Tudo o que você precisa saber sobre viagem internacional com bebê

por Rosi Guimarães

Quem se prepara para uma viagem internacional com o bebê deve se informar sobre a documentação necessária para viagens de menores. Afinal, cada país tem normas tanto para a entrada quanto para a saída de crianças e adolescentes.

Quem se prepara para uma viagem ao Chile, por exemplo, precisa conhecer a documentação necessária tanto para deixar o Brasil quanto para ingressar no país de destino.

Parece complicado, mas nós vamos ajudar você nesse processo com todas as informações necessárias para viajar com seu bebê para o exterior. Não perca!

Quais são os documentos necessários para uma viagem internacional com bebê?

Uma das dúvidas frequentes para quem tem crianças menores de 2 anos é descobrir qual a documentação necessária para viajar com elas para o exterior.

Aqui no Chile, a certidão de nascimento não é reconhecida como documento oficial. Conheça a seguir quais são os documentos válidos.

Documento de Identidade

Existe um tratado internacional entre Chile, Brasil e os demais países da América do Sul (com exceção das Guianas e do Suriname) que permite o ingresso nesses destinos apenas com a carteira de identidade, desde que ela esteja em bom estado de conservação e tenha data de emissão de até 10 anos. Essa permissão é válida tanto para adultos quanto para bebês.

Passaporte e visto

O passaporte válido também pode ser apresentado em viagens ao Chile. Se a viagem for para algum destino fora da América do Sul, é indispensável a apresentação do passaporte, mesmo para bebês. Confira as exigências do destino para verificar também a necessidade de visto.

Autorização de viagem internacional

Quando o bebê viaja para o exterior com ambos os pais, não é necessária nenhuma autorização além dos documentos exigidos no país de destino. Mas existem duas situações que exigem uma autorização de viagem:

  • para viagens na qual a criança será acompanhada de apenas um dos pais: é necessário apresentar o consentimento de viagem por escrito. Os pais ou responsáveis legais precisam preencher o formulário padrão de autorização de viagem internacional, reconhecer firma em cartório e imprimir duas vias.
  • no caso de viagens em companhia de terceiros, como avós: também é necessária a apresentação da autorização assinada por ambos os pais, com firma reconhecida em duas vias.

Lembramos que deve ser apresentado um formulário para cada bebê ou menor que for viajar.

Como tornar a viagem ao Chile mais prazerosa para o bebê?

A recomendação é de que o bebê viaje após completar 3 meses de vida. Converse com o pediatra para avaliar a saúde da criança antes de embarcar. Veja outras dicas.

Melhor época para a viagem

A melhor época do ano para viajar aqui para o Chile depende do tipo de experiência desejado. Afinal, cada estação do ano tem seus encantos, que variam de acordo com a região a ser visitada.

Na primavera e no verão, por exemplo, dá para colocar o bebê no carrinho e curtir os parques de Santiago do Chile, como o  Bicentenário e o Araucano.

Vacinas obrigatórias

O Chile não exige dos visitantes nenhuma vacina obrigatória. Além disso, não é necessário apresentar o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP). Como todo cuidado é pouco, aconselhamos fazer um seguro viagem para o pequeno.

Melhor horário de voo

O ideal é sincronizar o horário do voo com a rotina de sono do bebê. No caso de uma viagem para o Chile, que dura em média 5 horas, opte pelo voo noturno.

Cuidados no embarque e voo

Crianças de colo e mães que amamentam têm preferência no check-in e no embarque.

A decolagem e a aterrissagem podem ser estressantes para os bebês por causa da pressurização da cabine. Amamentá-lo nestes momentos, ajuda a reduzir o desconforto.

Alimentação

Verifique a disponibilidade de alimentação para o bebê na companhia aérea. Lembramos que é permitido o embarque de comida para o consumo durante o voo.

Agora você já sabe tudo o que você precisa para preparar a viagem internacional com o seu bebê!

Gostou das informações e dicas para as viagens com as crianças de colo? Então aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais!

A Caroline viajou com o seu bebê, veja como foi a experiência dela. 

A Tati também viajou com a pequena Marina e conta como foi tudo!

Posts Relacionados

2 comentários

Bruno Largura 11 de agosto de 2020 - 12:57

Queria saber como está o chile nessa situação do Covid 19.
Pretendia viajar em novembro com minha esposa e um casal de amigos, mas tá bem complicado achar informação de pessoas locais.

Reply
Rosi Guimarães 13 de agosto de 2020 - 17:44

Oi Bruno,
Infelizmente ainda sem data para a abertura de fronteiras. Veja esse meu vídeo
https://youtu.be/xOIVN7zf0Fk
Um abraço!

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário