Hospedagem em Buenos Aires – Qual o melhor bairro?

por Rosi Guimarães

Galerinha, tenho que confessar que nunca gostei de me hospedar em airbnb  porque amo tomar café da manhã em hotel. Mas, depois de Buenos Aires, mudei de opinião. Continue lendo para saber mais.

Aqui tem um post com nosso roteiro completinho em Buenos Aires.

Depois de muitas pesquisas, acabamos escolhendo um apartamento completo na plataforma do airbnb porque os hotéis não estavam nos atendendo no quesito valor. Como teríamos que reservar dois quartos (Eu, Flávio, Arthur e Yasmim), a cotação ficou bem acima do nosso orçamento. Então, decidimos por um airbnb no bairro de Recoleta.

Recoleta é um bairro muito agradável e gostoso de caminhar, cheio de praças e parques. Ficamos hospedados pertinho do supermercado Jumbo e da estação de metrô Las Heras, com muitas padarias e restaurantes no local. Sem contar que fomos caminhando para vários pontos turísticos como o Centro Cultural de Recoleta, o Museu de Belas Artes e a Floralis.

Com relação ao café da manhã, não teve problema. Tomamos café nas padarias do bairro e somente no último dia decidimos comprar as coisas e prepará-lo no apartamento.

Dica importante: leve seu pó de café do Brasil. O café de Buenos Aires é horrível. Eu não levei e não dei conta de tomar o que tinha no apartamento, nem com leite desceu.

O Francisco foi nosso anfitrião. Ele nos recebeu e deu todas as explicações sobre o apartamento. O prédio era antigo, assim como a maioria dos edifícios da cidade. O elevador era bem apertado, mas funcionou super bem. Já o apartamento era bem iluminado e espaçoso, podendo comportar até seis pessoas. A cozinha tinha vasilhames de excelente qualidade e taças de cristais, tudo muito limpo e organizado. Adorei! Pena que não deu tempo de tomar um vinho no apartamento. Também tinha ar condicionado na sala e ventiladores de teto nos quartos, essencial para quem viaja no verão. Havia três banheiros com chuveiros de excelente qualidade.

Hotel ou apartamento pelo airbnb em Buenos Aires?

A primeira pergunta que eu faço pra você é a seguinte: quantas pessoas são? Se for um casal talvez hotel atenda melhor, pelo menos para quem valoriza serviços como café da manhã e prefira somente comer na rua. Para nossa família de quatro pessoas, o airbnb compensou bastante, apesar de não termos preparado nenhuma refeição no apartamento. O que me conquistou foi o espaço: ficar num apartamento todinho pra gente foi muito melhor que ficarmos apertadinhos num quarto de hotel. 

Clique aqui para conhecer o nosso apartamento em Buenos Aires e ainda ganhar um descontinho na reserva. 

Importante:

  • Quanto pagamos? $ 333.000 ( R$ 1.600) total
  • Ficaria de novo neste apartamento? Com certeza. Se bem que no dia que fomos passear em Palermo Soho, também gostei muito do bairro e já cogitei de ficar hospedada nele na próxima ida a Buenos aires.
  • Localização: Excelente! Rua Pagano, Recoleta.
  • Recomendo os serviços dos brasileiros Sthephanie do @ondasbuenas e do fotógrafo @hendersonmoret. O trabalho deles fez a diferença na nossa viagem. Que venha a próxima!

Texto revisado por Bárbara Mussili, criadora do blog Refúgio Ameno

Fotos do post: Plataforma Airbnb.

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Gostou? Deixe aqui seu comentário