Tour e almoço na vinícola Matetic

por Rosi Guimarães

Tem horas que eu penso que quanto mais longe e mais difícil de chegar mais linda é a vinícola. Já falei qui no blog que conhecer vinícolas é um dos meus passeios preferidos, Flávio também gosta, mas Arthur e Yasmim detestam, me dizem que são todas iguais. Mas como era o dia do meu aniversário, eles se esforçaram e fomos conhecer a Matetic. E imaginar que no Chile são mais de 70 vinícolas abertas à visitação e ainda só conheci 10 desse total.

Foto: site Matetic

Foto: site Matetic

Matetic é uma vinícola nova e super moderna, fundada em 1999 por uma família de origem Croata. A propriedade é enorme, 10 mil hectares. É tão grande que ocupa dois valles: Valle de Casablanca e Valle de San Antonio. Mas a produção é pequena –  400 mil garrafas por ano. (Só para você ter uma ideia, a Vinícola Concha y Toro, que é a maior do Chile produz 14,2 milhões de caixas de 12 garrafas por ano).

A Matetic produz 4 tipos de vinhos brancos e 5 tintos, sendo o Syrah a especialidade da casa, (depois vou explicar o porquê). 70% da produção é exportada para 30 países e o Brasil é o principal mercado.

Yasmim aproveitando para comer uvas. De um cacho cheio não sobrou nenhuma.

O Tour

Optamos pelo tour e degustação Corralillo que começa no mirante com uma linda vista dos vinhedos e aí dá para ter uma ideia da dimensão da vinícola. A guia explica todo o processo da produção agrícola orgânica e biodinâmica.Esse tipo de evita o uso de produtos químicos e utiliza métodos naturais e preparados biodinâmicos feitos com plantas e estercos. A vinícola é certificada como viña orgânica e biodinâmica.

Matetic Chile

Depois fomos para o vinhedo, cheinho de uvas. Arthur e Yasmim fizeram a festa, comeram  uvas à vontade. Essas são as uvas que produz o vinho syrah, eles são bem escuras, pequenas e docinhas e são as últimas a serem colhidas. A colheita dessas uvas é só em maio ou junho, aí elas  estarão mais doces ainda.

Matetic Chile

 Matetic Chile

Lembram que falei que o syrah é a especialidade da Matetic? É porque a plantação está em um vale mais frio. O Valle de San Antonio está muito proxímo ao mar e do mirante dá até para sentir a brisa. E para captar o calor do sol, o metódo utilizado é preparado com quartzo que reflete a luz do sol, isso faz o syrah ter um sabor diferenciado.

Matetic Chile

Depois fomos para a área da produção dos vinhos, máquinas super modernas e construídas especialmente para a Matetic. A guía dá uma explicação sobre as máquinas e todo o pocesso de produção e utilização dos barris .

Matetic Chile

Hora de conhecer a adega. Construção também super moderna e linda, 100% de barricas são francesas e algumas são de concreto, que parecem ovos gigantes. Esse tipo de barrica permite potencializar o sabor da uva.

Foto: site da vinícola

Foto: site da vinícola

Matetic Chile

Matetic Chile

E depois o melhor momento: a degustação. São dois vinhos.

O Sauvignon blanc 2015

Matetic Chile

E o famoso Syrah 2013

Matetic Chile

Matetic Chile

  • Preço do tour: $12.000 (maiso ou menos R$60,00)
  • Para ver os outros tours que a vinícola oferece, acesse aqui.

Área do restaurante

Restaurante Matetic

Foto: site da vinícola

Fizemos a reserva para almoçar no restaurante da vinícola. Para vocês terem uma ideia o tamanho da propriedade, o restaurante fica a 10 quilômetros da área do tour. Essa é uma desvantagem da Matetic, você só pode ir de carro ou com agência, pois a vinícola não disponibiliza transporte da área do tour para o restaurante.

Matetic Chile

A área do restaurante é linda e enorme. Tem uma loja para vendas de vinhos e outros produtos (lá na área do tour também tem loja) e tem um hotel bem charmoso, o hotel Casona,  é pequeno, apenas 7 quartos. Uma boa opção para quem quer passar uma noite.

Foto: site da vinícola

Foto: site da vinícola

O restaurante Equilibrio combina tradição com inovação. Os pratos são preparados com produtos local e é especializado na cozinha chilena. Peixes, mariscos, cordeiros e pato fazem parte do cardápio.

Matetic Restaurante Chile

Estava um dia lindo e escolhemos uma mesa do lado de fora do restaurante, assim aproveitamos para curtir a paisagem. Para quem tem crianças (porque os meus filhos já se sentem grandes) é um lugar delicioso, com patos, parquinho, lago, pés de maçãs e muita área verde.

matetic Restaurante Chile

Matetic Chile

Matetic Chile

Nosso Pratos

Canelones del Valle

Matetic Chile

Plateada asada en horno de barro

Matetic Chile

Reineta Mediterranea

Matetic Chile

E uma deliciosa sobremesa! Helado artesanal

matetic sobremesa

  • Horario do restaurante: De terça à domingo, das 12h30 às 16 horas.
  • Preço: Entre 50 e 60 mil pesos para 4 pessoas. Sendo que Yasmim preferiu o menú para niños. ( R$250,00 e R$300,00)

Como chegar:

Carro: Pegar a ruta 68 em direção a Valparaíso até o desvio de Algarrobo (aproximadamente 66 km), siga as placas indicando para San Antonio. Continue por este caminho mais uns 10 km até chegar ao pedágio. Depois que passa o pedágio, em mais ou menos 400 metros você vai ver a placa da Viña Matetic e aí é só seguir a placa. Achei bem difícil chegar. No site tem a opção pelo google e pelo waze.

Mapa de acceso Matetic Vineyards (2) (2)
Agência de turismo: fechar um pacote com alguma agência. É mais caro, mas muito mais confortável e aproveita mais o dia. Se fechar um pacote dá para conhecer a Casas del Bosque, que fica próxima e é linda também.

Transporte público: essa opção só serve se você não for almoçar, porque como já expliquei o restaurante é distante, e a vinícola não disponibiliza transporte. A opção é você pegar um ônibus até o centro de Casablanca (Na estação de metrô Pajaritos – linha 1, tem um terminal de bus e de lá saem os ônibus para Casablanca) e lá pegar um taxi. É longe, são mais de 20 quilômetros do centro de casablanca e o taxi deve sair numa media de 10 a 15 mil pesos. Acaba saindo caro.

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Posts Relacionados

19 comentários

Ana 17 de abril de 2019 - 21:20

Oi Rosi…
Gostaria de saber de a vista durante o trajeto ate a Matetic é bonita? Vale mais a pena, em funçao do visual, visitar a Matetic ou fazer um passeio por Cajon del Maipo e banhos? Tenho apenas 1 dia inteiro e preciso escolher…
Estarei em Santiago na proxima semana.
Abraço, Ana

Reply
Rosi Guimarães 22 de abril de 2019 - 08:39

Oi Ana,
São passeios totalmente diferentes, dificil responder sua pergunta. No Valle de Casablanca tem outras vincícolas e daria para fazer mais de uma por dia. Eu não gosto das termas de Colina, muito cheio.
Um abraço!

Reply
Derci 11 de abril de 2019 - 20:49

Oi rosi, estamos indo para Santiago no final deste mês, gostaria que vc me indicasse uma agência que faça um tour pela Vinícola Matetic e casa de bosque.
Vc conhece a vinícola erraruriz,vale a pena conhecer.
Grata, derci
Se vc puder me responder por meu email,

Reply
Rosi Guimarães 15 de abril de 2019 - 13:55

Oi Derci,
Temos agências parceiras no blog https://nosnochile.com.br/parceiros/
Pode ver direto com eles.
Um abraço e boa viagem!

Reply
MARIA LUCIA ALMEIDA 7 de janeiro de 2019 - 12:22

Oi Rosi. Voce já foi na vinivola Vinamar? Sou amante de espumantes e gostei da ideia de degustação de espumantes. Estou em duvida de almoçar no restaurante de lá ou do Matetic. O que você recomenda?

Reply
Rosi Guimarães 7 de janeiro de 2019 - 15:55

Oi Maria Lucia,
Já fui sim e acabei nao escrevendo o post no blog. É uma vinícola bem bonita e o restaurante também é muito bom.
Boa viagem!

Reply
Karen 22 de abril de 2018 - 14:36

Olá Rosi, tudo bem? Você pode me indicar algumas opções de agência para passeio na Matetic ou motoristas particulares? Procurei em algumas agências que encontrei os passeios mais comuns, mas não achei. Abraços! 🙂

Reply
5 vinícolas pertinho de Santiago para visitar por conta 17 de outubro de 2017 - 13:31

[…] Matetic […]

Reply
É Primavera. O que fazer em Santiago do Chile? - Nós no Chile 25 de setembro de 2017 - 08:41

[…] uma pouco mais distante de Santiago, quase 2 horas de distância. Aí tem a Casas del Bosque, a Matetic, e quem sabe fazer um piquenique na Emiliana? Acesse aqui para ler os posts das várias vinícolas […]

Reply
Tour e brunch na vinícola Bodegas RE - Valle de Casablanca 8 de agosto de 2017 - 09:12

[…] Matetic; […]

Reply
Vai viajar para o Chile? Dúvidas frequentes! 8 de março de 2017 - 14:10

[…] As orgânicas: François Lurton, Emiliana. A mais luxuosa do Chile que é vinícola VIK. A de um casal de brasileiros que é a Attílio & Mochi. As pequenas: Haras de Pirque, El Principal, As que tem bom restaurante: Casas del Bosque, Matetic […]

Reply
Carolina Gouveia 29 de outubro de 2016 - 13:13

Oi Rosi! Estou com uma dúvida imensa, quero separar um dia da viagem para fazer vinícola e conhecer a casa de Pablo Neruda em Isla Negra. Minha dúvida é a seguinte: pensei na Casas Del Bosque com almoço e depois Isla Negra. Mas queria tanto conhecer a Matetic também… aí surgiu a dúvida, qual tour vale mais a pena Matetic ou Casas Del Bosque, se eu mantiver o roteiro como imaginei, será q daria para passar tb na Matetic e fazer a degustação ou a degustação está associada ao tour somente???
Me dá tua opinião!

Obrigada,
Carol Gouveia

Reply
Rosi Guimarães 31 de outubro de 2016 - 18:34

Oi Carolina,
Pergunta difícil, eu gosto muito das duas vinícolas. O ruim da Matetic é que o local do tour é distante do restaurante, são mais de 10 quilômetros de distância. Acho que é possível ir na Matetic só para fazer degustação, os vinhos são deliciosos. Manda um email para eles e pergunta sobre a possibilidade só da degustação.
Abraço!

Reply
Vinhos Chilenos - Qual levar para o Brasil e onde comprar 23 de outubro de 2016 - 19:11

[…] Casa Silva,  Cousino Macul, Casas del Bosque e  Emiliana, El Principal,  Santa Carolina, Matetic, Viu Manent (clique em cada uma para acessar o post da nossa visita). Visitar vinícolas é um dos […]

Reply
É Primavera. O que fazer em Santiago do Chile? - Nós no Chile 20 de outubro de 2016 - 18:20

[…] uma pouco mais distante de Santiago, quase 2 horas de distância. Aí tem a Casas del Bosque, a Matetic, e quem sabe fazer um piquenique na […]

Reply
Chile: Qual é a melhor época para viajar? 23 de setembro de 2016 - 18:08

[…] para visitar vinícolas porque você pode experimentar as uvas. Passamos um dia delicioso na vinícola Matetic e aí está a Yasmim provando as […]

Reply
Roteiro completo para 7 dias de viagem para o Chile 2 de julho de 2016 - 15:34

[…] um pouco mais distantes, como as do Valle de Casablanca tem a Casas del Bosque, a Emiliana,  e a Matetic. No Valle do Colchagua tem a Casa Silva e a Viu Manent. Várias empresas de turismo fazem esses […]

Reply
rita 27 de junho de 2016 - 09:48

Olá Rosi, bom dia… sempre estou acompanhando seu blog, pois acho ele ótimo, estou indo pro Chile em lua de mel em setembro/2016, gostaria da sua opinião sobre fechar com antecedencia (pagando via site aqui ainda no brasil) ou fechar ai na hora com algum hotel ou agencia uma visita a vinicola que faz o vinho EQ. Acho que é essa matetic mesmo. mas no site deles mostra outro tipo de passeio que custa 59.900 pesos. por pessoa, senão me engano!!! O q vc aconselha? conseguirei a visita se fechar na mesma semana ai pessoalmente? e como faço? obrigada mais uma vez;

Reply
Rosi Guimarães 1 de julho de 2016 - 08:04

Oi Rita,
sim, é a Matetic que faz o vinho EQ. Você pode fechar daí, mas com uma agência daqui do Chile.Você quer fazer somente esse passeio da Matetic ou outros? Vou te enviar um email com indicação de uma agência. Essa vinícola não está incluída nos roteiros das agências.
Um abraço!

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário