O que saber sobre o Chile antes de ir visitá-lo?

A princípio, se você está pensando em viajar para o Chile em 2023, é só continuar a leitura, pois vou te dar informações importantes para ajudar na organização da sua viagem.

Quer viajar para o Chile sem perrengues? Aqui estão as melhores dicas. 

E, por fim, vamos às 20 coisas que você precisa saber antes de viajar para o Chile.

 

 #1. Informações importantes sobre o Chile

Capital: Santiago

Cidade mais populosa: Santiago

Língua oficial: Espanhol

Governo: República presidencialista – o atual presidente é Gabriel Boric.

Área Total: 756.950 km²

Fronteira: Peru (a norte), Bolívia (a nordeste) e Argentina (a leste); oceano Pacífico (a oeste).

População: 19,49 milhões de habitantes

Moeda: Peso Chileno (CLP)

 

 #2. Aeroporto de Santiago do Chile

Antes de tudo, se você pretende conhecer Santiago e região, vai precisar comprar o seu voo para o aeroporto de Santiago – Aeropuerto Arturo Merino Benítez.

E se quer ir para outra região do Chile, como o Deserto do Atacama, a porta de entrada continua sendo o aeroporto de Santiago.

Com apenas 4 horas de voo saindo de São Paulo, o Chile é um destino muito procurado por brasileiros – estima-se que são cerca de 550 mil visitas de turistas de todo o Brasil por ano.

O aeroporto está localizado a 20 minutos do centro de Santiago e cerca de 30  minutos dos bairros de Providencia, Las Condes e Vitacura, regiões que eu mais  recomendo para hospedagem.

Em 2022 foi inaugurado o novo terminal internacional (T2), chamado Nueva Pudahuel, onde chegam os voos provenientes de outros países.

E o bom é que com a mudança, ficou muito mais fácil se encontrar na hora do desembarque e embarque.

Além de um terminal mais moderno e cômodo, de acordo com a recepção que Santiago oferece, está tudo mais informativo e rápido para quem chega ou vai de viagem.

Além disso, há diversos serviços disponíveis, como restaurantes e lanchonetes, lojas, farmácias e estacionamentos próximos.

Clica aqui para saber tudo sobre o chip de celular no Chile!

 #3. Transporte saindo do aeroporto de Santiago

O que mais você precisa saber sobre o Chile é que dá para ir de ônibus até o centro de Santiago, ainda mais se prefere economizar.

Aliás, no site do aeroporto de Santiago, há um mapa com os transportes oficiais, que conectam com o metrô.

Mas atenção!

Antes de planejar a viagem fique atento ao horário de chegada ao metrô de Santiago, que fecha cedo, 23 horas.

A Ruta Maipú (realizada pela Centropuerto) parte de ônibus do aeroporto até o metrô Los Heroes (L1 e L2), todos os dias, e tem várias paradas.

Os ônibus saem a cada 20 minutos das 6h às 23h30 no trajeto aeroporto – metrô Los Heroes. Depois desse horário, a cada 1 hora, da meia noite às 5h da manhã.

Já do metrô para o aeroporto, o horário é de 6h às 22h30. Ida e volta tem o valor de CLP $3.400 (R$20) e só um trecho de CLP $1.800 (R$10,58). As tarifas são pagas em dinheiro, diretamente ao condutor do ônibus.

Já o TurBus Aeropuerto parte do aeroporto até o Terminal Alameda (Estação Central), todos os dias, das 5h30 às 23h35 (ida e volta).

E tem intervalos a cada 20 minutos (de segunda a sexta) ou 40 minutos (sábados, domingos e feriados). O trajeto do Terminal Pajaritos até o aeroporto (e vice-versa) funciona das 6h às 22h45, com o mesmo intervalo entre as saídas de 15 a 30 minutos.

Agora, também há opção de sair do Terminal Los Héroes até o aeroporto, de segunda a sexta, das 6h às 21h, com saídas a cada 20 minutos. Ida e volta tem o valor de CLP $3.000 (R$17,64) e só um trecho de CLP $1.600 (R$9,41). As tarifas são pagas na bilheteria da empresa ou pelo site.

Mas, para quem prefere comodidade e segurança para chegar ao hotel, o melhor é optar pelo transfer.

Atenção para a dica!

E vale a pena agendar o serviço antes para não cair em furadas. Mas, fiquem tranquilos, pois eu explico melhor como fazer isso a seguir.

Para não cair no golpe do táxi do aeroporto, é preciso planejar como vai do Aeroporto Arturo Merino Benítez para o hotel.

A princípio, a chegada ao aeroporto de Santiago é um pouco tumultuada e os golpes são comuns. Então, o melhor é ter alguém de confiança te esperando, de preferência com uma plaquinha com seu nome.

A minha indicação é a Vem Me Buscar, empresa do grupo Sousas Tour, uma das agências parceiras do Nós no Chile.

Enfim, nada melhor que chegar em outro país e ser recepcionado por uma empresa de confiança.

Além do mais, ser levado até o seu hotel com segurança e tranquilidade com certeza não tem preço, não é mesmo?

Ainda mais com assistência 24 horas.

Por isso, eu recomendo a opção do transfer para vocês. Inclusive, já usei o serviço algumas vezes e vale a pena.

 

#4. O que saber sobre o Chile: documentos para entrar no país

Já começo dizendo que brasileiros não precisam de passaporte para entrar no Chile, apenas da identidade.

Todavia, é recomendado que a identidade tenha menos de 10 anos de uso.

A habilitação não serve como documento para entrar no país, mas se você pretende dirigir no Chile você vai precisar dela.

Agora, se você tem passaporte e quer usar na sua viagem para o Chile ele precisa estar dentro do prazo de validade e será carimbado na imigração.

Requisitos para entrar no Chile 2023

 

 #5. Precisa de comprovante de vacinas para entrar no Chile?

Desde o dia 10 de maio de 2023, o governo chileno suspendeu a exigência de teste de PCR, bem como do certificado de vacinação para a entrada do país.

 

#6. É exigida alguma declaração para entrar no Chile?

A Declaração SAG, é um  formulário que você precisa preencher para declarar se está entrando no país com algum produto de origem animal ou vegetal.

A Declaração Digital de entrada no Chile, pode ser preenchida on-line, através deste link. O formulário também está disponível em papel no aeroporto de Santiago.

Assista o nosso vídeo com os 10 produtos proibidos de entrarem no Chile.

Sobre o valor de 46 dólares exigido pelo Governo do Chile para entrada no país (mesmo como turista): essa lei já existia, mas não havia um mínimo estabelecido. Com a mudança, esse valor agora é o que está escrito na lei.

Os agentes de imigração sempre fazem perguntas básicas aos turistas: como qual o hotel vai ficar, por quanto tempo, se tem passagem e etc. Isso é comum. 

Agora, se houver dúvida de que a pessoa não vem a turismo, o agente pode pedir um comprovante que tenha esse valor diário para se manter no país. 

Então acalmem os corações. Na maioria dos casos, não é pedido.  Se precisar provar, você pode mostrar o dinheiro ou limite de cartão de crédito ou cartão Wise. E não precisa ser em dólares, pode ser a conversão em real.

#7. Moeda no Chile e casas de câmbio?

Em primeiro lugar, o que você precisa saber sobre o Chile a respeito desse assunto é que a moeda daqui é o Peso chileno.

Além disso, trocar dinheiro por aqui é fácil, pois, todas as casas de câmbio fazem troca de real por peso chileno.

Sendo assim, se você escolher esta opção, é importante trocar uma pequena quantia no aeroporto para os primeiros gastos, como água, táxi etc.

Ademais, o aeroporto a cotação é pior que no centro da cidade, mas costuma ser melhor que no Brasil.

Logo após fazer o primeiro câmbio emergencial, o restante necessário pode ser trocado em Providencia ou no centro de Santiago.

Na Rua Agustinas, pertinho do Palácio La Moneda há várias casas de câmbio.

Já a Rua Pedro de Valdivia, no bairro Providencia, também tem lojas, e pode até ter um câmbio mais favorável que no centro.

Outra vantagem de fazer câmbio aqui, é que você não paga taxas e não se exige passaporte.

Aliás, em algumas casas não se pede nem identidade.

Como fazer a conversão de real para peso chileno?

Como exemplo, vamos considerar que R$ 1 esteja valendo aproximadamente $ 170.

Isso significa que, com R$ 1, você consegue comprar $ 170 e com R$ 1.000 você compra $ 170.000.

Saiba mais sobre  conversão de peso chileno para real

Cartão Wise e Nomad são bem aceitos no Chile.

Tudo que você Precisa saber sobre o cartão Wise, tá aqui.

A melhor forma de levar dinheiro para o Chile

 

#8. Veja o que você precisa saber sobre voltagem e tomadas no Chile

O modelo de tomada aqui no Chile é de três pinos.

A tomada brasileira de dois pinos encaixa perfeitamente, a de três não.

Mas atenção! A voltagem é 220 volts.

Portanto, mulheres que estão pensando em trazer secador de cabelo ou chapinha, se for de 110 volts, esqueçam!

#9. Período de neve no Chile

O inverno chega no dia 21 de junho e a expectativa é tão grande que esperamos um 2023 com muita neve!

Antes mesmo da chegada do inverno, temos que lembrar que as temperaturas já estão baixas na região metropolitana, podendo a mínima ficar próxima de zero e a máxima entre 10 e 18 graus.

Muito frio? Sim. Mas quanto menor a temperatura e maior a possibilidade de chuva, melhor para quem quer ver a neve e curtir a atração mais esperada do inverno: subir as montanhas e conhecer as estações de esqui.

No entanto, a neve não tem data certa para chegar, ou seja, tudo depende das condições climáticas de cada ano.

Em 2022 a primeira nevasca caiu no início de maio, mas não durou muito. A neve chegou mesmo para ficar no início de junho.

Agora, já vou avisando: o mês mais certeiro da neve é julho, por isso é o mês que tudo fica mais cheio.

Enfim, tô na torcida por um 2023 de muita neve!

 

#10. Melhor estação de esqui perto de Santiago do Chile

Há quatro estações de neve próximas a Santiago: Farellones, Colorado, La Parva e Valle Nevado.

Se a sua intenção é só se divertir e conhecer a neve, o ideal é parar em Farellones.

Afinal, a estação tem tobogã e tirolesa que fazem a diversão da galera e dá para fazer uma visita rápida nas outras para tirar fotos.

Mas, se quiser esquiar, o melhor é subir para El Colorado, La Parva ou Valle Nevado.

Quer um conselho?

Para esquiar, escolha uma e fique nela.

O que não dá é querer ir um pouquinho em cada, que assim você não aproveita nada.

Leia também: Saiba tudo sobre o período de neve no Chile

No sentido Mendoza, Argentina, passando pela estrada Los Caracoles tem o Centro de Ski Portillo.

Em 2022 eu me hospedei no Valle Nevado e foi uma experiência incrível.

Quanto custa passar o dia no Valle Nevado

#11. Seguro Viagem para o Chile

E sobre saúde, o que será que você precisa saber?

Bem, seguro Viagem não é obrigatório para entrar no Chile, mas eu recomendo muito!  Afinal, a saúde no Chile é bastante cara.

Clique aqui para, pois com menos de 100 reais é possível contratar um seguro viagem com desconto.

E se você vai esquiar é importante que o Seguro tenha cobertura para a prática de esportes.

O melhor e mais barato seguro viagem para o Chile

Seguro Viagem:
Brasil
GTA BRASIL 18 +COVID-19 GTA BRASIL 18 +COVID-19
Assistência médica R$ 18.000
Bagagem extraviada R$ 600 (COMPLEMENTAR)
*Valor referente a 7 dias de viagem.
VC 80 Brasil VC 80 Brasil
Assistência médica R$ 80.000
Bagagem extraviada R$ 1.000
*Valor referente a 7 dias de viagem.
AC 50 BRASIL COVID-19 AC 50 BRASIL COVID-19
Assistência médica R$ 50.000
Bagagem extraviada R$ 500
*Valor referente a 7 dias de viagem.

 

#12. Melhor água no Chile. Pode beber água da torneira?

Apesar de toda a água do Chile ser filtrada e poder ser tomada direto da torneira, é bom ter cuidado, sobretudo quem não está acostumado.

Isso porque a água possui muitos sais minerais e, por isso, pode não cair bem, atrapalhando seu passeio.

Logo, prefira água mineral.  A melhor e mais parecida com a nossa é a marca Benectidino.

 

#13. Melhor bairro para se hospedar em Santiago do Chile

Bom, isso depende do que você procura.

Eu, particularmente, gosto muito e sempre indico o bairro Providencia, pois, lá tem vários comércios, restaurantes, fica pertinho do Shopping Costanera.

Além disso, tem fácil acesso ao metrô.

Logo, na minha opinião, é o melhor para turistas.

Outra boa opção é Las Condes, o bairro é lindo e super moderno, com edifícios enormes e é bem empresarial.

Também tem bons restaurantes, mas, dependendo do local, não tem estação de metrô por perto.

Já Vitacura é o bairro mais requintado. Possui bons restaurantes e excelentes hotéis, contudo, não tem estação de metrô.

No centro de Santiago dá para fazer muita coisa caminhando, já que é perto de vários pontos turísticos, casas de câmbio e comércio.

Porém, depois do período de protestos pelo qual o Chile passou e junto com a pandemia, o centro está bastante sujo, muito pichado e até perigoso.

Apesar de ser muito movimentado durante o dia, é  bem parado a noite, o que acho ruim.

Além disso, possui poucas opções de restaurantes para jantar.

Portanto, não recomendo o centro de Santiago para hospedagem.

Deixei as explicações nos destaques do meu Instagram.

Mas, pertinho do centro está o bairro Lastarria, que é lotado de bons restaurantes e bem movimentado.

Este também já não é um bom bairro para se hospedar, pois está muito próximo a Plaza Italia, local dos protestos em Santiago.

E ainda tem o bairro Bellavista, que também é bem movimentado.

Como tem várias universidades e muitos bares, está sempre cheio.

Infelizmente o bairro também foi muito afetado pelos protestos, sobretudo porque é nele que está localizado o Pátio Bellavista, um shopping de restaurantes e bares.

Leia também: Os melhores bairros de Santiago!

#14. Hotéis com bom custo benefício em Santiago do Chile

Já que eu recomendo o bairro Providencia, vou deixar dicas de alguns hotéis com bom custo benefício nesse bairro.

Inclusive, eu tenho vídeo de alguns no meu canal do YouTube .

Diego de Velazquez – reserve pelo Booking com desconto aqui.

Ibis Budget – reserve pelo booking com desconto aqui.

Mr Hotel Providencia – reserve com desconto pelo booking aqui

Ugo hotel – reserve pelo booking com desconto aqui.

Nototel Providencia – reserve pelo booking com desconto aqui.

Vale destacar que todos têm excelente localização e tudo perto: casas de câmbio, estações de metrô, lojas, bares e restaurantes.

Lembrando que, se você fizer a reserva pelo booking aqui pelo link do blog, você estará me ajudando na manutenção da página, além de ser uma forma de agradecer o conteúdo que eu disponibilizo aqui para você. 😍

Os melhores hoteis para se hospedar em Providencia

#15. Desconto em hotéis no Chile

IVA é a sigla para Impuesto al Valor Agregado, o valor é de 19% e o turista pode ficar isento desse imposto, mas como Rosi?

É o imposto que você paga para tudo que compra aqui no Chile: comida, bebida, passeios, hospedagem.

Mas atenção! Turista pode ficar isento do pagamento do IVA para hospedagem.

E vale muito à pena, pois, o valor do IVA é de 19%. Ou seja, você pode ficar livre de pagar 19% de IVA na sua hospedagem pagando seu hotel em dólar, euro ou cartão de crédito internacional.

Lembrando que o pagamento em cartão gera o IOF.

Entretanto, cartões pré pagos ou multicontas, como Wise e Nomad NÃO liberam o pagamento do IVA.

Mas é bom consultar as condições no seu hotel antes.

Guia completo para ter a isenção do IVA no Chile

Leia também: Os hoteis mais reservados por brasileiros no Chile

 #16. Melhores passeios gratuitos para fazer em Santiago do Chile

Santiago é uma cidade muito bonita e agradável para caminhar, além de ter muitos parque e praças limpas e bem cuidadas.

Existem muitos passeios que você pode fazer sem gastar nadica de nada.

A seguir, vou te mostrar alguns:

  • Cerro Santa Lúcia, localizado na região central, o parque é lindíssimo e você não paga nada para entrar. Para chegar é só descer na estação de metrô Santa Lucía.
  • Parque Araucano, localizado em Las Condes – esse parque é gostoso para caminhadas e ainda rende boas fotos.

O parque fica ao lado do Shopping Parque Arauco; vale fazer essa dobradinha e conhecer os dois lugares no mesmo dia.  A estação de metrô mais próxima é a manquehue.

  • Parque Bicentenário. Tem flamingos, muitos brinquedos, logo é ideal para quem viaja com crianças. E ainda tem o restaurante Mestizo que vale conhecer.

Localizado em Vitacura, não tem estação de metrô por perto, mas caminhando da estação Tobalaba, são cerca de 1,5km por umas ruas bem bonitas.

Mas, se preferir, você pode pegar um Uber.

Para chegar é só descer na estação de metrô Los Dominicos.

Leia aqui 20 atrações gratuitas para curtir em Santiago do Chile.

Leia um guia completo de tudo o que você pode fazer no Chile.

#17. Como organizar a bagagem de mão para o Chile

Agora vamos falar sobre a bagagem de bordo, outra coisa que você deve saber sobre  o Chile.

A bagagem de mão é aquela que pode subir com você no avião (também chamada de bagagem de bordo).

Pode ser um objeto pessoal (uma bolsa ou mochila pequena, bolsa de notebook ou de bebê) e também a própria mala de mão.

Em geral, a maior parte das companhias aéreas permite o embarque de um objeto pessoal sem custo.

No entanto, as companhias aéreas têm suas próprias regras.

Pesquisei sobre as duas que têm maior quantidade de voos Brasil – Chile: a Latam e a Sky Airline.

Tamanho:

Segundo a Latam, o tamanho do seu artigo pessoal deve ser de até 45 x 35 x 20 cm (altura, comprimento e largura).

Veja aqui no site da Latam

Já a mala de mão é aquela que está inclusa na tarifa que você comprou – ou comprada à parte – e que será guardada no compartimento superior do avião (salvo algumas exceções, quando a companhia te oferece na hora do check-in a opção de despachar).

Peso:

Já o peso máximo da bagagem de mão é de 10 kg (22 lb) na cabine comum da Latam e de 20 kg na Sky.

Agora, se você for viajar numa cabine premium na Latam, a mala pode ser de até 16 kg. Já as medidas seguem a mesma regra nas duas companhias: no máximo, 55 x 35 x 25 cm (altura, comprimento e largura), incluindo bolsos, rodas, alça, etc.

Geralmente, pelo tamanho da mala já se pode calcular o peso médio, levando em consideração que sua mala só tem roupas, por exemplo.

Porém, se for incluir muitos objetos, vale a pena pesar.

Quer uma dica? Se você tiver uma balança em casa, pode usá-la antes de fechar a mala.

Veja aqui os produtos que você não pode levar na bagagem de mão !

 

#18. Afinal, quantos vinhos posso levar para o Brasil?

Conforme se sabe, o Chile é um país com território estreito (cerca de 180 km de largura) e muito comprido (média 4.300 km de comprimento).

Está situado entre a Cordilheira do Andes e o Oceano Pacífico, a topografia e o clima mediterrâneo, formam um excelente ambiente para o cultivo das uvas.

Os vinhos aqui são de qualidade e com preços bem melhor do que no Brasil. Logo, todos querem levar vinhos chilenos para casa.

10 vinhos com bom custo-benefício para levar para o Brasil

Mas, o que saber sobre o Chile e seus vinhos? E se você quiser levá-los para o Brasil, como funciona?

Segundo a Receita Federal, é permitido transportar até 12 litros de bebidas alcoólicas sem pagar taxas na alfândega.

Se cada garrafa tem 750 ml, então são permitidas 16 garrafas por pessoa. Lembrando que não pode ultrapassar os 23 quilos permitidos pelas companhias aéreas.

Lembrando que a Receita só permite a entrada de compras com o valor total de US$ 500.

Rosi, posso levar garrafas na bagagem de mão?

As companhias aéreas que fazem Brasil – Chile permitem até 4 garrafas na bagagem de mão.

Mas atenção! É sempre bom confirmar essa informação com a sua companhia aérea.

E as taças? A recomendação é despachar as taças.

A minha dica é embrulhar em roupas e colocar no meio da mala.

 

#19. Outros destinos, além de Santiago e arredores

Além de Santiago e arredores o Chile tem muitos outros destinos incríveis.

Aqui na página, por exemplo, você vai encontrar informações e ainda agências parceiras em cada destino.

Vamos começar por Puerto Varas – Lagos Andinos,  localizado ao Sul do Chile, cerca de 1.000 km de Santiago.

A região é repleta de vulcões,  lagos de água azul turquesa e uma natureza de tirar o fôlego.

Saiba mais sobre Puerto Varas aqui.

Descendo mais ao Sul, está a Carretera Austral, onde fica as Capelas de Mármore – Patagônia, outro destino imperdível no Chile.

Conheci a região em junho do ano passado e fiquei encantada com tudo o que vi.

Aqui está o meu roteiro de 4 dias na Carretera Austral – Patagônia chilena.

Indo para o Norte, tem o Deserto do Atacama, que é um destino sonhado por muitos.

Já fui e posso dizer que você precisa colocar na sua lista. Afinal, é um lugar mágico!

Tem voos saindo de Santiago com destino a Calama, que é o aeroporto mais próximo.

Aqui tem muitas dicas bacanas do Deserto do Atacama, inclusive a melhor época para viajar!

Aqui temos as agências parceiras em Santiago para você fazer os seus passeios! 

 

#20. Assessoria personalizada para a sua viagem ao Chile

Por fim, há outras coisa que você deve saber sobre o Chile antes de vir para cá.

Na sua viagem para o Chile eu vou te ajudar com um roteiro incrível por meio da minha assessoria personalizada.

Eu ofereço um atendimento on-line individual e personalizado. Você terá uma hora comigo para eu te ajudar a planejar bem a sua viagem.

Como funciona?

Marcamos um dia e hora e batemos um papo. Você me conta sobre quais os seus tipos de passeios preferidos, quantos dias pretende ficar no Chile, se você vai sozinho ou acompanhado, entre outras coisas.

Saiba mais sobre a assessoria de viagem, aqui.

Leia também:

O que fazer em Santiago do Chile no verão: roteiro completo para 7 dias

Por fim, você vai precisar de agência para fazer os passeios no Chile. Aqui eu indico as agências da minha confiança, clica e faça um orçamento .

Assista o vídeo do nosso voo do Brasil para o Chile em 2023