Perguntas e respostas sobre viajar para o Chile neste período de protestos

por Rosi Guimarães

Galerinha, para quem não sabe, Santiago do Chile e outras cidades estão em protestos diários há mais de um mês. Saiba o motivo dos protestos no Chile.

Lembrando que eu mostro o dia a dia de Santiago nos Stories, é só seguir @blognosnochile

O cenário mudou. Hoje você vai encontrar uma cidade com muitas pichações e lojas protegidas com tapumes de madeira e chapas de zinco, principalmente na região da Plaza Italia, Centro e parte de Providencia.

Onde estão concentrados os protestos?

Na última semana, tenho sentido as coisas mais tranquilas, eu disse tranquilas, com protestos menos violentos, mas não normalizadas. As manifestações continuam, principalmente na região da Plaza Italia e Centro, mas já aconteceram manifestações em Providencia e até em Las Condes.

Quais são os horários que acontecem os protestos?

Geralmente as manifestações começam por volta das 16 horas, mas pode ser que aconteçam pelas manhãs também, mas são marchas na Alameda Bernardo O’higgins, principal avenida do Centro de Santiago, que costumam ser pacíficas.

Melhor bairro para se hospedar nesse período?

Eu sempre indico Providencia, mas tem acontecido protestos aleatórios próximos ao shopping Costanera, então Las Condes e Vitacura tem sido uma boa opção de hospedagem. Aqui temos dicas dos hoteis mais procurados em Santiago.

Dá para visitar o Centro de Santiago?

Como eu estou dizendo desde o início, prefira as manhãs para fazer os passeios na cidade. Dá para conhecer o Centro Histórico, a Plaza de Armas, a Catedral, o Mercado Central e o Paseo Bandera.

Onde fazer o câmbio?

O melhor lugar costuma ser o Centro, na rua Agustinas. Mas, se estiver hospedado em outro bairro, prefira trocar em Providencia ou Las Condes, não vale a pena ir ao Centro só para fazer o câmbio. A diferença nem é tanta assim. Veja os horários de funcionamento das casas de câmbio.

Quais pontos turísticos estão funcionando?

  • Cerro Santa Lucía, aberto até por volta das 14 horas
  • Cerro San Cristóbal, funicular e teleférico – abertos todos os sábados e domingos e alguns dias de semana.
  • Vinícolas – todas funcionando.
  • Lastarria – dá sim para passear pelo bairro.
  • Bairro itália – também dá para visitar.
  • Templo Baha´í – Até 16 de dezembro o horário será o seguinte: de terça a sexta, das 17 às 21 horas; sábados e domingos, das 9 às 19 horas. Segundas, fechado.
  • Sky costanera – funcionando entre 10 e 20 horas.

Os shoppings estão abertos?

Sim, estão funcionando todos os dias, das 10 às 20 horas. Caso tenha alguma manifestação agendada para o shopping Costanera, ele poderá fechar antes do previsto. Os supermercados também estão funcionando em horário normal, caso tenha manifestação próxima ao local pode acontecer de fechar antes do previsto. Os maiores e melhores shoppings de Santiago do Chile.

Os museus estão funcionando?

Lembrando que nenhum museu no Chile abre às segunda-feiras. É importante confirmar o funcionamento antes de ir.

E os parques de Santiago? Vale a pena conhecer?

Vale muito a pena, principalmente o Bicentenário, o Araucano e o Parque de Las Esculturas. Veja esse meu vídeo.

E os passeios para fora de Santiago, estão funcionando? Qual recomenda?

Vale sim. Os passeios para Portillo, Cajón del Maipo, Cordilheira dos Andes, Vinícolas, Valparaíso e Viña del Mar têm funcionado sem problemas. Recomendo contratar uma agência, pois é mais seguro. Faça um orçamento com as parceiras do blog.

Que outros destinos você recomenda no Chile?

Quer fugir de Santiago? Que tal passar uns dois dias no Valle de Colchagua? Se quer ir mais ao sul, Pucón é uma excelente opção. Puerto Varas também é uma cidade incrível com vista para o vulcão Osorno. 

Deserto do Atacama também é um destino imperdível no Chile. 

Preciso contratar um Seguro Viagem?

Galerinha, obrigatório não é, mas é muito necessário, ainda mais em épocas de protestos.  Contrate um Seguro com desconto através aqui do blog.

Devo cancelar minha viagem?

Essa é uma das perguntas que eu mais tenho recebido nas redes sociais. Então gravei um vídeo para responder. 

Espero ter te ajudado com este post. vou deixar algumas declarações de quem decidiu viajar para o Chile mesmo com protestos.

Texto revisado por Bárbara Mussili, criadora do blog Refúgio Ameno

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.


Posts Relacionados

Gostou? Deixe aqui seu comentário