Pôr do sol, piquenique, silêncio e paz na Cordilheira dos Andes, no Chile

por Rosi Guimarães

É verão no Chile. O sol se põe às 21 horas. Essa é a melhor época para apreciar o pôr do sol na Cordilheira dos Andes, oferecido pela agência Indo pro Chile, uma das parceiras do blog.
O tour começou às 15 horas com subida em direção ao Valle Nevado. Fizemos uma pequena parada no caminho para algumas fotos e para observar a beleza e o silêncio da cordilheira.

Chegamos no Valle Nevado, onde é possível fazer uma pequena caminhada apreciando as montanhas que, mesmo sem neve, tem seu charme e boas energias. 

Dicas importantes:
  • Ainda que seja verão, é importante levar agasalho. A temperatura sempre cai no final do dia.
  • Como o local fica a 3.000 metros acima do nível do mar, é recomendável que a caminhada seja lenta pois a falta de oxigênio faz sentir cansaço além do normal.

Tivemos a sorte de ver vários condores exibindo seu voo. O condor é a ave nacional do Chile e faz parte do escudo chileno. Ele é a maior ave que voa. Suas asas podem atingir até 3 metros de comprimento quando estão totalmente abertas, de uma ponta a outra. Se alimenta de restos orgânicos e sobrevoa grandes altitudes. Por isso, são fáceis de serem vistos na cordilheiras. O povo chileno tem orgulho dessa ave.


Depois de uma caminhada leve voltamos para o carro e fomos em direção a Farellones. O lugar é lindo em qualquer época do ano, estava tudo verdinho e florido. Farellones é um pueblo de montaña, ou seja, uma cidadezinha com umas 200 casas e que fica cheio de turistas no inverno. Agora com uma pisagem totalmente do período de neve.

Dali em diante, o guia Bernardo nos avisou para nos prepararmos para a hora de se aventurar por uma parte da cordilheira que poucos chegam pois o acesso só é possível com um carro 4 X 4. Fomos em busca de paz, silêncio e a melhor vista para um pôr do sol perfeito, e claro, exclusivo. E não é que o Bernardo realmente encontrou o lugar perfeito?

Uma linda vista para as cordilheiras. Só nosso pequeno grupo (5 pessoas) e alguns animais que estavam ali: pássaros, vacas e cavalos. O lugar perfeito para uma puesta del sol inesquecível.


Assim que chegamos o guia Bernardo foi montar nosso piquenique. Já eram quase 8 horas da noite, mas ainda tinha muito sol. Sentamos nas pedras e ficamos ali alguns minutos contemplando a natureza. Só se escutava o canto dos pássaros e eu, encantada com as curvas da Cordilheira dos Andes. Não me canso de dizer que ela é linda e que a montanha sempre me transmite paz, acho que escrevo isso em todos os meus textos. 😀

Mesa de piquenique pronta: vinhos, queijos, geleias caseiras (vindas da cidade de Valdivia especialmente para os turistas), batatas, amendoim e bolachinhas.


Imagine a cena: silêncio, pôr do sol, taça de vinho na mão, sentada numa pedra com uma linda vista para a cordilheira. Imaginou? Pois é! É muito mais que sua imaginação e as fotos transmitem. Tem que viver o momento e levar para sempre na memória. Sou a “louca do pôr do sol” e poder admirá-lo nesse cenário é realmente especial.

Importante saber:
  • Nome do tour: Entardecer na Cordilheira dos Andes
  • Quando fazer esse tour: novembro a maio
  • Duração: aproximadamente 6 horas
  • Levar agasalhos


Momento perfeito e inesquecível. Tour feito com a agência Indo pro Chile, uma das parceiras do blog. Para fazer um orçamento, clique aqui.

Texto revisado por Bárbara Mussili, criadora do blog Refúgio Ameno

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

 

Posts Relacionados

Gostou? Deixe aqui seu comentário