8 atrações imperdíveis em Santiago do Chile

por Rosi Guimarães

[Atualizado em out 2018A cidade de Santiago e seus arredores são tão repletos de boas atrações turísticas que fica até difícil selecionar apenas oito, mas vamos lá! Essa é uma listinha do que você não pode deixar de fazer de jeito nenhum. As sugestões são minhas, mas a ordem dos passeios fica por sua conta. Lembrando que os museus e o teleférico não funcionam na segunda-feira e o centro é menos movimentado por conta das lojas fechadas no domingo.

1. Troca de Guarda, Centro Histórico e Museus

catedral-pixabay

Foto: Pixabay

Passeio obrigatório. Dá pra fazer tudo isso em apenas um dia. Começando por assistir a Troca de Guarda que acontece em dias alternados dependendo do mês (em alguns meses acontece em dias pares e em outros, dias ímpares). O horário é às 10h durante a semana e às 11h nos finais de semana e feriados. Aproveite para conhecer o Palacio de La Moneda – sede do governo chileno, que tem visita guiada grátis (necessita fazer reserva antecipada). Outra boa dica é visitar o Centro Cultural La Moneda, no subsolo da praça. Sempre há exposições e atividades culturais nesse espaço. Tem também lojinhas de artesanato, simpáticas cafeterias e wi-fi grátis.

Palácio La Moneda

O centro histórico de Santiago mescla tradição e modernidade na arquitetura de suas praças e museus, então, aproveite para caminhar até a Plaza de Armas, onde estão a Catedral Metropolitana de Santiago, o Museo Histórico Nacional, o Museo de Arte Precolombino e o edifício dos Correios. Tudo bem pertinho e de fácil acesso. Se você é daqueles que não dispensa conhecer museus na viagem, posso te dizer com toda certeza que o Museo de la Memoria y de los Derechos Humanos é imperdível para quem quer saber mais sobre o período da ditadura chilena. Leia o post completo do museu aqui . Ali pelo centro também está o Mercado Central de Santiago que, na minha opinião, não é lá essas coisas, mas vale uma passadinha.

Para chegar: Linha 1 do metrô – Descer na estação La Moneda.

Assista nosso vídeo dos pontos turísticos do Centro de Santiago!

 

2. Cerro San Cristóbal, Teleférico e Cerro Santa Lucía

Cerro San Cristobal

Os cerros de Santiago também são imperdíveis. É de lá de cima que a capital fica mais linda ainda com a Cordilheira dos Andes ao fundo. Para chegar até o topo do Cerro Santa Lucía tem que caminhar. A vista compensa qualquer esforço. Lá de cima, é possível ver a cordilheira, boa parte da cidade e fazer lindas fotos. Vá subindo devagar e contemplando a beleza e o silêncio do lugar que está quase no centro de Santiago. Se quer aproveitar para comprar algumas lembrancinhas para levar para o Brasil, em frente à entrada do cerro, do outro lado da rua, está a feira de artesanato Santa Lucía, com lindos trabalhos manuais por bons preços. Vale conferir.

Cerro Santa Lucía

O Cerro San Cristóbal fica no Parque Metropolitano de Santiago que é o maior do Chile, onde tem o funicular e o teleférico. O Zoológico também fica nesse parque uma boa opção para quem está viajando com crianças. Para subir até o cerro, pegue o funicular – uma espécie de bondinho. Lá em cima, tem o Santuário Imaculada Conceição, com uma imagem de 22 metros de altura e uma vista maravilhosa de Santiago. E não deixe de dar uma voltinha no teleférico, consulte os valores aqui nesse post. Aproveite para conhecer o bairro Bellavista, um lugar com muitos bares e restaurantes.

Para Chegar no Cerro Santa LúciaLinha 1 do metrô – Descer na estação Santa Lucía. 

Para Chegar no Cerro San CristobalLinha 1 do metrô – Descer na estação Baquedano. 

3. Conhecer uma das casas do Poeta Pablo Neruda

Não tem como vir ao Chile sem visitar pelo menos uma das casas de Pablo Neruda, o poeta chileno mais famoso, ganhador do Prêmio Nobel de Literatura. Suas três casas se transformaram em museus, com lindos objetos e cheias de poesias. Todas são abertas à visitação e vale muito o passeio. A casa La Chascona fica em Santiago. Localizada aos pés do Cerro San Cristóbal, é a de mais fácil acesso para quem está com pouco tempo.

A La Sebastiana está em Valparaíso. As agências de turismo sempre passam por ela, mas, pela falta de tempo, os turistas não conseguem visitar a casa por dentro. Se quiser conhecer, tem que fazer um tour privado ou ir por conta. Também está cheia de lindos objetos e tem uma vista perfeita para o mar.

Já a casa de Isla Negra é, para mim, a mais linda. É a casa com o imaginário poético mais representativo do poeta, com objetos de decoração que remetem ao mar, como réplicas de veleiros, barcos dentro de garrafas e muito mais.

4. Conhecer uma vinícola e o processo de produção do vinho

Outro passeio imperdível para degustar vinhos chilenos e conhecer o processo de produção, mesmo para quem não curte vinho. O que não falta aqui no blog são posts de vinícolas, se ainda não perdi a conta, já são mais de trinta. O ideal é ler e escolher a que mais combina com você. Tem de tudo: as mais famosas e mais visitadas; a que é pertinho de Santiago e cheia de história; a pequena e exclusiva, considerada boutique; as que são mais distantes e estão no Valle de Colchagua, famoso pela produção dos vinhos mais premiados do Chile; a mais luxuosa; a que tem um restaurante delicioso; a que é de um casal de brasileiros... Por aí vai. Opções não faltam, já que é um dos meus passeios preferidos por aqui. Não me convidem para ir numa vinícola que eu vou, hein!

Santa Cruz

5) Valparaíso e Viña del Mar

Conhecer as cidades litorâneas que ficam bem pertinho de Santiago também vale a pena. Você pode ir com uma agência que oferece o tour para conhecer as duas cidades num mesmo dia ou, se quiser, fazer tudo no seu tempo, ir por conta ou contratar um tour privado. Uma sugestão é começar por Valparaíso, que tem um importante porto marítimo. É uma das maiores cidades do Chile, com uma área histórica considerada Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco.

Vaparaiso

Possui 42 morros, chamados de cerros. Ao chegar em Valparaíso, você já percebe um amontoado de morros e casas coloridas. O legal é caminhar e ir descobrindo seus segredos. Depois, vá para Viña del Mar, considerada a cidade das flores. A parada é no Relógio das Flores é obrigatória.  Leia o post completo de Valparaíso e Viña del Mar aqui. 

Valparaiso e Viña del Mar

6. Cajón del Maipo – Imperdível para quem viaja na primavera ou verão.

 Lugar lindo que eu já fui mais de uma vez e conto a minha primeira experiência aqui neste post. Na segunda vez, meu relato está aqui e você pode conferir o porquê de eu não recomendar esse passeio no inverno.

7. Valle Nevado e outras estações de esqui – Imperdível para quem viaja no inverno

Valle Nevado

O sonho de quem viaja para o Chile no inverno é conhecer a neve. Opções não faltam! A temporada de neve, geralmente, vai de meados de junho a meados de setembro. Essa é a época de muita neve e, nesse período, as estações de esqui funcionam todos os dias. São elas:  Farellones, El Colorado, La Parva e Valle Nevado – que é a mais alta e a que todos os brasileiros querem conhecer.  Valle Nevado é a única estação que fica aberta o ano todo e tem atividades para os turistas também no verão.

Farellones

Se a sua intenção é só se divertir e conhecer a neve, o ideal é parar em Farellones que tem tobogã e tirolesa e fazem a diversão da galera. Para esquiar as melhores são El Colorado e Valle Nevado. As agências de turismo oferecem de tudo: passeios, roupas e equipamentos.

8. Sky Costanera – A torre mais alta da América Latina

É o mirante que fica no último andar da torre mais alta da América Latina, com 300 metros de altura. De lá de cima, você consegue ver Santiago em 360 graus. O ideal é subir para apreciar o pôr do sol. Na primavera, anoitece por volta de 20 horas, então, o melhor é subir às 19 horas, assim você vai ter uma vista do dia, do pôr do sol e da noite. O ingresso custa $ 15.000 pesos chilenos.

Para Chegar Linha 1 do metrô – Descer na estação Tobalaba

9. Templo Bahá’í

Sei que já temos oito atrações nesta listinha, porém, não poderia deixar o Templo Baha’i da America Latina de fora. Ideal para quem gosta de sair do tradicional e conhecer algo novo e diferente. Inaugurado em outubro de 2016, em Santiago, ele não é somente uma casa de oração, mas também um ícone da arquitetura e já recebeu um prêmio por sua beleza e inovação. Aqui tem um post completinho e como chegar.  

Já contratou seus passeios? Temos agências parceiras no blog. Clique aqui para fazer um orçamento. 

Texto revisado por Bárbara Mussili, criadora do blog Refúgio Ameno

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

 

Posts Relacionados

41 comentários

Rosana Scheifler 4 de setembro de 2019 - 22:12

Boa noite Rosi, moro em Curitiba e vou passar alguns dias em Santiago no final do Ano passar o Reveillon, é necessário contratar os passeios antes?

Reply
Rosi Guimarães 5 de setembro de 2019 - 13:30

Oi Rosana,
eu compraria antes para chegar aqui e só aproveitar. Temos agências parceiras no blog, pode clicar aqui para fazer um orçamento https://nosnochile.com.br/parceiros/
Um abraço!

Reply
Paulo Restivo 15 de julho de 2019 - 23:13

Viajarei para o Chile em 10 dias. Gostaria de saber se é melhor levar dólares ou peso chilenos comprados no Brasil? Ou é melhor comprar no Chile mesmo ou cartão de crédito?

Reply
Rosi Guimarães 17 de julho de 2019 - 13:52 Reply
Talita 2 de julho de 2019 - 17:24

Oi Rosi!!! Estamos planejando uma viagem para o Chile no começo de outubro. Tenho uma filhinha que vai ter 4 meses e meio. Gostaria de saber se é fácil andar com carrinho de bebê por Santiago e quais passeios são recomendados ou não……
Muito obrigada!!!

Reply
Rosi Guimarães 4 de julho de 2019 - 09:52

Oi Talita,
sim é bem fácil andar com carrinho de bebê em Santiago. Quantos aos passeios acredito que dê para fazer todos, o que não recomendo é Cajon del Maipo, mas a estrada continua fechada. Outubro é primavera, clima bem agradável.
Um abraço!

Reply
Cesar 5 de março de 2019 - 12:39

Ola, vou ficar 4 dias em Santiago, você nem recomendam levar quanto em dinheiro pra 2 pessoas? Ótimo Blog

Reply
Rosi Guimarães 6 de março de 2019 - 08:31

Oi Cesar, tudo bem?
Dê uma olhadinha nesse meu post https://nosnochile.com.br/quanto-custa-uma-viagem-para-santiago-no-chile/
Um abraço!

Reply
Erica 11 de janeiro de 2019 - 20:12

Oi Rosi, parabéns pelo seu blog! Segui uma de suas dicas e hoje fizemos o passeio para Cajón del Maipo. Fizemos com a Escapada tour Chile e queria deixar essa dica para você e seus seguidores, foi sensacional! Tivemos um almoço de chef com o cenário lindo em volta!
@Escapadatourschile: obrigada pelo dia especial com a família, pelo cuidado de levar brinquedos para as crianças e pela experiência gastronômica.

Reply
Rosi Guimarães 12 de fevereiro de 2019 - 19:05

Oi Erica,
Ainda nao tive a oportunidade de conhecer o trabalho deles. Que bom que gostou. Obrigada pela dica!
Abraço!

Reply
Daniela 21 de fevereiro de 2018 - 06:55

olá Rosi,

Estaremos casando em junho 2018, e desejamos passar nossa lua de mel em Santiago Chile porem desejamos um cantinho aconchegante só nosso, o que você nos sugere? É nossa primeira vez no chile.

Daniela

Reply
Jennifer Guimarães de Moura 18 de dezembro de 2017 - 06:17

Olá, estou organizando uma viagem, gostaria de algumas dicas de hotéis, procuro algo simples mas aconchegante para passar uma semana. Se puder me indique alguns hotéis que sejam um bom custo-benefício

Abraços

Reply
Kelly Rocha 4 de dezembro de 2017 - 14:33

BOA TARDE ROSI VAMOS PASSAR O REVEILLON EM SANTIAGO O Q VC SUGERE? E DIA 2 É FERIADO MESMO EM SANTIAGO? O QUE FUNCIONA?

Reply
tulio peixoto 9 de setembro de 2017 - 13:25

Oi rosi,estou adorando muito suas dicas ,estou olhando direto seu blog para planejar minha viagem de acordo com suas dicas e informações.Estou indo viajar sozinho em novembro e estava pensando em fazer as subidas aos cerros de san cristobal e santa lucia a pé ,ate pra conhecer melhor tudo,etc , mas estou em duvida se é seguro mesmo eu ir sozinho fazer essas caminhadas , o que você acha ? da certo ou é esquisito mesmo subir sozinho ?

Reply
Ana Claudia 24 de agosto de 2017 - 17:25

boa tarde!

Tenho lido a respeitos de assaltos constantes em pontos turisticos e estou um pouco apreensiva. Eu estava programando em visitar os cerros de santa lucia e san cristovan durante a semana pra fugir da muvuca do final de semana, mas estou com medo que durante a semana segunda ou terça seja um pouco vazio (só com turistas) e meio perigoso. o que você acha??
um abraço e parabéns pelo blog!!!

Reply
Gleison 16 de julho de 2017 - 09:42

Rosi, tudo bem? Excelente seu site, parabéns!!!
Estou indo para Santiago na próxima semana. Há algum dia menos indicado para fazer o tour pela cidade? Pretendo fazer na segunda feira.
Obrigado

Reply
Maressa Reis 25 de maio de 2017 - 14:12

Oi Rosi, td bem? Queria dizer que adorei seu blog!

Estou planejando passar minha lua de mel no Chile a partir do dia 12 de junho.

Consegui ver mtas hospedagens pelo booking através do seu link, mas tenho algumas duvidas crueis… vc poderia me ajudar? Será minha primeira viagem internacional da vida e estou tão tensa por isso… além de toda tensão do casamento rsrs.

Farei reserva de 12 a 17 de junho e confesso que a questão dos bairros está me confundindo mto. Quero algo economico e bom, mas que seja perto de tudo. Além disso, prezo por um local com banheiro privativo, pq percebi a quantidade de hostels que tem no site, mas com banheiros para compartilhar.

Poderia me indicar um bairro legal, ou uma localidade acessível para fazer os passeios?

Acho que por enquanto é só e mais uma vez, parabéns pela qualidade do blog. Espero escrever meus comentários sobre como foi a viagem.

Um abraço.

Reply
Rosi Guimarães 30 de maio de 2017 - 10:55

Oiii!!!
Tudo bem? Eu gosto muito do bairro Providencia. Perto de tudo, metrô, restaurantes, lojas. Acho que é o ideal para o que está procurando.
Abraço e boa viagem!

Reply
7 coisas que você precisa saber sobre o inverno no Chile 28 de março de 2017 - 13:58

[…] E aqui um post com os passeios que você tem que fazer. […]

Reply
José 23 de março de 2017 - 00:16

Boa noite Rosi. Curti muito o blog, as dicas são super legais. Me senti como se já tivesse visitado o Chile. 

Estamos com passagens compradas para julho (total de 11 dias para passear). Temos 2 crianças  (6 e 9 anos).

2 duvidas: que tipo de máquina fotográfica vocês usam? Não costuma falhar por causa do frio?
Temos uma máquina SLR que é um pouco pesada e fico sem saber se podemos levar pra todo lado. Pela segurança da cidade, parece que não há problemas. Mas nunca a usei num lugar tão frio.

Li num post seu que aos domingos o comércio fecha. Isso inclui os shoppings, supermercados e lojas de câmbio? Pergunto isso porque chegarei num sábado no fim da tarde e precisaria fazer o câmbio por pesos, compras para abastecer a geladeira do apart e talvez comprar umas roupas de frio. Acho que no sábado eu não conseguiria fazer essas coisas.

Desde já, obrigado pela atenção e parabéns pelo blog!

José Antonio

Reply
dicasdelasblog 8 de março de 2017 - 18:55

Olá, adorei o blog!
O passeio do Cajón del Maipo é feito apenas no inverno? O tour das piscinas térmicas não deve ser realizado no inverno né?!
Obrigada

Reply
Rosi Guimarães 14 de março de 2017 - 12:31

Olá Juliana,
Na verdade, a melhor época para conhecer Cajón del Maipo é no verão. Veja o meus post sobre Cajón aqui: http://nosnochile.com.br/cajon-del-maipo-um-espetaculo-da-natureza-pertinho-de-santiago/
Um abraço!

Reply
Júlio 30 de junho de 2016 - 08:19

Guardo cada cantinho deste lindo país em meu coração. Fica difícil escolher qual o lugar mais gostei. Estive aí neste ano, em fevereiro. Passei 10 dias inesquecíveis e que pra sempre estarão em minha memória. Parabéns pelo blog!

Reply
Ivan Bruno Hostil 19 de abril de 2016 - 18:04

Parabéns, Rosi. Blog fantástico! Últimos retoques para a minha estadia entre 5 e 10 de Maio. Mesmo com o clima já dando as caras nos pontos mais altos, ainda aposto numa temperatura amena para não bombar de rinite nas vésperas de uma corrida que farei dia 8.

É melhor levar dólares mesmo como vi num post de um blog ou n preciso me preocupar e levo a mesma quantia em reais? Vale a pena pagar o IVA só para driblar a cotação do US$ salgada do Brasil? Já estou aceitando aproveitar a recente baixa da moeda americana para garantir chegar com uma moeda forte aí e evitar as taxas do uso do cartão de crédito. Com 180.000CLP vivo cinco dias bem já que estou indo de hospedagem paga e cafés da manhã inclusos?

Valeu!

Reply
Socorro Garcez 21 de fevereiro de 2016 - 21:05

Olá, vou viajar para Santiago com minha família, somos 5 no total, e preciso muito de sugestões de hotéis ou apartamentos para ficar que acomode nossa familia toda e que tenha uma boa localização. Poderia me ajudar?

Reply
Rosi Guimarães 22 de fevereiro de 2016 - 21:08

Oi Socorro, tudo bem?
Já pensou em alugar um apartamento? Veja esse meu post: http://nosnochile.com.br/airbnb-boa-opcao-de-hospedagem-em-santiago-do-chile/
Talvez seja a solução!
Abraços!

Reply
Marília 17 de fevereiro de 2016 - 20:41

Rosi adoramos as dicas. Troca da guarda um espetáculo imperdível. Vista do Cerro Santa Lúcia muito bacana. Até assistimos á missa no domingo lá. O cerro são Cristóvão achei mais abandonado mas igualmente bonito.

Reply
Camilla Lôbo 4 de fevereiro de 2016 - 10:01

Bom dia Rosi… Seus posts estão sendo ótimos para nos auxiliar a montar nosso roteiro de férias..
Suas dicas estão nos ajudando muito. Iremos viajar em família no final de fevereiro, ficaremos alguns dias em Santiago-Valparaiso, mas, temos uma limitação. Meu pai tem inúmeras alergias, as mais importantes delas é ao alho, e ao glúten. Você tem alguma indicação de restaurante que possamos comer sem esses itens específicos, ou você acha que conseguiremos pedir para não acrescentar esses itens em qualquer restaurante.

Reply
Rosi Guimarães 4 de fevereiro de 2016 - 16:54

Oi Camila
Aqui no Chile eles não tem tanto hábito ao uso do alho como nós brasileiros, mas é bom perguntar antes sobre a preparação dos pratos. Com relação ao glúten, sugiro escolher opções de prato sem esse ítem, como pescados e carnes. Aqui eles são bem complicados para fazer qualquer troca nos pratos. sugiro também contratar um seguro saúde, a saúde aqui no Chile é muito caro e não recomendo viajar sem seguro. Nos supermercados Jumbo e Lider tem opções de produtos sem glúten, vocês ficarão em apart hotel equipados com cozinha? Se for, dá para preparar algumas refeições no apartamento.
Boa viagem e um abraço!

Reply
Camilla Lôbo 5 de fevereiro de 2016 - 09:32

Obrigada Rosi.. 🙂

Reply
Vitor 4 de fevereiro de 2016 - 08:47

Bom dia
Estou gostando muito do blog pois tem tirado todas minhas duvidas antes da viajem
Gostaria de saber se é possível se alimentar em santiago durante 12 dias com 275.000 pesos, acredito que farei duas refeições diárias na rua pois o café da manhã já está incluso no valor que paguei pelo hotel, sou jovem (19 anos) gosto de coisas mais práticas, ou seja, nada de frequentar restaurantes turisticos, e irei sozinho Se pudesse tirar essa minha dúvida eu ficaria muito agradecido.

Reply
Rosi Guimarães 4 de fevereiro de 2016 - 17:00

Vitor
Fazendo as contas aqui, você tem quase 23 mil pesos por dia para comida e isso é um bom valor. Aqui é possível encontrar pratos completos por até 6 mil pesos, então dá tranquilo. Para comer com boa qualidade pagaria 10 mil pesos. Pode viajar tranquilo.
Um abraço!

Reply
Paula Oliveira 3 de fevereiro de 2016 - 13:00

Ótimas dicas. Rosi, sabe dizer se posso dirigir só com a carteira de nacional de habilitação ou preciso do PID (Permissão Internacional para Dirigir)?

Reply
Rosi Guimarães 4 de fevereiro de 2016 - 17:01

Paula,
como turista você pode dirigir até 3 meses aqui com a carteira brasileira.
Boa viagem!

Reply
Felipe 13 de janeiro de 2016 - 20:47

Olá Rosi, eu me chamo Felipe e estou indo a Santiago dia 21/01. Somos dois casais e estamos procurando apartamento para 11 noites. Você tem alguma indicação. A maioria que vimos tem apenas uma cama de casal, com beliche ou sofá cama. Gostaríamos de um apartamento para dois casais. Você pode me ajudar ? Desde já agradeço e parabéns pelo blog.

Reply
Rosi Guimarães 15 de janeiro de 2016 - 16:38

Oi Felipe.
Já pensou em alugar apartamento pelo Airbnb? Veja esse meu post: http://nosnochile.com.br/airbnb-boa-opcao-de-hospedagem-em-santiago-do-chile/ Outra opção é fazer a busca pelo booking, tem um link aqui no blog, na lateral direita.
Boa sorte!

Reply
Santiago do Chile: melhor no inverno ou verão? - Nós no Chile 13 de dezembro de 2015 - 13:34

[…] principais pontos turísticos podem ser curtidos tanto no inverno quanto no verão. Veja aqui o que é imperdível no […]

Reply
Adriana Livani 20 de setembro de 2015 - 17:22

Olá Rosi, parabéns pelo blog! Iremos dia 22 terça e ficaremos uma semana no Chile e com certeza suas dicas me ajudaram muito no roteiro! Fiquei em dúvida quanto ao domingo, o que poderemos fazer? O que estará aberto? Um abraço .Adriana de São Roque-SP

Reply
Jackelline Tomais 3 de agosto de 2015 - 15:26

boa tarde, queria saber se em agosto da pra ir para Cajon del Maipo?
Vamos por chile Dia 17 de agosto e estamos querendo fazer este passeio, outra duvida, compensa alugar um carro, ou pegar uma agencia de turismo?

Reply
Rosi Guimarães 7 de agosto de 2015 - 08:17

Jackelline,
O caminho para Cajon é bem perigoso e com neve fica pior ainda, aconselho a não ir. As agências não fazem por questão de segurança. Carro ou agência? Carro para Santiago, não é bom. Trânsito ruim, o metrô funciona bem. E Depende dos passeios que querem fazer. vinícolas, por exemplo, se for de carro, alguém não vai pode degustar os vinhos.
Um abraço!!!

Reply
Roteiro de compras: Shopping em Santiago do Chile - Nós no Chile 19 de novembro de 2014 - 20:54

[…] posts interessantes:  Dicas de Segurança, 7 Atrações imperdíveis em santiago do Chile, O que provar em Santiago do […]

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário