Valdivia Sul do Chile

As belezas e surpresas de Valdivia, no Sul do Chile

Valdivia é uma cidade pouco conhecida pelos brasileiros mas é famosa pelo maior terremoto do mundo:  9.5 na escala Richter, Esse sismo, ocorrido em 1960, destruiu a cidade e mudou sua geografia.

Bom, deixemos esse fato triste de lado porque eu vim contar pra você sobre as belezas e as surpresas dessa cidade. Valdivia está localizada no Sul do Chile, a 840 quilômetros de Santiago. É a capital da Região dos Rios e está cercado por três grandes rios: Valdivia, Calle-Calle e Cau-cau.

Valdivia Sul do Chile

Já estive por lá em julho de 2016 com a família e fiz um único post que pode ser lido aqui. Tudo bem, eu confesso: fiquei devendo vários outros posts mas chegou a hora de me redimir e passar as dicas para que você possa conhecer a capital dos Rios.

Valdivia Sul do Chile

Por uma questão de localização: a cidade fica bem próxima a Pucón que é mais conhecida. Se estiver programando uma viagem para lá, vale dar uma esticada até Valdivia e ficar pelo menos uns dois ou três dias.

O que é possível fazer em Valdivia?

Tour a pé para conhecer a cidade.

Foi o que fizemos, eu e a equipe de jornalistas e blogueiros que viajaram comigo, logo no dia que chegamos, uma sexta-feira à tarde. O dia estava lindo, calorzinho e céu azul, bem diferente de julho quando estava muito frio e chuvoso. O guia Diego da agência Pueblito Expediciones nos acompanhou pelos principais pontos turísticos da cidade e foi explicando um pouco da história do lugar. Passamos pela margem dos rios para ver os lobos marinhos que ficam ali só curtindo preguiça.

Valdivia Sul do Chile

Passamos pela feira de pescados, que só funciona pela manhã (voltei no outro dia para fazer essa foto), pela Ponte Pedro de Valdivia, que resistiu ao terremoto de 1960, pela Plaza de Armas e terminamos o dia na Cervejaria El Growler.  Valdivia é a capital das cervejarias artesanais – isso vai render um post só sobre esse assunto, sei que brasileiro é chegado numa gelada.

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Participar do Festival Internacional de Cinema

Em sua 24a edição, o Festival Internacional de Cinema de Valdivia é o principal ponto de encontro do cine chileno e um dos eventos mais importantes da América Latina. O Festival acontece durante uma semana, geralmente no mês de outubro, onde estão disponíveis mais de 200 apresentações para os diversos tipos de públicos. Aqui pelo site do FICValdivia você poderá acompanhar um pouco da história do Festival Internacional de Cinema de Valdivia. O que eu pude perceber é que Valdivia estava cheia de boas energias, uma cidade viva. Saímos de uma apresentação às 2 horas da manhã e as ruas estavam cheias. Percebi a presença de muito jovens, acredito que a maioria são estudantes universitários já que Valdivia é uma cidade universitária, com cursos de Cinema e de Artes Visuais. Se você é um apaixonado/a por cinema já pode colocar Valdivia no seu roteiro.

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Passeio de Barco

Como disse no início do texto, a cidade é banhada pelos rios Valdivia, Calle-Calle e Cau-cau, o que torna o passeio de barco imperdível. Fizemos com a Bahía Embarcaciones – especialista em excursões fluviais. Saímos  por volta das 11 horas da manhã do Rio Valdivia, depois passamos pelos rios Cau Cau e Cruces. O passeio dura, em média, uma hora, e o guia vai explicando sobre os locais por onde vamos passando. A região é composta por 137 rios.

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Segundo o guia, Valdivia é a cidade que mais chove no Chile. Por sorte não pegamos chuva nesses 2 dias e meio que ficamos na cidade mas quando fui em julho com a família choveu muito. Quando o passeio terminou, desembarcamos em Punucapa.

Passeio por um povoado indígena

É aí que veio a minha surpresa. Conhecer um povoado de origem indígena. Punucapa, em  mapudungun,  kunu kapi – significa terra apta para o cultivo de legumes. O povoado é composto de apenas uma rua, com casas em estilos bem variados, a maioria de madeira.

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Como era primavera, tudo verdinho e cheio de vida. É nesse lugar que é fabricada a famosa Sidra PunucapaAlém da sidra, se produz também vinagre e chicha. Punucapa foi colonizada por espanhóis no ano de 1544 e foram eles que plantaram as primeiras variedades de maças na região, produzindo então as primeiras sidras artesanais.  Conhecemos o local de produção e degustamos a sidra, que é bem docinha e com 4 graus de teor alcoólico.

Valdivia Sul do Chile

Fiquei apaixonadas pelas casinhas do povoado, saí tirando foto de todas:

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Almoçamos também nesse povoado, uma típica comida chilena. A senhora Alvina, dona do Restaurante La Herradura foi quem nos recebeu com muito carinho. Ela preparou um almoço bem caseiro pra gente: empanadas, salada e cazuela. Tudo muito simples e foi possível sentir o amor que ela tem pelo lugar e a felicidade em receber turistas. Me senti muito bem comendo ali e escutando as histórias que ela contou.

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

E o quintal do fundo do restaurante tinha uma vista linda para o rio. Ficaria ali horas e horas só contemplando a beleza da natureza.

Valdivia Sul do Chile

Fiquei realmente surpresa com o lugar. Cada cantinho do Chile que vou descobrindo, mais amo esse país. Depois da barriguinha cheia e feliz da vida, fomos conhecer Parque Oncol.

Caminhada pelo Parque Oncol

Outra surpresa boa! O Parque Oncol faz parte do Santuario de la Naturaleza – Selva Valdiviana. Esse parque é uma propriedade particular. Paga-se $3.500 Pesos a entrada (mais ou menos R$17,00) e você tem o opção de caminhar por trilhas de diferentes distâncias e níveis de dificuldades. Nós fizemos um percurso curto, de mais ou menos 1 hora e quem nos acompanhou e nos mostrou vários espécies de árvores centenárias, foi o simpático guia Pacoal Alba, muito preocupado com a preservação ambiental da região.

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

É apaixonado pelo que faz, sabe muito do parque e fala com orgulho da importância do lugar. O parque conta com 5 mirantes de onde é possível contemplar a natureza e sentir o ar puro da região. Passeio ideal para os amantes da natureza.

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

O dia terminou na cervejaria Kunstamann, e como já prometi, vou fazer um outro post só para falar das cervejarias da cidade de Valdivia.

Outras atrações da cidade:

Conhecer a balneário de Niebla. Dessa vez, apenas passamos rápido para uma foto, mas quando fui em julho de 2016 com a família, nós visitamos o Forte de Niebla e conhecemos o Museu. Vale colocar no roteiro, o lugar é lindo e com uma vista maravilhosa para o mar. E olha que charme essa cafeteria que fica logo na entrada do Forte de Niebla. Tive que parar e tomar um café, lógico!

Valdivia Sul do Chile

Valdivia Sul do Chile

Eu, outros blogueiros e jornalistas fomos convidados pelo Programa de Desarrollo de Proveedores de Panamericana Turismo, que são  12 empresas das regiões da Araucania e dos Rios que se uniram para fortalecer o turismo na região.  Eu e a Fran Norero, do blog Pasaporte sin Destino, fomos representando a AchileTB, da qual fazemos parte. Obrigada pelo convite. Para mim é um prazer poder apresentar esse lindo passeio aos brasileiros.

Valdivia Sul do Chile

Quando ir: A cidade pode ser visitada o ano todo, mas se não que pegar muito frio e chuva, escolha o período da primavera ou verão(entre outubro e março). Sendo que verão a cidade sempre fica mais cheia. Se quer sentir muito frio, vá no inverno(entre junho e setembro).

Como chegar: O jeito mais rápido é de avião. As cias áreas Sky e Latam tem voos de 1h20 para Valdivia. Mas como também já fui de carro, posso afirmar que também é tranquilo. Nesse post conto como foi esse passeio com a família em julho do ano passado.

Revisão da minha amiga Bárbara Mussili, ela assim como eu, mora aqui no Chile e escreve o Blog Refugio Ameno

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

 

Artigos Relacionados

About the Author

Rosi Guimarães
Author with 234 posts
More about Rosi Guimarães

Sou Rosi Guimarães, mineira de Belo Horizonte, casada com Flávio e mãe do Arthur e da Yasmim. Moramos no Chile desde 2014. Relações Públicas e pós-graduada em cerimonial e organização de eventos. Deixamos uma vida bem estruturada em Belo Horizonte e cá estamos: NÓS NO CHILE!
- Facebook: nosnochile
- Twitter: @nosnochile
- Instagram:@blognosnochile
- snap: blognosnochile

Gostou? Deixe aqui seu comentário

A AUTORA

Rosi Guimarães

Sou Rosi Guimarães, mineira de Belo Horizonte, casada com Flávio e mãe do Arthur e da Yasmim. Moramos no Chile desde 2014. Relações Públicas e especialista em cerimonial e organização de eventos. Deixamos uma vida bem estruturada em Belo Horizonte e cá estamos: NÓS NO CHILE!

Rentcars - Nós no Chile
10% de desconto - Brazilian Travel Card

TEMPERATURA

Santiago - Chile
14°
Weather from OpenWeatherMap