Central

Tradicional ponto turístico de Santiago do Chile, o Mercado Central é famoso por servir a Centolla (uma espécie de caranguejo gigante). Mas tem que ir preparado, o assédio de garçons e guias turísticos é enorme. Eu confesso que não gosto. Saiba mais detalhes aqui.

mercado-central-08

5. Palácio La Moneda

Muita gente não sabe, mas o Palácio La Moneda, sede do governo chileno, tem visita guiada de graça. Só é preciso agendar antes. Nessa visita, você conhece os salões internos do Palácio. Para agendar a visita clique aqui.

Como chegar: metrô linha 1 – vermelha – descer na Estação La Moneda.

6. Centro Cultural La Moneda

Localizado na parte de baixo do palácio La Moneda, com entrada pelas laterais, o lugar é lindo e sempre tem boas exposições. A entrada no Centro Cultural é grátis e algumas exposições também, outras tem que pagar, depende do dia da sua visita. Tem cafés e internet grátis. Fique de olho na nossa agenda cultural publicada todos os meses. Acesse aqui.

7. Troca de guarda

Passeio imperdível em Santiago do Chile, a troca da guarda é uma cerimônia tradicional do Palácio de la Moneda e acontece a cada 2 dias. Trata-se de um belo desfile com os chamados Guardias del Palacio, unidade pertencente aos Carabineros de Chile.

Com 40 minutos de duração, o evento começa junto à enorme bandeira do Chile, na Plaza de la Ciudadanía, e vai até a Plaza de la Constitución, ao norte do Palacio de la Moneda. Cavalaria e banda marcial dão o tom: lindo e emocionante. Leia também: Calendário da Troca de Guarda em 2019.

8. Tour a pé

Os turistas podem descobrir alguns segredos de Santiago do Chile por meio dos tours gratuitos. Os tours são realizados por guias de turismo da Municipalidade de Santiago do Chile e apresentam diferentes roteiros que permitem conhecer detalhes da história e da cultura chilena, bem como apreciar o cotidiano da região central. Detalhes dos trajetos, bem como dias e horários, você encontra aqui.

9. Cerro Santa Lucía

O Cerro Santa Lucía também é um ótimo passeio para ver Santiago do Chile do alto. Mas se prepare para encarar uma subida até chegar ao topo do Cerro. A vista compensa qualquer esforço, de lá de cima é possível ver a Cordilheira.

Como chegar: metrô linha 1 vermelha – Estação Santa Lucía.

10. Feira de Artesanato Santa Lucía

Se quiser comprar alguma lembrancinha para levar para o Brasil, aproveite a Feira de Artesanato Santa Lucía. Fica em frente ao Cerro Santa Lucía, é só atravessar a rua e já está na feira.

Além da feira de Santa Lucía, aqui tem um post completinho de onde comprar lembrancinhas em Santiago do Chile.

11. Cerro San Cristóbal, subindo a pé

Subindo a pé é de graça, são cerca de 40 minutos de uma caminhada puxada, mas com uma vista linda. Se preferir, há a opção de subir de funicular, que é uma espécie de bondinho (mas precisa pagar). Lá em cima tem o Santuário Imaculada Conceição, com uma imagem de 22 metros de altura e uma vista maravilhosa de Santiago do Chile.

Funciona todos os dias. Nas segundas de 13h às 20h e nos outros dias, de 10 às 20h. Atenção: primeira segunda-feira do mês, fechado para manutenção. Dê uma esticadinha até mais tarde e fique lá em cima para ver o pôr do sol. Posso te dizer que é imperdível!

Vale aproveitar para conhecer o teleférico, mas tem que pagar! Leia o post completo aqui.

Como chegar: metrô linha 1 Vermelha – Estação Baquedano, sai pela Plaza Itália e segue a rua Pio Nono.

Cerro San Cristóbal

12. Parque Bicentenário

Passeio ideal para quem gosta de caminhar e fazer lindas fotos. Ótimo para quem viaja com crianças. O espaço tem vários brinquedos superdiferentes e modernos, trilhas para corridas e caminhadas, lago com cisnes e peixes, aparelhos para ginástica e, no verão, até guarda-sol e sombrinhas de praia.

Como chegar: nesse parque não dá para chegar de metrô, fica longe. O ideal é pegar um táxi.

13. Feira de Artesanato Los Dominicos

Ideal para comprar boas lembrancinhas para levar para o Brasil. É um passeio gostoso, lugar agradável e uma linda vista para a Cordilheira. Vale a pena fazer esse passeio, veja aqui como foi a minha visita.

Como chegar: metrô linha 1 vermelha – última estação – Los Dominicos.

14. Parque de Las Esculturas

Localizado em Providencia, ao lado do rio Mapocho, o parque exibe obras de artistas locais em vários tamanhos, formas e materiais. O espaço fica cheio, os chilenos sabem aproveitar bem, deitam na grama, fazem ginástica, andam de bicicleta, namoram e curtem o verão.

Fica pertinho do shopping Costanera, aproveite para visitar. Leia o post aqui.

No shopping Costanera está o mirante mais alto da américa Latina, é pago, leia o post aqui.

Como chegar: metrô linha 1 – vermelha – Estação Los Leones.

Parque de las Esculturas

15. Museu Nacional de Bellas Artes

Com entrada liberada, o museu conserva coleções de arte chilena desde a época da Colônia até os dias de hoje. Além da exposição permanente de arte nacional, o museu realiza exibições temporárias de artistas nacionais e estrangeiros. Confira o post aqui.

16. Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Imperdível para quem quer conhecer um pouco do período da Ditadura Militar. Uma edificação moderna e bonita, talvez para dar uma leveza ao tema tratado. O Museu da Memória e dos Direitos Humanos é o mais triste e emocionante que já visitei. 

Está localizado em frente ao Parque Quinta Normal, que tem outros lindos museus. Aqui tem um post sobre o Parque. É fácil de chegar e dá para ir de metrô.

Como chegar: metrô linha 5 – verde – Estação Quinta Normal. O endereço é Matucana 501, Metro Quinta Normal, Santiago do Chile.

17. Museu Nacional de História Natural

Aproveitando que você está no Parque Quinta Normal, não deixe de visitar o Museu Nacional de História Natural. Além da construção em estilo neoclássico ser tão imponente quanto a do Museu de Bellas Artes, o acervo encantada gente de todas as idades.

Ali, há exposições permanentes e itinerantes, e o acervo do museu permite que os visitantes consigam explorar as peculiaridades da fauna e flora chilenas. Um exemplo são as réplicas de animais que dominavam a região nos tempos mais remotos.

Além disso, é possível conhecer detalhes da geografia de diferentes regiões do Chile, como o Deserto do Atacama, Patagônia e região dos Lagos. Até mesmo a inóspita Ilha de Páscoa está presente. Um dos principais destaques é um enorme esqueleto de baleia!

Veja aqui outros museus que têm entrada grátis.

18. Bairro Paris Londres

É um bairro com duas únicas ruas, a Paris e a Londres. Com construções do século XVI e estilo europeu, o bairro pertencia aos franciscanos de Chile, por isso a igreja San Francisco foi construída em sua entrada.

19. Bairro Lastarria

Linda arquitetura, com algumas ruas que ainda conservam a construção original e excelente oferta gastronômica. Assim é o bairro Lastarria. Ponto obrigatório para quem curte restaurantes. Muito perto do centro, mas mantém o ar de bairro residencial e boêmio. Vale a visita.

Veja aqui a lista dos restaurantes imperdíveis em Santiago do Chile.

Como chegar: metrô linha 1 – vermelha – Estação Santa Lucía.

20. Caminhar sábado de manhã pelo bairro Itália

Que delícia esse bairro! Passeio ideal para um sábado de manhã. Bater perna e entrar nas galerias e ir descobrindo cada cantinho é o legal desse bairro. Os amantes de design e antiquários ficam loucos, são tantos detalhes, tanta coisa lindinha que a gente quer ser perder nas belezas do lugar.

Na Avenida Itália com Caupolican é possível ver os móveis expostos nos passeios e mestres trabalhando nas peças. Para saber como chegar, clique no post completo aqui.

E não poderia deixar de falar do Parque Araucano, que é enorme, muito bonito e ideal para tirar lindas fotos. Para quem viaja com crianças é um local imperdível.

O que levar em conta na hora de planejar sua viagem ao Chile?

Agora que você já saber o que fazer em Santiago do Chile gastando pouco, é hora de pensar em como será sua estadia. Então, anote nossas dicas a seguir.

Transporte

Como dissemos, normalmente os brasileiros preferem começar o roteiro por Santiago do Chile, até porque a capital está a poucos quilômetros do Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez. Dali, é bem fácil acessar o centro da capital chilena, temos dica de transfer aqui no blog.

Já em Santiago do Chile, você encontra um eficiente metrô que conecta os principais pontos turísticos, além de ônibus, táxis e motoristas de aplicativos. Além disso, dá para ir por conta própria para várias outras regiões, com ônibus de viagem saindo da rodoviária.

Época para viajar

Isso depende muito do que você quer fazer. Por exemplo, a neve é uma das mais concorridas atrações no Chile. A temporada normalmente vai de junho a setembro, e te dá a possibilidade de se hospedar nas montanhas, como é o caso de Farellones e do Valle Nevado. Mas aqui tem um post com a melhor epoca para viajar para o Chile.

Porém, se você quer mesmo é passear curtindo o verão no Chile, vale a pena ir entre novembro e março. Essa época tem temperaturas quentes, e dá para andar bastante, já que não chove tanto.

Hospedagem

Hotéis no Chile não faltam, especialmente em Santiago do Chile. Há opções para todos os bolsos e gostos. Além disso, há hostels (muito procurados pelos mais descolados) e apartamentos ― uma opção de ótimo custo-benefício para quem está com mais pessoas e deseja mais liberdade. Para saber as melhores ofertas, sugerimos consultar nosso parceiro Booking.com.

Moeda

É preciso ter um certo cuidado na hora de trocar reais por pesos chilenos, pois os múltiplos de 1.000 às vezes confundem. Honestamente, você não precisa se preocupar em comprar dólares nem tentar levar pesos do Brasil.

Como não é novidade, ao chegar ao aeroporto troque algum dinheiro só para o traslado até a cidade. Então, procure uma casa de câmbio. Mas fique atento, pois pode haver grande diferença de um lugar para outro.

Seguro viagem

Este não é um item obrigatório, mas você deve levar em consideração. Especialmente se você quiser fazer uma expedição mais radical, saiba que se acidentar na Cordilheira dos Andes ou no Deserto do Atacama pode sair bem caro.

Então, ao decidir seu roteiro, invista em um seguro viagem. Além de dar coberturas para perdas e danos, como roubos e extravios de bagagem, também evita dores de cabeça ainda maiores no caso de enfermidades ou acidentes.

Vale contratar um Seguro Viagem para o Chile? Cupom de 5% exclusivo Nós no Chile!

A Seguros Promo compara preços das melhores seguradoras do mundo, como Assist Card, SulAmérica, GTA, Affinity e outras.

E a gente ainda conseguiu um desconto de 5% para você! É só usar o cupom NOSNOCHILE5. Pagando com boleto ganha mais 5%! Faça um orçamento aqui e veja que não é caro.

Como você pôde ver, o país andino é instigante e seria impossível enumerar todas as atrações no Chile em um único post. Então, depois de saber o que fazer em Santiago do Chile de graça, não perca a chance de conhecer as melhores dicas para que sua viagem seja inesquecível.

A qualquer hora, postamos conteúdos exclusivos para seu roteiro seja incrível! Fique a par de tudo seguindo nossos perfis no Facebook, Instagram e Twitter!

 

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Posts Relacionados

28 comentários

Rodrigo Coutinho 11 de junho de 2018 - 16:37

Olá.
Este blog tem me ajudado bastante. Ainda não li tudo. Cada dia eu pego um pouco e vou tentando fazer uns ajustes.
Viajo para o Chile no dia 06/07/2018. Não vejo a hora. 🙂

Reply
Denia Karru 13 de maio de 2018 - 18:34

Esse seu post será a base da minha viagem, rsrs. Tenho apenas 3 dias e me ajudou muito a preparar o roteiro. Muito obrigada mesmo.

Reply
Rosi Guimarães 14 de maio de 2018 - 11:35

De nada!
Uma boa viagem!

Reply
Dina Marcia 7 de fevereiro de 2018 - 17:00

Ola tudo bem sou leitora do blog e acompanho as redes, vou ao Chile em breve dai fui agendar minha visita ao la moneda e me deparei com essa observação,
“Como se ha indicado al momento de la programación de su visita y por razones de seguridad de los objetos
patrimoniales se les solicitó no ingresar con mochilas, bolsos, carteras y/o bultos de gran volumen pues
este retrasa el ingreso de la delegación para su revisión, restando tiempos a su recorrido y el de las
delegaciones que las suceden en ingreso”.
minha pergunta é Rosi vc que já foi então eu não posso levar nada, só posso entrar no palacio de maos vazias?

Reply
Rosi Guimarães 8 de fevereiro de 2018 - 15:50

Oi Dina,
Isso é novo, quando eu fui eu consegui entrar com minha bolsa sem problemas. Eu acredito que eles tenham um guarda-volumes ou então que permitem entrar com bolsas mais pequenas e não com mochilas.
Me conta depois como foi para eu atualizar o post.
Obrigada!

Reply
Alice 2 de fevereiro de 2018 - 09:56

Olá! é possível realizar o passeio pelo Centro de Santiago (Plaza, Mercado, Cerros) em 1/2 dia?? Sem entrar nos museus? Ou as atrações do Centro demandariam mais de 1 dia?

Reply
Troca de Guarda no Chile: Calendário 2017 8 de janeiro de 2018 - 13:33

[…] Aqui nesse post tem a lista de 19 passeios de graça no Chile. […]

Reply
Saiba os dias da Troca de Guarda no Chile: Calendário 2018 8 de janeiro de 2018 - 11:18

[…] Aqui nesse post tem a lista de 19 passeios de graça no Chile. […]

Reply
Kelly Wenceslau 14 de setembro de 2017 - 08:40

Rosi…. ainda bem que te encontrei uffa ! rs Amando seu blog, suas dicas! vou para o CHILE daqui 1 semana, eu eu minha filha de 15 anos, nossa primeira viajem para fora, imagina a ansiedade… mas lendo suas dicas me sinto mais tranquila, ainda não fechei o passei vale nevado, acha que nessa época vale ? escutei falar que provável não vou encontrar neve rs

Reply
vania gomes 10 de novembro de 2016 - 11:51

Rosi, boa tarde! tudo bem?
estou programando minha viagem antecipadamente (vou em agosto/2017) e estou em duvidas onde ficar.
Prefiro um lugar onde a noite não seja deserto, perto do metrô. Estou em duvidas entre Providencia e Lastarria. Pode me ajudar, por favor?
obrigada, lindona!

Reply
Rosi Guimarães 14 de novembro de 2016 - 12:24

Oi Vania,
Eu gosto muito dos dois bairros, mas ainda prefiro Providencia.
Um abraço!

Reply
Pri Correa 30 de outubro de 2016 - 23:40

Rosi estou acompanhando seu blog desde agosto! Você sempre tem ótimas dicas, obrigada!!

E quero te pedir uma outra dica hehe quero conhecer o Cerro San Cristóbal, mas quero saber se além do zoo há alguma outra coisa por perto que vale a pena conhecer. Quero aproveitar a ida até lá e também o dia 🙂

Obrigada

Reply
Rosi Guimarães 31 de outubro de 2016 - 18:24

Oi Pri,
É região de Bellavista, então tem bastante restaurantes e o Pátio Bellavista que é um shopping de comidas. Tem a imperdível Casa do Poeta Pablo Neruda – A La Chascona, veja aqui:http://nosnochile.com.br/chile-as-casas-museus-do-poeta-pablo-neruda/
Abraço!

Reply
Marlene Santos Pombo 25 de fevereiro de 2016 - 11:18

Marlene Santos,Rio de janeiro, gostei muito das suas dicas,é a primeira vez que vou ao Chile dia 05/05/2016 e volto 12/05.Vou fazer 80 anos vou com meu filho,mas adoro viajar.Gostaria de dicas para minha idade.
Abraços

c

Reply
Rosi Guimarães 14 de março de 2016 - 10:08

Oi Marlene,
todas as dicas estão no blog e todos os passeios dá para fazer na sua idade. Que beleza! Parabéns pelo ânimo!
Boa viagem!

Reply
8 atrações imperdíveis em Santiago do Chile - Nós no Chile 2 de fevereiro de 2016 - 18:35

[…]  17 atrações gratuitas em Santiago […]

Reply
Troca de guarda: Calendário 2016 - Nós no Chile 11 de janeiro de 2016 - 17:53

[…] com dizem aqui: cambio de guardia é um passeio de graça e imperdível para adultos e crianças. Aqui nesse post tem a lista de outros passeios de graça no […]

Reply
Leidiane Silva 3 de agosto de 2015 - 11:31

Olá, vou ao Chile com uma amiga em Setembro e estamos gostando muito das dicas de seu blog!
Para chegar a feira de artesanato los dominicos, como fazemos após descer na estação de metrô??
Abraços!!

Reply
Rosi Guimarães 7 de agosto de 2015 - 08:18

Oi Leidiane
a feria fica muito perto da estação do metrô. Veja esse meu post:http://nosnochile.com.br/centro-artesanal-los-dominicos-artesanato-chileno/
Um abraço!

Reply
La Moneda - Desvendando os Segredos da Sede do Governo Chileno - Nós no Chile 20 de maio de 2015 - 15:08

[…] também para conhecer o Centro Cultural La Moneda, que fica no subsolo do Palácio. Lugar agrádavel, com cafeterias, loja de artesanato e sempre há […]

Reply
Vai pra Copa América? Aproveite para curtir Santiago do Chile - Nós no Chile 4 de maio de 2015 - 07:40

[…] Entre uma partida e outra já pensou em curtir Santiago de graça? Santiago tem boas opções de passeios de graça. Conheça as 17 atrações gratuitas para curtir em Santiago. […]

Reply
Silmara Cornelio 20 de abril de 2015 - 19:50

Rosi, como sempre está de parabéns. As indicações são muito boas. Beijos. Silmara

Reply
Roteiro Santiago do Chile com pouco dinheiro - Nós no Chile 5 de abril de 2015 - 19:19

[…] 17 atrações gratuitas em Santiago do Chile […]

Reply
Daniela Rodrigues 4 de abril de 2015 - 09:41

Gosto muito do seu blog. Sempre encontro dicas únicas!
Irei a Santiago de 16 a 25 de maio. Já sei que terá um feriado e fará frio 😉 graças a seus posts
Quando viajo gosto de conhecer lugares que as pessoas normalmente comem, visitam… não gosto de conhecer apenas os locais que são “vendidos” aos turistas.
Meu desafio agora é achar restaurantes baratos, já que a cotação do real está péssima. Pensei até em desistir da viajem mas como já estou com a passagem paga vou assim mesmo.

Reply
Rosi Guimarães 5 de abril de 2015 - 17:43

Oi Daniela,
É possivel sim encontrar comidas com bons preços, no centro e em Providencia você encontra. Não sei onde vai ficar hoespedada, mas alguns restaurantes servem ” menú del dia” , que é um prato com a refeição completa – entrada, prato principal, bebida e sobremesa, geralmente custam em torno de $4.000 pesos chilenos (R$20,00). E o que mais comem aqui é o completo – cachorro quente con palta(abacate). Você caminhando pela cidade vai encontrar os restaurantes que servem o “menu del día”, pode ficar tranquila. E se for ficar em apart hotel, a dica é ira ao supermercado, comprar e preparar algumas coisas em casa.
Boa viagem! Depois volte para contar como foi.
Abraços!!

Reply
Daniela Rodrigues 6 de abril de 2015 - 09:23

Obrigada Rosi!
Eu vou ficar num Apart no centro (Calle San Francisco, 335).
Vou fazer um tour pelos supermercados!
E estou curiosa para saber se o Completo é realmente gostoso mesmo.

Reply
Aline Baltazar 30 de março de 2015 - 08:09

Bom dia Rosi!
Estou de viagem marcada pro Chile, para o final de maio, e suas dicas estão sendo muito úteis!
Já baixei o e-book e vou começar a ler! Parabéns pelo blog!
Só me confirma uma coisa, o bairro Bellas Artes é um bom bairro para se hospedar em termos de facilidade de acesso aos principais pontos turísticos de Santiago?
Obrigada

Reply
Rosi Guimarães 30 de março de 2015 - 14:21

Oi Aline,

É sim, mas é um bairro mais perto do centro. Eu gosto muito do bairro Providencia, que é perto de tudo: metrô, restaurantes, casas de cambio e é uma mescla de residencial e comercial. O pessoal tem ficado no Ibis Providencia e gostado bastante, tenho ouvido falar bem.
Abraços!

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário