Tour, degustação e almoço na vinícola Tarapacá

por Rosi Guimarães

Quando se fala em Tarapacá, logo vem uma boa lembrança na sua cabeça, certo? Sei que essa vinícola é bem conhecida no Brasil, já que o país é número um em importação de vinhos Tarapacá. Quem toma vinho com uma certa frequência, com certeza já experimentou uma etiqueta negra ou azul.

Para se ter uma ideia da tradição dos vinhos Tarapacá, a vinícola foi fundada em 1874, aos pés dos Andes e, apenas dois anos depois da fundação, a vinícola recebeu o seu primeiro reconhecimento internacional no Centennial International Exhibition, Philadelphia –  Estados Unidos. Desde então não parou mais. E é por causa da sua tradição e qualidade que ela desperta o interesse de conhecer o local onde é feita a produção.

O tour na vinícola Tarapacá

Eu já tinha ido nessa vinícola logo que cheguei para morar no Chile, por volta de 2015. Agora voltei para fazer um tour mais completo com almoço. A visita começa na parte alta do vinhedo e fomos levados até lá em uma van. Como o terreno é muito grande, seria impossível chegar caminhando. Para se ter uma ideia, são oito quilômetros de distância entre a portaria e a casarão da vinícola. São 2.600 hectares de propriedade, dos quais seiscentos são plantações de uva.

É no meio do vinhedo que a guia explica todo o processo de plantação das frutas, as variedades, como é feita a colheita e também o processo de produção do vinho. É um tour mais rápido e dinâmico, já que contempla o almoço.

A degustação

A degustação foi acompanhada de queijos, castanhas e frutas. Degustamos três  vinhos: Cabernet Sauvignon Gran Reserva 2015, Cabernet Sauvignon Gran Reserva – etiqueta negra 2017 e um Blend Gran Reserva etiqueta azul, 2017.

Os tours são personalizados e com grupos pequenos. É necessário fazer reserva antecipada.

O almoço na vinícola Tarapacá

 A Vinícola Tarapacá tem um casarão antigo onde realiza eventos e casamentos. Aproveitamos para conhecer o local. Foi debaixo das árvores deste jardim que almoçamos. O almoço é servido em quatro tempos, acompanhado de vinhos.

Começamos com um entradinha de salmão e vinho branco Gran Reserva Chardonnay para acompanhar. Depois, foi servido o Cabernet Sauvignon para acompanhar o prato principal – filé com risoto de funghi. Estava bem saboroso e ficou perfeito com o vinho tinto.  E, para fechar, a sobremesa foi um pavê de morango. O lugar é bastante agradável. Mesmo com o calor que fazia no dia, o vento e a sombra das árvores deixaram o momento especial.

Além das árvores, o jardim também tem uma piscina que completa o ambiente e deixa o local ainda mais charmoso. Dia perfeito com boa gastronomia e bons vinhos num lugar inesquecível.

Para fazer reserva para esse tour com almoço na vinícola Tarapacá é só clicar aqui no link.

Para chegar na vinícola Tarapacá tem que contratar um transfer. A vinícola também oferece tour com traslado. 

Visita feita a convite da vinícola Tarapacá e o meu texto reflete minha opinião.

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.


Posts Relacionados

Gostou? Deixe aqui seu comentário