Parque Quinta Normal e seus museus

por Rosi Guimarães

Fonte e fotos: Plataforma Urbana

Que tal passar o dia inteiro curtindo um parque e cinco museus? O Quinta Normal além de ser lindo e ter árvores centenárias, possui 5 museus. É um passeio imperdível para adultos e crianças, e o que é melhor: rápido e fácil de chegar porque tem estação de metrô perto. Lembrando que o metrô de Santiago é super eficiente, confira tudo sobre o metrô aqui nesse post.

Praça das fontes

Praça das águas

Fundado em 1842, com a intenção de ser um centro de experiências agrícolas do Chile, o parque conta com mais de 4.200 árvores, algumas enormes e com troncos muito grossos. Caminhar pelo parque é uma delícia, tem uma lagoa com pedalinhos, tem uma praça com fontes de água, quadras de futebol e tênis, vários brinquedos para as crianças – você vai caminhando e fazendo descobertas, pelo menos com a gente foi assim.

Árvores centenárias

Árvores centenárias

Dentre as descobertas estão os cinco museus. Não conseguimos visitar todos. A dica é escolher aqueles que mais combinam com você. Ou se programar bem, quem sabe dá!

1. Museu Nacional de História Natural

Museu de História Natural

Museu de História Natural

Foi o primeiro museu que visitamos. Nele é possível conhecer a origem do universo, ter uma visão ecológica de todo o território chileno e até ver o esqueleto de uma grande baleia.

Quinta Normal Chile

São vitrines que vão recriando os ambientes geográficos de cada região do Chile. Tem fotos, vídeos, mapas e animais embalsamados que parecem de verdade. Enfim, um museu que vale a visita.

Quinta Normal

Parque Quinta Normal

  • Funcionamento: De terça a sábado, de 10 às 17h30. Domingos, de 11 às  17h30.
  • Entrada grátis.

2. Museu Ferroviário

Parque Quinta Normal

Depois fomos para o Ferroviário. É um museu a céu aberto. São 16 locomotivas e 4 carros de passageiros antigos que estão distribuídos pelo parque.

Parque Quinta Normal

Entre as locomotivas  está a  “la Trasandina”, que foi construída na Inglaterra no ano de 1909, para operar entre os Andes, no Chile a Cuevas, na fronteira da  Argentina. A visita é rápida, não demoramos muito, mas tem que caminhar bastante.

Parque Quinta Normal

  • Funcionamento: De terça a sexta, de 10 às 17h50. Sábados, domingos e feriados, de 11 às 17h50.
  • Valores:  Crianças e estudantes: $ 500,00, adultos: $800,00.

3. Museu Artequin

Parque Quinta Normal

Saímos do Ferroviário, atravessamos a rua e fomos para o Artequin. Apesar de não estar dentro do Parque Quinta Normal, vale a visita, principalmente para quem está com criança.  O prédio chama a atenção, é lindo, pintado com cores fortes – Pabellón París, tem esse nome porque foi construído na França para abrigar a exposição do Chile em Paris no ano de 1889, realizada para comemorar o primero centenario da Revolucão Francesa.  A construção é desmontável e quando terminou a exposição foi desmontado e enviado de barco a Valparaiso e depois  a Santiago. Voltou a ser contruído aqui em 1892. Yasmim adorou!

Parque Quinta Normal

É um museu bem direcionado às crianças, aqui a ideia é sentir a arte, é aprender fazendo, por isso o museu oferece várias atividades manuais de reciclagens, desenhos, pinturas e o pais também podem participar. É bom checar a programação antes de ir.

  • Endereço: Av. Portales 3530, Estación Central, Santiago
  • Funcionamento: De terça a sexta, de 9 às 17h. Sábados, domingos e feriados, de 11 às 18h.
  • No mês de fevereiro o museu fica fechado.
  • Preços:  Adultos: $1500, crianças e estudantes: $1000 – Aos domingos: Aporte voluntário.
  • O museu tem uma cafeteria.

Infelizmente não conseguimos visitar os outros dois museus, mas queremos voltar para conhecer, são eles:

4. Museu  de Ciência e Tecnologia

Foto: Plataforma urbana

Foto: Plataforma urbana

Inaugurado em 1985 em um prédio bem imponente, foi o primeiro museu interativo do Chile. O Museu de Ciências e Tecnologia é um espaço para investigar, descobrir e observar. Ele oferece interação com o público, que pode viver experiências de: astronomia, ótica, eletrostática, mecânica, sons e telecomunicações. Aposto que o Arthur iria curtir!

  • Funcionamento: De terça a sexta, de 10 às 17h30, sábados, domingos e feriados, de 11 às 17h30.
  • Preços: Adultos: $800, crianças: $650.

5. Museu de Arte Contemporânea

Foto: UChile

Foto: UChile

Esse também não conhecemos ainda. O  Museu de Arte Contemporânea é mantido pela  Faculdade de Artes da Universidade do Chile e é o principal espaço para divulgar a arte contemporânea nacional e internacional. Atualmente tem duas sedes, a primeira está localizada na parte posterior do Museu Nacional de Bellas Artes. E a segunda sede do museu é esta do Parque Quinta Normal, também em um imponente edifício –  Palácio Versailles, que é uma construção  de estilo Francês. Esse já não é a cara das crianças.

  • Funcionamento: De terça a sábado, de 11 às 19h.  Domingos, de 11 às 18h30.
  • Segundas e feriados: fechado.
  • Entrada grátis.
  • Esse museu conta com uma cafeteria.

6. Museu da Memória e dos Direitos Humanos

Não poderia deixar de falar desse museu. Se ainda der tempo nesse dia, ou preferir voltar em outro, vale conferir o Museu da Memória e dos Direitos Humanos, que fica também nessa região. Mas atenção! Esse já não é um passeio para crianças pequenas. Confira o post aqui.

  • Como chegar no Parque Quinta Normal: Estação de metrô Quinta Normal  – Linha 5 – verde.
Mapa: conguagua.cl

Mapa: conguagua.cl

Dicas:

  • Prefira o passeio durante a semana, nos finais de semana fica lotado;
  • Vá de roupas e sapatos confortáveis, a caminhada é longa; é melhor ir no verão que no inverno;
  • É bom levar lanchinhos e água; em alguns museus tem cafeterias com opções de sanduíches.
  • No dia da nossa visita aproveitamos para fazer um piquenique no parque.
  • Aqui uma boa opção de restaurante perto do Parque.

O que mais tem pra fazer em Santiago com crianças?

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

 

Posts Relacionados

16 comentários

Natalia 29 de setembro de 2017 - 12:55

Excelente blog! Não precisei visitar mais nenhum depois que encontrei esse!
Ótimo trabalho!

um abraço!

Reply
Foi ao Chile. Conte pra gente: viagem da Wendy e do Valter 13 de agosto de 2017 - 18:08

[…] pegamos metro até o Parque Quinta Normal, e visitamos 5 museus: começamos pelo Museu Nacional de História Natural e depois fomos para o […]

Reply
Foi ao Chile. Conte pra gente. Uma viagem Inesquecível! - Nós no Chile 22 de fevereiro de 2017 - 20:59

[…] sexta feira não tínhamos nada programado e resolvemos visitar o Parque Quinta Normal, esse foi único lugar de Santiago que fomos e achamos um pouco abandonado, mas lá possuem vários […]

Reply
17 atrações gratuitas para curtir em Santiago do Chile 14 de novembro de 2016 - 13:41

[…] localizado em frente ao Parque Quinta Normal, que tem outros lindos museus. Aqui tem um post sobre o Parque. É fácil de chegar e dá para ir de metrô. Estação Quinta Normal – Linha 5 – […]

Reply
É Primavera. O que fazer em Santiago do Chile? - Nós no Chile 20 de outubro de 2016 - 17:59

[…] é o que não faltam por aqui. Parque Florestal, Parque de las Esculturas, Parque Bicentenário, Parque Quinta Normal. Essas são algumas opções de locais para apreciar as flores e curtir a […]

Reply
Chile: Qual é a melhor época para viajar? - Nós no Chile 23 de setembro de 2016 - 17:26

[…] e são muitos, cada um mais lindo que o outro. Tem o Bicentenário que é imperdível, tem o Quinta Normal com vários museus bacanas, o de Las Esculturas, e você pode aproveitar para curtir preguiça […]

Reply
Chile: Peluqueria Francesa e o Restaurante Boulevard Lavaud - Nós no Chile 20 de setembro de 2016 - 22:16

[…] e dos Direitos Humanos e depois quer almoçar ou jantar. Ou ainda, quer passar o dia conhecendo o Parque Quinta Normal e seus museus e não sabe onde comer. Observe no mapa que são apenas 600 metros para caminhar, se […]

Reply
Museu da memória e dos Direitos Humanos - Chile 28 de julho de 2016 - 09:58

[…] localizado em frente ao Parque Quinta Normal, que tem outros lindos museus. Aqui tem um post sobre o Parque. É fácil de chegar e dá para ir de metrô. Estação Quinta Normal – Linha 5 – […]

Reply
O que fazer em Santiago do Chile com chuva? 25 de julho de 2016 - 13:18

[…] Tem também o Museu de História Natural, falo dele aqui nesse post. […]

Reply
Vanessa Paganini Macedo 13 de julho de 2016 - 11:25

Rosi, voce acha que com crianças de 6 e 8 anos é possível fazer os 4 primeiros museus no mesmo dia? ou é loucura?

Reply
Liana 12 de junho de 2016 - 09:56

Olá,estou adorando o seu Blog e me ajudou muito na minha viagem ao Chile.Só gostaria de tirar uma dúvida.Esse Museu de arte Contemporânea que aparece na foto fica localizado no Parque Quinta Normal?Estive nele e tirei tantas fotos de museus que agora pra colocar legendas estou até confusa.
Obrigada pelas preciosas informações.

Reply
Rosi Guimarães 12 de junho de 2016 - 12:57

Oi Liana,
São dois museus, um que fica no Parque Florestal e outro que fica no Parque Quinta Normal. No site tem foto e localização dos dois, veja aqui: http://www.mac.uchile.cl/
Abraço!

Reply
Angélica 31 de maio de 2016 - 09:41

Olá Rosi!
Adorei seu blog! Também sou mineira e estou indo para Santiago agora nas férias de Julho e estou completamente perdida sobre o que levar e fazer, e seu blog ajudou demais!
Obrigada por compartilhar com a gente as suas experiências!
Abraço,
Angélica

Reply
Foi ao Chile. Conte pra gente: Viagem do Paulo e da Juliana com orçamento 18 de março de 2016 - 07:17

[…] plano em seguida era visitar o Museu de História Natural, no parque Quinta Normal. Infelizmente o museu estava fechado em protesto e não pudemos visitar, de qualquer forma, a Quinta […]

Reply
Laura 27 de outubro de 2015 - 16:34

Oi Rosi!

Você deixou de falar do mais interessante deles: O Museo de los Derechos Humanos, atravessando a rua, bem na saída do metrô Quinta Normal. Além da belíssima arquitetura, o conteúdo do museu é imperdível. Documentos, relatos e fotografias que nos fazem refletir (e muito) sobre os tempos sombrios da ditadura de Pinochet. Sem dúvida esse foi o passeio mais interessante que fiz em Santiago…

Reply
Rosi Guimarães 30 de outubro de 2015 - 09:12

Oi Laura,
Deixei não, falei dele no último parágrafo, mas aproveitando seu comentário, dei mais destaque nele. Já visitei o museu e tenho um post no blog sobre ele, confira aqui: http://nosnochile.com.br/museu-da-memoria-e-dos-direitos-humanos-santiago-do-chile/
Obrigada e um forte abraço!

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário