Por que gostamos de morar no Chile

por Rosi Guimarães

Para quem ainda não conhece a gente vou fazer uma pequena apresentação: somos uma família de brasileiros que deixamos uma vida bem estruturada em Belo Horizonte (MG), para vir morar em Santiago do Chile. Flávio é meu marido, Arthur e Yasmim, nossos filhos. E eu sou Rosi Guimarães, a autora do blog. Tudo que conto aqui são experiências vividas por Nós aqui no Chile.

Familia Chile

Estamos morando no Chile há 2 anos. Resolvi escrever o post para contar pra vocês os motivos que nos fazem gostar de morar em Santiago. Cada um da família tem uma preferência. Mas o mais importante para nós é estarmos todos juntos, já que no Brasil, meu marido Flávio vivia viajando e era visita em casa.

Vamos começar pela Yasmim, 11 anos, a mais nova da família. Ela adora as atividade extras que tem no colégio e a preferida dela é a ginastica artística. Ela participa de competições e faz isso com muito amor e dedicação. E ama de paixão poder estar com o pai. Não gosta de visitar vinícolas, já visitou tantas que não quer ir mais, disse que são todas iguais, rsrsrs. O problema é que esse é um dos meus passeios preferidos.

Yasmim Chile

O Arthur, 15 anos, gosta do colégio, estudioso do jeito que é, não poderia ser diferente. Gosta de ficar o dia todo na escola (aqui no Chile a escola é integral), dos treinos de basquete, das aulas de inglês, de poder ir sozinho para escola e é claro de tirar boas notas no colégio e das várias amizades que fez aqui.

Arthur

Flávio, gosta da segurança, de poder caminhar pelas ruas com tranquilidade, chegar tarde em casa sem se preocupar. É claro que aqui tem seus problemas, como já falei aqui no blog, mas mesmo assim, ainda é bastante seguro.

E eu? Do que gosto? Dos passeios, de conhecer novos lugares, de visitar as vinícolas (meu passeio preferido), dos vinhos deliciosos e baratos, de caminhar pelas ruas e descobrir coisas novas, lugares diferentes, dos museus, das praças, de caminhar, de fotografar e de fazer posts lindos pra vocês.

Eu DSC05264

Chile tem tanto lugar lindo para conhecer. Já conhecemos um pedaço de Sul do Chile e ficamos encantados. Pucón é uma cidade linda que está a 800 quilômetros de Santiago, lá tem tanta coisa bonita que não coube num post só. Conhecemos também a Reserva Biológica de Huilo Huilo, aquela que tem aqueles hotéis diferentes, sabe? Lugar encantador. Um frio!!

Huilo Huilo Chile

Eu Pucon Chile

Agora nosso objetivo é conhecer o Norte, mas com a rotina do colégio dos meninos, com atividades extras todos os finais de semana, fica quase impossível. Um dos lugares que sou louca para conhecer é o Deserto do Atacama, como ainda não pude ir para contar para vocês, deixo o post do blog MALAS E PANELAS. Eles foram (e com criança) e amaram.

Mas como tudo não é perfeito, aqui temos que aprender a conviver com os terremotos. Chile é um dos países com maior número de terremotos do mundo, aqui a terra sempre dá uma tremida e a gente treme junto, eu pelo menos, porque tenho medo, é bem difícil se acostumar com isso. Já passamos por um terremoto bem forte em setembro de 2015.

cordilheira

Enfim, Chile é um país lindo. Para quem está pensando se vale a pena conhecer, pode vir, não irá se arrepender. E para quem já veio, posso apostar que já pensou pelo menos uma vez em voltar. Com mais de 3.000 quilômetros de costa, mais de 370 lagos, além da cordilheira, da neve, do deserto, dos vulcões, dos parques maravilhosos, Tá esperando o que para conhecer o Chile? Aqui é possível ver a neve da montanha (Valle Nevado),  e pisar na água gelada do Pacífico no mesmo dia (Valparaiso e Viña del Mar).

Confesso que no início a adaptação não foi nada fácil e ainda não está sendo. Viver em outro país não é só alegria, ser estrangeiro não é nada fácil, e pior que isso, é você ter que aprender a conviver todos os dias com a saudade: saudade da família, saudade daquela padaria da esquina que vende coisas deliciosas, saudade da manicure que faz a sua unha todo final de semana (as mulheres vão me entender), saudade da comida mineira. Hum! Coisas que damos muito mais valor depois que perdemos. Como disse minha amiga Bárbara, aprendemos tanta coisas novas que as dificuldades valem o desafio. Ver nossos filhos falando espanhol fluente é uma das nossas recompensas. E você teria coragem de largar tudo e mudar de país?

Familia CAPA DSC04753 (2)

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Posts Relacionados

53 comentários

Fabiane 2 de maio de 2018 - 14:10

Olá Rosi, tudo bem!

Gostaria de solicitar uma ajudinha sua! Eu estive em Santiago em abril e acabei esquecendo um pertence no aeroporto. Eu já entrei em contato com o aeroporto e está na área de achados e perdidos. Então agora eu preciso de alguém para ir buscar para mim e me mandar por correio ( ou entregar no hotel onde minha amiga estará).
Você sabe me indicar alguém que possa fazer esse serviço de buscar e entregar em algum lugar ?

Agradeço a atenção!
Fabiane

Reply
Carolyne 16 de março de 2018 - 16:25

Boa tarde Rosi, tudo bem?
Eu te acompanho desde julho de 2016, foi quando decidi ir visitar hoje meu marido chileno kkkkkk Resumindo ele veio de férias para o Brasil, nos conhecemos e ele fez questão que eu fosse depois para Santiago (onde ele morava) para eu conhecer a realidade dele. Foi maravilhoso, tanto que ele decidiu me “devolver” para o Brasil e depois de um mês veio para o Brasil morar comigo e estamos juntos até hoje. Nos casamos pelo religioso aqui e estamos esperando um anjinho (estou grávida de 8 meses).
E como as coisas aqui no Brasil não são fáceis para ele, falando principalmente de emprego, decidimos nos mudar para o Chile, não vamos querer a metrópole, estamos pensando nas regiões de O’Higgins ou de Bio-Bio. Mas queria muito esclarecer dúvidas burocráticas com você, principalmente pq esse ano aqui no Brasil é ano de eleição presidencial e provavelmente vamos nos mudar antes. Por favor, entre em contato comigo por e-mail.
Bjoss e parabéns pelo blog

Reply
Gilson Ricardo 15 de março de 2018 - 16:54

olá . td bem ? estive vendo o blog e adorei. estou analisando sobre o Chile . e gostaria de saber se tem algum agencia de emprego que poderia indicar , algo assim. sou agronomo e gostaria de ver oportunidades na minha area por ai e/ou mesmo dicas de emprego se souber dizer sobre algo. agradeço atenção

Reply
Daiane 13 de março de 2018 - 12:20

Boa tarde!
Meu esposo recebeu uma proposta de trabalho para Chile,porem estou muito preocupada,pois tenho 2 filhas que estudaram sempre no brasil sendo uma de 12 e 4 anos.
Estou pensando em mudar no meio do ano,porem estou super nervosa de como seria sua adptacao perante a escola ,pois e totalmente diferente,entao gostaria de uma opiniao de quem ja passou por esta situação,se seria melhor mudar no meio do ano ou no inicio do ano letivo.
Estou completamente perdida.
Obrigada

Reply
Tiago Rodrigues Lopes dos Santos 19 de novembro de 2017 - 11:26

Olá Rosi,

Meu nome é Tiago Rodrigues e moro atualmente em Belo Horizonte – MG com a minha esposa. Recebi uma proposta de trabalho para morar em Viña Del Mar. Eu e minha esposa estamos com algumas dificuldades de saber ao certo o custo de vida em Viña. Eu já recebi a oferta salarial e também uma relação de gastos médios que eu e minha esposa teremos lá com relação a moradia, alimentação, essas coisas. Mas estamos um pouco inseguros sobre o custo e a relação de gastos informada para nós.

Você conseguiria nos ajudar?

Abraço.

Reply
Leticia M 8 de outubro de 2017 - 09:35

Ola, Rosi! Parabéns pelo seu post e obrigada por compartilhar tantas dicas generosamente.

Meu marido é blogueiro e temos uma renda estável independente do local de moradia, eu sou fotografa, e penso em oferecer serviço de ensaios para brasileiros turistas em Santiago. Eu mesma estou indo visitar o país ano que vem e estou com dificuldades de achar alguém que possa realizar um ensaio nosso.
Enfim, estou lendo e avaliando sobre nos mudarmos para o Chile, somos do Rio e as coisas por aqui andam cada vez mais complicada.

Minha pergunta principal é: temos uma filha de 2 anos e meio, como funciona o sistema de ensino para crianças menores? há opções de creche? com visto de residência conseguimos aplicar para creches publicas, por exemplo?

desde já agradeço a ajuda!

Abraços,
Letícia

Reply
Rosi Guimarães 10 de outubro de 2017 - 10:52

Oi Leticia, tudo bem?
O blog é feito com muito carinho e dedicação. Sobre mudança de país, o primeiro requisito é que você conheça primeiro o país, venha como turista, difícil tomar uma decisão na experiência dos outros. Outra sugestão pra você: temos um grupo no Facebook de brasileiros no Chile, procura por MIGRAKUT que você vai achar, faça parte desse grupo e veja outras opiniões. Exite opções de creches públicas e particulares, não sei te falar com funcionam as creches, já que meus filhos já são grandinhos, mas nesse grupo do facebook tem muitas mamães que vão pode te ajudar. Nesse grupo tem fotógrafos brasileiros também.
Espero ter ajudado! Um abraço e boa sorte!

Reply
orlando sattolo 30 de agosto de 2017 - 13:44

OI ROSI…TUDO BEM ? GOSTARIA DA SUA AJUDA PARA RECEBER DICAS DO QUE FAZER AI NO CHILE PARA SOBREVIVER…ADORARIA TER O SEU RETORNO…MANDEI UM E-MAIL PRA VC …GRATO…ORLANDO E CLÉO

Reply
gil 20 de junho de 2017 - 14:27

ola Rosi me chamo Gilmara e moro no parana conheço esse lindo pais tenho vontade de morar ai mas encontro resistência e medo em meu esposo minha filha de 17 anos quer fazer faculdade em santiago, acha que é uma boa me arriscar?

Reply
Leonardo Barros 7 de junho de 2017 - 22:35

Boa noite Rosi!
Me chamo Leonardo, sou Mineiro também, radicado em Sampa!rsss
Eu e minha esposa Ana gostaríamos de fazer contato com vocês!
Como podemos fazer?
Obrigado pela atenção e até breve!

Reply
Rosi Guimarães 9 de junho de 2017 - 09:11

Oi Leonardo, tudo bem?
Pode me enviar um email: [email protected]
Abraço!

Reply
Lúcia Regina 25 de maio de 2017 - 13:41

Oi Rosi. Estamos pensando em morar no Chile. Qual cidade vc indicaria ? Tbm tenho um filho com 15 anos….Poderia me dar dicas de escola ? Agradeço. Abçs.

Reply
Milene Cirne 11 de maio de 2017 - 21:26

Boa noite Rose. Obrigada pelos postos muito esclarecedores sobre o Chile. Estamos indo morar em Santiago na região de Lãs Condes. Temos dois filhos, de 11 e 15 anos e minha maior preocupação ė conseguir colégio. Quero um bom Colegio, talvez bilíngue, e que tenha um ótimo ensino e vários esportes. Você conseguiria indicar algum? Grata pela atenção.

Reply
Rosi Guimarães 16 de maio de 2017 - 10:35

Oi Milena,
em Las condes tem o SEK que é bilingue e excelente. Tem ver a questão das vagas, porque os processos seletivos aqui acontecem um ano antes, ou seja para março de 2018, já aconteceu em março de 2017. Tem que ir no colégio e conversar.
Um abraço e boa sorte!

Reply
7 curiosidades que você não sabia sobre o Chile. E nem eu! 13 de fevereiro de 2017 - 10:33

[…] que nós viemos morar aqui. Estamos completando 3 anos de Chile e nosso saldo é bastante positivo, aqui nesse post eu dou mais detalhes da nossa vida aqui. Chile é um país cheio de curiosidades e tem recebido […]

Reply
Retrospectiva 2016: Top 5 melhores passeios no Chile 20 de dezembro de 2016 - 19:49

[…] Leia o post do porquê viemos morar no Chile. […]

Reply
Cristiano Gonçalves 7 de outubro de 2016 - 11:30

Tudo bem Rosi,Gostaria de uma informação , preços de escolas particulares ensino médio e fundamental no Chile?
Fácil de conseguir vagas?
Att
Cristiano

Reply
Geovany Alves da Silva 4 de outubro de 2016 - 10:37

Gostaria de saber sobre o custo de vida. Obviamente que cada um tem um forma de viver. Tenho um estilo simples mas gostamos de viajar e conhecer. Já estivemos pela Europa e norte da
África. Brevemente estaremos nos aposentando e pretendemos passar um período fora do Brasil, inicialmente na América do Sul e depois Europa novamente.
Somos um casal na faixa do 60 anos.

Reply
Rosi Guimarães 6 de outubro de 2016 - 15:54

Geovany, boa tarde!
Minha sugestão é que você faça parte do grupo de brasileiros que temos aqui no Chile. Procura no Facebook por Migrakut e vai encontrar. No grupo tem muitas dicas bacanas e de muitas pessoas.
Abraço!

Reply
Augusto 25 de agosto de 2016 - 11:42

Vc falando das viniculas da uma Sede, rs… Parabéns pelas informações apresentadas, gostei muito.

Reply
Rosi Guimarães 29 de agosto de 2016 - 14:51

Muito obrigada Augusto.
Um abraço!

Reply
Leonardo Chaves 19 de junho de 2016 - 14:12

Eu pretendo ir o mais breve possível. Eu tenho admiração por vários artistas, músicos, Violeta, claro… Manuel Garcia, Chancho en Piedra, Jorge González, Camila Moreno e ultimamente, o que não tem saídos dos meus players é o Nano Stern.
Se eu estaria disposto a largar tudo? Acho que sim. Não tenho filhos nem quero, não sou casado nem quero. Então… nada me prende nem a aqui nem a lugar nenhum. É óbvio que deve ter seus perrengues e eles não devem ser poucos, como vc mesma colocou, mas eu iria.
Mais um belo post. Acompanho o Nós no Chile já há um tempinho e tem servido pra que eu veja esses lugares, e o mais legal, que é sobre a ótica de moradores brasileiros.
¡Abrazos!

Reply
Carlos Alexandre Saltori Assis 10 de maio de 2016 - 14:35

Ola Rosi. Ótimas dicas a sua. Gostei muito do Blog. Já fui ao Chile 5 vezes, falo e escrevo espanhol a muito tempo. Em uma das vezes até fui a Valle Nevado pela Bossa Turismo, via propaganda deles acima e logo me recordei.
A dúvida que tenho é quanto a emprego. Minha esposa e vendedora e como uma boa brasileira, ela sabe vender muito. Já eu sou formado em Direito e cuido de uma empresa na área da administração. O que me faz querer ir morar no Chile é justamente a segurança e o nível de vida que teríamos, mesmo trabalhando até mais.
Quando você chegou foi difícil encontrar trabalho? Quanto tempo levou para se reorganizar?

Reply
Rosi Guimarães 11 de maio de 2016 - 21:41

Carlos,
O meu marido Flávio veio transferido, com emprego, o que tornou tudo mais fácil pra gente. Nos organizamos rápido porque tínhamos o apoio da empresa. A documentação chilena demora muito para sair (6 meses) e sem ela não é possível fazer nada no país. Temos um grupo de brasileiros no facebook, procura por MIGRAKUT, faça parte dessa comunidade e escute outras opiniões, aí fica mais fácil.
Um abraço!

Reply
Carlos Alexandre Saltori Assis 12 de maio de 2016 - 10:19

Ola Rosi. Muito obrigado pela resposta. De fato isso ajudou muito. Com respeito ao grupo, até já faço parte. kkkkkk
Foi lá que tive muita ajuda para poder fazer minhas fotos externas de casamento em Santiago, inclusive, até a maquiadora e o apto que loquei foi através do grupo. Tão logo estarei retornando a Santiago.
Abraços.

Reply
Luciana Freitas 3 de maio de 2016 - 10:27

Oi Rosi. Parabéns pelo blog. Gostaria de saber se há muito preconceito e racismo com os estrangeiros, sobretudo com os negros? Tenho vontade de um dia me mudar para o Chile, e essa é uma questão que me preocupa.

Reply
Rosi Guimarães 5 de maio de 2016 - 07:22

Oi Luciana,
Não percebo esse preconceito. Meu marido é negro e nunca tivemos problemas com essa questão. Mudar de país não é uma coisa simples, sugiro que venha conhecer o Chile, passar um tempo, sentir o clima, pesquisar bastante para depois tomar a decisão.
Um abraço!

Reply
Priscila 12 de abril de 2016 - 14:19

Oi Rosi! Adorei seu blog! Assim como vc, eu tbm larguei tudo no Brasil pra morar aqui no Chile com meu marido! Mas moro no Norte, em Antofagasta ! E acho que você vai gostar muito do deserto, é lindo! Vale a pena conhecer! Estive em Santiago por uns dias e amei, não conheci tudo que eu queria, mas o que deu pra conhecer me encantou! Me identifiquei com o que li sobre a adaptação aqui no Chile, realmente, a gente dá valor a pequenas coisas que tínhamos e que as vezes nem importavam tanto! Estou aqui desde jan de 2015. Aqui na Norte é mais difícil, porque tudo é longe Rsrs, mas tbm interessante! Venha conhecer! Abraços!

Reply
Rosi Guimarães 13 de abril de 2016 - 20:56

Oi Priscila.
Imagino que em Antofagasta seja mais difícil mesmo, mas é um experiência bem bacana. quero muito ir conhecer o Norte e vou passar na sua casa para tomar um café. rsrss
Um abraço!

Reply
Mariana 6 de abril de 2016 - 13:28

Oi, Rosi! Que legal ver um blog escrito por outra RP! rsrs Me formei há quase 5 anos e hoje vivo na região de Campinas. Vou para o Chile em maio, a passeio, mas faz um bom tempo que tenho vontade de “xeretar” com o é viver e trabalhar por aí. Ouvi falar que, para estrangeiros, o melhor é ser movido para o Chile tendo um contrato de trabalho firmado no Brasil, mas como você também é RP (embora não sei se atua na área por aí), sabe como é o mercado de trabalho chileno? Estrangeiros, especialmente brasileiros, são bem-vindos? Além do espanhol, falar inglês também é um ponto fundamental para quem trabalha com comunicação aí, como aqui é? Se tiver um email, adoraria trocar umas figurinhas com você! Abraço!

Reply
Rosi Guimarães 12 de abril de 2016 - 06:55

Oi Mariana,
O blog é feito com muito carinho e dedicação, e eu adoooroo!!! Nós viemos morar aqui porque meu marido veio transferido e com contrato de trabalho do Brasil, Já fiz curso de espanhol e de cerimonial aqui, mas por enquanto estou com o blog e fazendo uns freelas em redes sociais. Para quem não fala espanhol é bem complicado e na nossa área mais ainda. Relações Públicas aqui geralmente trabalham em repartições públicas e nós como estrangeiros não podemos ocupar esses cargos. Os brasileiros são bem-vindos aqui. Meu e.mail é: [email protected]
Um abraço!

Reply
Reinaldo Prado 4 de abril de 2016 - 14:28

Sabe me dizer quanto e o valor pra esquiar ?? e se em junho e uma data boa pra ir pro chile.

Reply
Rosi Guimarães 5 de abril de 2016 - 22:20

Oi Reinaldo.
Nesse link tem os valores do Valle Nevado: http://www.vallenevado.com/pt/atividades/atividades-de-invierno/ski-day/
Sobre a melhor data, acredito que julho seja melhor, maior chance de ter neve.
Um abraço!

Reply
Maria 30 de março de 2016 - 08:09

Oi Rosi!! Morei em Santiago por 4 anos em Las Condes e voltei ao Brasil por escolha própria. Acho São Paulo bem melhor para morar, e olha que tenho família no Chile, não foi nenhum problema de adaptação, me sinto em casa nos dois países e adoro Santiago, tanto que a visito todos os anos. Santiago é mais segura mas é a única coisa que acho que leva vantagem, porque no resto prefiro o Brasil.

Reply
Rosi Guimarães 31 de março de 2016 - 06:43

Maria,
Eu também prefiro o Brasil, mas por podermos estarmos juntos nesse momento o Chile tem sido melhor pra gente. E agora é viver tudo de bom que tem aqui. Quero voltar para o Brasil, não penso em viver aqui muitos e muitos anos, tenho muita saudade do meu país. E já morei em SP e adora. Comidas deliciosas e atendimento excelente nos restaurantes.
Beijo grande!

Reply
Maria 31 de março de 2016 - 09:34

Rosi.

A gente tem mesmo que aproveitar as oportunidades que a vida nos dá como você está fazendo. Pensei que ficaria em definitivo. Sua saudade deve ser enorme, aina mais que é mineira. Vocês costumam ter famílias grandes. Legal que morou em SP e gostou. A comida e o atendimento são mesmo excelentes, bem diferentes dos do Chile, né? Adoro a culinária mineira. Esqueci de dizer no outro comentário que o Norte é lindo, acho a região mais bonita do Chile. Vá sim! Beijos

Reply
Thiago 28 de março de 2016 - 16:39

Oi Rosi. Muito bom seu blog. Já estou com passagem comprada e ficarei do dia 28 de maio até 04 de junho desse ano. Será que nesse período corro o risco de enfrentar muitos dias de chuva ? Ficarei num apartamento em providência por 6 dias e depois pretendo ficar num hotel perto do Museu de Belas Artes.

Reply
Eveliny 27 de março de 2016 - 21:50

Estou casada há quatro anos e nunca tivemos lua de mel. Estamos nos programando p realizar esse sonho em Julho de 2017 aí em Santiago. Falta muito tempo, mas lendo sempre sua página tenho administrado a ansiedade. Obrigada por compartilhar suas experiências!

Reply
Rosi Guimarães 28 de março de 2016 - 10:19

De nada Eveliny!
Vai ser uma viagem linda, vocês não irão se arrepender. Curta a página do Nós no Chile no Facebook, muitas dicas também por lá: https://www.facebook.com/nosnochile/
Um abraço!

Reply
rita de cassia 23 de março de 2016 - 16:14

Olá… estou agendando minha lua de mel para setembro de 2016, sabe me dizer se terá algum grande show de artistas internacionais por ai? obrigada.

Reply
Rosi Guimarães 28 de março de 2016 - 10:25

Oi Rita!
Aqui por esse site é possível acompanhar todos os shows: http://www.puntoticket.com/
Um abraço!

Reply
rita 28 de março de 2016 - 14:05

Obrigada pelo carinho Rosi…. vou olhar o site!! ah, tinha te mandando um email, sobre passeio de balão… tem algum post falando sobre isso? vou aguardar! bjosss e obrigada. parabéns pelo blog

Reply
José Luiz Rocha 22 de março de 2016 - 21:19

Estive no Chile ano passado, em maio, e pretendo voltar com certeza a essa cidade maravilhosa, tranquila em andar nas suas ruas, e quem sabe até morar um dia… Sinto falta de andar por essas ruas, parques, shoppings, etc… Saudades… Gostei muito do seu post…

Reply
Rosi Guimarães 23 de março de 2016 - 09:35

Olá José Luiz!
obrigada pelo carinho. É realmente uma delícia caminhar pelas ruas arborizadas de Santiago. Eu adoro!!!
Um abraço!

Reply
Andrea e Luciano 22 de março de 2016 - 14:15

Nós também adoramos o Chile. É um país que cogitamos morar se um dia resolvermos (tivermos a oportunidade de) morar em outro lugar!
Obrigado por citar o Malas e Panelas.
Abraços

Reply
Rosi Guimarães 23 de março de 2016 - 09:38

Oi Andrea e Luciano.
De nada! O blog e o post de vocês é uma delícia!! Fotos lindas. Parabéns! Quero muito conhecer o Atacama, mas as crias aqui em casa já falaram que não querem ir. Rsrsrs.
Beijocas pra vocês!

Reply
Camila Magalhães 22 de março de 2016 - 12:36

Olá, Rosi.
Eu e meu esposo estamos planejando ir para o Chile no início do ano que vem.
Gostaria de saber como é o custo de vida aí? Moradia, locomoção, cursos superiores, alimentação…
Você poderia falar algo sobre isso?

Obrigada por compartilhar suas experiências conosco!

🙂

Reply
juliana 22 de março de 2016 - 18:24

Camila, sou Juliana tambem vivo aqui, o custo de vida nao é barato, conforme o bairro tem alugueis mas acessiveis, o metro custa +- 3,50 reais ate que é barato estudar é caro e a alimentaçao tbm nao é barata, porem se vai a La Vega fazer compra (um mercadao) sai mais barato!!!

Reply
Rosi Guimarães 23 de março de 2016 - 09:51

Oi Camila.
Como já disse a Juliana, o custo de vida aqui não é barato. Aluguel e supermercado, para mim são os ítens mais caros. Um aluguel no bairro Providencia, por exemplo, de um apartamento de 3 quartos, sai em torno de 700 mil pesos (R$3.500,00). Curso superior não sei te informar valores, mas aqui no Chile, infelizmente tudo é pago, inclusive a Universidade do Chile que é pública. Estão começando a implementar um projeto pela educação superior gratuita, mas a passos bem lento. É um país lindo, mas não é barato.
Beijo grande!

Reply
Michela Vega 22 de março de 2016 - 00:19

Olá Rosi… A escola que seus filhos estudam é pública? Estamos planejando ir embora para o Chile, e tenho uma filha de 7 anos, e essa é a minha única preocupação, em relação à escola. Estou tirando minha cidadania chilena, em breve estaremos por aí.

Reply
Rosi Guimarães 22 de março de 2016 - 06:38

Olá Michela.
Aqui no Chile tem escola pública, mas meus filhos estudam em colégio particular. O preocesso de selelção nas escolas chilenas é feita com muita antecedência, é bom ficara atenta nessa questão.
Um abraço e boa sorte!

Reply
marilia 21 de março de 2016 - 20:47

Que bom já ter adaptado a outro país. E por dar dicas maravilhosas.

Reply
Rosi Guimarães 22 de março de 2016 - 06:39

Obrigada Marilia!
Beijo grande.

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário