Protestos no Chile 2020: recomendações importantes!

por Rosi Guimarães

O Consulado-Geral do Brasil em Santiago, através da sua página web, publicou um comunicado com recomendações importantes sobre as manifestações para os turistas e a comunidade brasileira residente no Chile.

O comunicado informa que circulam, nas redes sociais, convocatórias para vários protestos no Chile no mês de março, inclusive com datas já programadas. Destaca também algumas recomendações bem importantes, sendo que muitas delas já venho falando aqui no blog e nas redes sociais do @blognosnochile desde outubro de 2019.

Geralmente, as manifestações começam por volta das 16 horas, mas também podem acontecer pelas manhãs. Também é comum haver passeatas na Alameda Bernardo O’higgins, principal avenida do Centro de Santiago.

Estação de metrô Baquedano, Plaza Italia

Vale reforçar as seguintes recomendações sobre as manifestações no Chile:

1. Contratar seguro viagem com cobertura completa. Lembrando que você pode adquiri-lo com desconto através do blog. Clique aqui.

2. Evitar locais onde acontecem os protestos, principalmente a Plaza Italia, chamada também de Plaza Baquedano e agora rebatizada pelos manifestantes como Plaza de la Dignidad.

3. Evitar alugar carros. Pode acontecer fechamento de estradas.

4. Evitar hospedagem na região dos protestos. A minha dica sobre os melhores bairros para hospedagem é: Providencia (perto das estações de metrô Pedro de Valdivia, Los Leones ou Tobalaba), Las Condes e Vitacura. Lembrando que a Plaza Italia está localizada no bairro de Providencia.

Aqui no blog tem dicas de hoteis em Santiago do Chile

5. Contratar agência para fazer os passeios com segurança e tranquilidade. Temos agências parceiras no blog. todas testadas e aprovadas por mim.

Plantão consular em Santiago (casos de urgência como prisão, risco de vida ou à integridade física, hospitalização e óbito): +56 99334 5105.

Para casos não urgentes, contatar o Consulado-Geral do Brasil pelos endereços de e-mail [email protected] e [email protected]

Clique aqui para ler a íntegra do comunicado do Consulado-Geral .

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Texto revisado por Bárbara Mussili, criadora do blog Refúgio Ameno

Posts Relacionados

4 comentários

Lucas 9 de março de 2020 - 17:54

Oi Rosi, boa tarde. Tudo bem? Sou fã da tua página e estou programando a segunda viagem pro Chile entre 16 e 23 de Abril.

Os protestos continuam? Está perigoso ir pra Santiago?

Reply
Rosi Guimarães 10 de março de 2020 - 09:13

Oi Lucas,
sim, os protestos continuam sim. É só evitar a região.
Um abraço!

Reply
Rafael 4 de março de 2020 - 11:40

Olá, Rosi!
Estou indo pra Santiago no final de Junho e vou me hospedar na rua Presidente Juan Antonio Ríos, Región Metropolitana. Você acredita que esse local pode ser afetado pelos protestos? Eu percebi que fica próximo à Bernardo O’higgins.

Reply
Rosi Guimarães 10 de março de 2020 - 09:24

Oi Rafael,
É proximo sim, se conseguir trocar seria melhor.
Um abraço e boa viagem!

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário