Foi ao Chile. Conte pra gente é uma seção aqui no blog com relatos de leitores.

O espaço é para eles contarem como foi a viagem para o Chile.

O que curtiram e o que não gostaram e ainda deixar algumas dicas.

A história de hoje é da Paula Soeiro, ela viajou com o marido Filipe em julho de 2019.

Minha viagem ao Chile aconteceu em julho de 2019. Eu e Filipe, meu marido, ficamos por 8 dias em Santiago e aproveitamos também para conhecer os arredores como as cidades do litoral e da cordilheira. Saímos do Rio de Janeiro num domingo de manhã e chegamos em Santiago no final da tarde. No aeroporto, pegamos um transfer que nos deixou no Airbnb que alugamos, localizado na região central de Santiago, bem próximo do Parque Forestal, Plaza Italia e Patio Bellavista. Como estávamos cansados da viagem demos apenas uma ida ao Patio Bellavista para jantar. Escolhemos o restaurante Vendeta e ficamos muito satisfeitos com o atendimento e com o hambúrguer que comemos por lá.

Nosso dia seguinte começou cedo. Saímos direto para comprar pesos na Rua Agustinas. De lá, fizemos um tour pelo centro de Santiago e visitamos o Paseo Bandera, Palacio La Moneda, Plaza de Armas, Catedral Metropolitana, Mercado Central etc. Aproveitamos que estávamos no centro para almoçarmos no Patio Comidas que é uma excelente opção para economizar, já que os restaurantes em Santiago não costumam ser baratos. Na parte da tarde, visitamos o Cerro Santa Lucia e de lá fomos para o Shopping Costanera. Chegamos por volta de umas 16h30 e fomos direto para o Sky Costanera. Considero esse horário de final da tarde ideal para visitar o Sky pois dá para ter a experiência de ver a cidade de dia e o pôr do sol/noite. Vale muito a pena! Quando descemos do Sky, passeamos pelo shopping e jantamos no Hard Rock Café que fica no próprio Costanera Center. O Hard Rock Café é excelente e muito bonito, gostamos muito de ter conhecido.

O dia seguinte foi dia de conhecer a neve! Partimos beeem cedo para Portillo com a agência de turismo que contratamos e tivemos um dos dias mais legais da viagem. Conhecer a neve e paisagens tão diferentes daquelas que estamos acostumados a ver onde moramos foi inesquecível. A estrada de Los Caracoles, o hotel Portillo e a Laguna del Inca sem dúvidas ficarão nas nossas memórias para sempre! Retornando para Santiago à tarde fomos conhecer o Parque Forestal e o Museu de Bellas Artes. O jantar nesse dia foi no The Pizza Factory do Patio Bellavista. Recomendamos!

No dia seguinte conhecemos a vinícola Concha y Toro pela manhã. Gostamos muito da experiência e é um passeio legal para os amantes do vinho (e para os que não são amantes também, como eu kkk) já que lá são servidas algumas degustações. No final do tour pela vinícola ainda é possível visitar a lojinha onde os turistas podem comprar vinhos para levar para casa. Voltamos do passeio na hora do almoço e almoçamos num restaurante italiano maravilhoso no Patio Bellavista chamado Zocca. Na parte da tarde fomos conhecer o Museu dos Direitos Humanos que retrata o período da ditadura no Chile e em seguida fomos para o Museu da História Natural que também vale muito a pena, principalmente para quem viaja com crianças. Nessa noite repetimos o jantar no Vendetta.

 

Na manhã do dia seguinte saímos super cedo para Farellones, na minha opinião um passeio imperdível no inverno! Passamos o dia todo brincando na neve e tirando fotos daquelas paisagens surreais que a gente vê por lá. O Parque de Farellones é bem estruturado e conta com muitas opções de brincadeiras na neve. O ponto negativo é a alimentação, pagamos caro e comemos mal. Apesar disso, foi uma experiencia incrível e um dia super divertido! Para fechar o dia com chave de ouro fomos jantar no Restaurante Giratorio e aí sim tivemos uma refeição maravilhosa. De fato não é uma experiência barata mas o restaurante é lindo, fomos bem atendidos e jantamos muito bem. Sem contar o visual com a vista em 360 graus de Santiago. Adoramos!

O próximo ponto turístico que fomos conhecer em Santiago foi o Cerro San Cristobal e de lá fomos a um dos lugares que também considero imperdíveis, o Templo Bahai. O templo é lindo, tem uma arquitetura super diferente, vista maravilhosa e assistimos um pôr do sol surreal. Aliás, segue aqui a mesma dica que dei para a vista no Sky Costanera: vá a tarde para pegar o dia claro e o pôr do sol. O jantar nessa noite foi no restaurante La Antojeria e adoramos!

O próximo passeio foi conhecer as cidades litorâneas Valparaiso e Vina del Mar. Apesar de os passeios nessas cidades realizados com agência serem um pouco corridos (pelo menos essa foi a nossa experiência), vale a pena conhecê-las! Talvez valha a pena até passar uma noite por lá para poder ficar mais livre e a vontade para conhecer os pontos turísticos com calma. Voltando para Santiago, fomos conhecer o famoso supermercado Jumbo. Sim, um supermercado! No Jumbo há diversas opções de vinhos para trazer de volta para casa com preços até melhores que aqueles vendidos diretamente nas vinícolas. Depois fomos jantar na pizzaria Tiramisú. Lugar lindo, animado e pizza excelente!

No nosso último dia em Santiago fomos conhecer o Parque Araucano e patinamos na pista de patinação no gelo que tem lá durante o inverno. Amei conhecer! A viagem para o Chile foi um sonho, aproveitamos ao máximo todos os dias que passamos por lá e guardaremos para sempre na lembrança todas as paisagens incríveis e lugares lindos que conhecemos! Os meus preferidos da viagem e que considero imperdíveis são: Farellones, Templo Bahai e Restaurante Giratorio.

 

Quer contar a sua história? Me mande um email. [email protected]