Chegou o inverno: o que fazer em Santiago do Chile?

por Bárbara Mussili

Com vocês, a estação mais esperada pelos turistas brasileiros no Chile! O inverno chega neste 21 de junho de 2019. A expectativa é tão grande que informamos até a hora marcada para este evento: 11h54 do Chile. Para você que está chegando, vamos contar o que tem de especial para fazer em Santiago neste período. Mas confere também este post com as 10 coisas que você precisa saber sobre o inverno no Chile.

_DSC1065

Antes de tudo, é claro que temos que lembrar que as temperaturas já estão baixas na região metropolitana, podendo a mínima ficar próxima de zero e a máxima entre 10 e 15 graus. Muito frio? Sim. Mas quanto menor a temperatura e maior a possibilidade de chuva, melhor para quem quer ver a neve e curtir a atração mais esperada do inverno: subir as montanhas e conhecer as estações de esqui. Então, vamos começar com o passeio número um da temporada!

Estações de esqui

Conhecer a neve e praticar esqui ou snowboard são as opções mais esperadas por quem viaja no inverno. A primeira coisa que você deve saber é que a temporada tem uma previsão de começar sempre em meados de junho, mas depende da quantidade de neve nas montanhas. Quando ela chega na cordilheira, as estações de esqui anunciam a temporada de inverno e começam as atividades. La Parva, El Colorado, Farellones e Valle Nevado são as estações mais próximas.

_DSC6421

Para fazer este passeio, você precisa programar um dia da sua viagem. As agências oferecem esta opção saindo de Santiago bem cedinho e retornando no final da tarde. O trajeto de Santiago até o topo da montanha leva cerca de 1h30 e, normalmente, a ida considera a parada em uma loja de aluguel de roupas específicas para o frio (as mínimas podem chegar a -15 graus na montanha) e para a prática de esporte, além de equipamentos.

Você pode optar por um passeio mais contemplativo, apenas se divertir na neve, andar de teleférico, fazer lindas fotos, tomar um chocolate quente e comer uma empanada chilena. Ou então fazer umas aulinhas e se aventurar no esqui ou snowboard. A gente até te ajuda a escolher neste post. E para saber qual a estação de esqui mais combina com você, acesse este outro post.

_DSC6486

Vinícolas

Como nem só de neve vive o turista, outro passeio recomendadíssimo é visitar vinícolas. No inverno, as parreiras estão secas, em pleno processo de renovação, porém é uma época super interessante para conhecer o processo de produção e, obviamente, degustar vinhos chilenos. Então, fazer um tour à uma vinícola é tão obrigatório quanto ver a neve. Existem tantas opções no blog que chega a ser difícil indicar, mas vamos arriscar algumas opções para te deixar entusiasmado com a variedade. Clique nos nomes para ver os posts.

IMG_3282

Mais visitadas: Concha y Toro e Undurraga 

Orgânica: Emiliana

Boutique: Bodegas Re e Pérez Cruz

Para passear de charrete: Viu Manent

Com gostinho brasileiro: Attilio & Mochi e La Recova

Tour com churrasco no alto do vinhedo: El Principal

Tour com almoço especial: Casas del Bosque e Matetic

Para ir de metrô: Cousiño Macul e  Aquitania

Valle de Casablanca – 3 vinícolas no mesmo dia

Valle de Colchagua – 2 vinícolas no mesmo dia

IMG_6818

E essas são apenas algumas das muitas dicas no blog. Lembre-se sempre que a visita nas vinícolas deve ser reservada previamente. Pergunte sempre as opções de tours e o idioma em que estão disponíveis.

_DSC1048

Gastronomia

Inverno também é uma boa época para se comer bem. De preferência, degustando um bom vinho. O pisco chileno ou peruano também é perfeito para abrir o apetite.

IMG_0094

Não deixe de provar um prato típico chileno. Mas saiba também que há opções de restaurantes peruanos e de cozinha internacional. É por isso que aqui a gente indica 10 restaurantes imperdíveis em Santiago.

Restaurante Baco Chile

Restaurante Baco

E quem resiste à sobremesa, não é? Vamos indicar só alguns nomes para você guardar: torta trés leches, hojarasca, leche asada, mote con huesillo

Dentro do quesito das coisas gostosas, experimente fechar o dia com um bom café ou chocolate quente nas cafeterias de rua ou shopping. Delícia de programa.

IMG_7842

Patinação no gelo

Outra febre de inverno são as pistas de patinação no gelo, montadas ao ar livre dentro do Parque Araucano e também no Parque Bustamante. Se não quiser arriscar, vá passear no parque e aproveite para ver os chilenos dando piruetas de patins.

Parque Araucano Chile e a pista de patinação no gelo.

Fique de olho nos stories do @blognosnochile para saber das novidades e detalhes sobre as pistas.

Barrio Lastarria e Barrio Italia

São dois bairros muito especiais. O primeiro fica em torno da Avenida José Victorino Lastarria, um verdadeiro circuito cultural com um pouco de tudo por perto: museus, centros culturais, restaurantes, cafeterias e lojas variadas. O segundo fica ao redor da Avenida Itália, que guarda a história dos imigrantes italianos no Chile, com restaurantes de massa, antiquários e muitas vielas com lojinhas e cafeterias.

_DSC2928

São lugares para caminhar com tranquilidade, observando a arquitetura e curtindo o astral. No Bairro Itália, por exemplo, existe um centro de restauração de móveis antigos ao ar livre e em Lastarria tem uma feirinha de artesanato, livros, objetos antigos etc. É muito agradável passear por lá.

IMG_7101

Veja os posts do Barrio Lastarria e do Barrio Italia para entender melhor por que amamos estes lugares.

Definitivamente, o inverno tem seu charme. Tanto na montanha quanto na cidade. É por isso que gostamos de mostrar várias opções, assim você pode aproveitar de tudo um pouco. E nem vai lembrar do frio.

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Posts Relacionados

2 comentários

Janaina 5 de julho de 2019 - 16:16

Boa tarde. Viajarei este mês para Santiago, com minha família (4 adultos, 3 crianças), e queremos conhecer os principais pontos turísticos: centros de esqui, Valparaíso e Vina del Mar, Isla Negra e Algarrobo, vinícolas, além da cidade de Santiago…
Qual o meio de locomoção que você acha que tem o melhor custo-benefício para nosso grupo?
Obrigada

Reply
Rosi Guimarães 9 de julho de 2019 - 20:39

Oi Janaina,
Você pode fazer um orçamento com as agências parceiras do blog https://nosnochile.com.br/parceiros/
Um abraço!

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário