Conheça o Museu Violeta Parra em Santiago, Chile

por Bárbara Mussili

Para os que não conhecem Violeta Parra, vou fazer uma comparação despretensiosa. Se a Casa Azul, museu de Frida Kahlo é visita obrigatória para quem vai ao México, o museu de Violeta Parra também é indispensável para quem vem a Santiago. Violeta e Frida são contemporâneas e suas obras artísticas são de grande importância para a cultura de seus respectivos países. Também tiveram grande projeção internacional. A comparação é justamente para mostrar que Violeta é uma artista latino-americana que merece ser tão conhecida quanto Frida.

violeta Parra Chile186 Violeta nasceu em 1917 no sul do Chile e foi criada no campo. Desde cedo demonstrou aptidão para música (canto e violão), para poesia e para trabalhos manuais. Depois de se mudar para Santiago, passou a participar de festivais e a pesquisar a música folclórica chilena. Desde então, começou a se destacar por representar a identidade chilena e até o poeta Pablo Neruda a referenciou em versos de seu poema Elegía para cantar. violeta Parra Chile197Esse destaque não ficou restrito ao território nacional. Em 1954, Violeta foi viver em Paris e, a partir daí, divulgou sua música pela Europa. Ao regressar ao Chile, fundou o Museu Nacional de Arte Folclórico Chileno. Nesse momento, a artista já ampliava sua produção artística através da pintura, cerâmica e da tapeçaria. Seu talento cruzou fronteiras novamente, expondo suas obras no Rio de Janeiro, em Buenos Aires, em Berlim e, em 1964, tornou-se a primeira artista latino-americana a realizar uma exposição individual no Museu do Louvre. violeta Parra Chile191O Museo Violeta Parra foi inaugurado em 2015 para expor seu legado e celebrar sua memória. A visita vale para conhecer mais dessa trajetória, da representatividade de sua arte e também pela homenagem a esta artista genial. violeta Parra Chile187O espaço é muito bonito, a arquitetura é moderna e seu conjunto emociona. Violeta vibra em cada sala e pode-se entender como sua arte reflete um país musical, campestre, religioso e também uma pessoa que amava suas origens.

 Na entrada, um vídeo de Violeta mostra uma entrevista com ela. A jornalista pergunta se ela tivesse que escolher uma de suas formas de expressão, qual seria. A artista responde que escolheria ficar com sua gente.  Essa é Violeta.

 violeta Parra Chile188Além do espanhol, do francês e do inglês, todas as explicações do museu também estão em mapudungún, idioma dos mapuches, povo originário do território chileno que influenciou sua vida e sua produção artística.

O primeiro espaço apresenta Violeta como uma figura divina e são vistos alguns trabalhos com temática religiosa, além de uma das pinturas expostas em Paris, chamada Machitún. violeta Parra Chile190Já o segundo espaço a coloca como figura humana e podemos encontrar o cartaz de divulgação da exposição no Louvre, feito em tapeçaria por ela mesma e uma reprodução da composição de Gracias a la vida, eternizada na voz da cantora argentina Mercedes Sosa. violeta Parra Chile196

violeta Parra Chile198Para terminar um corredor de troncos de árvores em que, ao chegarmos perto,  podemos escutar diferentes música de Violeta. E ainda o jardim que representa La jardinera, uma de suas canções mais clássicas e que, preciso confessar, é a que mais gosto. violeta Parra Chile199

violeta Parra Chile200

violeta Parra Chile201O Museo Violeta Parra é muito acessível. Pode-se ir de metrô tomando a linha 1 e saltando na estação Baquedano. O endereço é Vicuña Mackena, 37 e, ao sair da estação e localizar a rua, basta caminhar seguindo a numeração por menos de cinco minutos.

violeta Parra Chile204 Dias e horários de funcionamento:

  • Terça à sexta-feira: 9h30 às 18h
  • Sábados e domingos : 11h às 18h
  • A entrada é gratuita e cada visitante pode fazer um aporte voluntário.
  • Acesse aqui a página oficial.

Ao sair do Museu, você estará pertinho do Cerro San Cristóbal ou do Patio Bella Vista, podendo combinar o passeio com a subida ao cerro ou um almoço nos arredores.

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

 

Posts Relacionados

Gostou? Deixe aqui seu comentário