Mercado Central de Santiago do Chile

por Rosi Guimarães

Fotos: Plataforma Urbana.

O Mercado Central é ponto turístico obrigatório em Santiago do Chile.  São cores, cheiros, cultura e sabores da verdadeira culinária chilena. Tudo isso em um edifício que foi nomeado Monumento Histórico em 1984.

Foto: Plataforma Urbana

Foto: Plataforma Urbana

A tradicional culinária chilena e a famosa centolla – uma espécie de caranguejo gigante que é cultivado no Sul do Chile podem ser degustadas nos restaurantes do mercado, além é claro das barracas que vendem frutos do mar, ervas, queijos, carnes, artesanatos e muito mais.

Foto: Plataforma Urbana

Foto: Plataforma Urbana

Espanhol, inglês, francês, italiano e claro, o português, são as línguas faladas pelos garçons dos restaurantes mais famosos do mercado central e frequentados quase que exclusivamente por turistas que querem conhecer a variedade de mariscos que o Chile tem.

Ao entrar no Mercado você já verá um praça com fontes de água e as fachadas dos famosos restaurantes : “El Galeón”, “Don Augusto”e o  “La Joya del Pacífico” são os que mais se destacam no Mercado e que na hora do almoço estão sempre cheios de turistas ansiosos por provar a centolla.

Não vá esperando um mercado grande e com variedades como tem no Brasil, eu sou de Belo Horizonte e o mercado Central de lá é maravilhoso. O de Santiago é pequeno e com forte cheiro de peixe, nem todos gostam.

Foto: Plataforma urbana

Foto: Plataforma urbana

A comida não é barata, o famoso prato com a centolla inteira pode sair por até R$400,00. Eu não gosto do clima do mercado e do assédio dos garçons e guias de turismo, eles abordam os visitantes e querem vender de tudo e são insistentes, se for na hora do almoço é pior ainda. Para quem quer experimentar a centolla, mas não gostou do mercado, deixo a dica o Ocean Pacifics, veja o post dele aqui. 

Mercado Central de Santiago é aquele passeio que se você não for para comer, uma passadinha de 15 minutos e pronto, não tem muito o que ver. É isso: tem os que vão e amam e tem os que odeiam, principalmente por causa do cheiro e do assédio dos graçons.

Dica: Se que comer uma boa empanada, do lado de fora do Mercado tem o Zunino. Vende uma empanada muito deliciosa e tradicional aqui no Chile. Vale experimentar!

Mais informações:

  • Endereço: San Pablo, 967 – Santiago
  • Metrô: Estação Cal y Canto –  Linha 2. Ou se preferir caminhar um pouco mais, descer na Estação Universidad de Chile e aproveitar para conhecer o Centro Histórico.
  • Horário: segunda a domingo, de 8 às 19 horas

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

Posts Relacionados

32 comentários

Catherine Avilés 3 de julho de 2019 - 10:26

Tem pratos baratos sim mas são os que ficam nos corredores secundários, no meio é sempre mais caro. Centolla não é prato típico, é o que é vendido para os estrangeiros, minha família é de lá e eu nunca nem comi centolla, um absurdo de caro. Pratos típicos são: empanada de pino (carne), pastel de choclo, sopaipilla, e cazuela.

Reply
Rosi Guimarães 4 de julho de 2019 - 09:47

Oi Catherine,
Centolla realmente é um prato bem para turistas, os chilenos mesmos não comem.
Um abraço!

Reply
Elisangela 7 de janeiro de 2019 - 05:46

Pessoal, pra quem ira no mercado central de Santiago va no período da manhã, pois tem mais policiamento por lá. A tarde a polícia vai embora do local e aparecem os batedores de carteira e assalto com faca. Essa recomendação eu peguei com a própria polícia.

Reply
Rosi Guimarães 7 de janeiro de 2019 - 15:47

Oi Elisangela,
Obrigada pela informacao. Voce presenciou algum assalto no Mercado? Já ouvi falar de furtos, assalto com faca nao.
Um abraco!

Reply
Renata 3 de junho de 2018 - 08:35

Mercadão Municipal não recomendo a ninguém nem pra comer nem conhecer

Reply
Larissa G 30 de outubro de 2017 - 13:28

Boa tarde Rosi, primeiramente parabéns pelo blog!

Gostaria de tirar uma dúvida. Vi que dentro do mercado central existe uma empresa que oferece passeios com o nome de “Ticket Tour”. Essa empresa realmente existe e é confiável?

Agradeço desde já

Reply
Rosi Guimarães 7 de novembro de 2017 - 09:47

Larissa,
Não conheço essa agência. Eu sugiro uma busca no TripAdvisor.
Um abraço!

Reply
Viviane Leoni Marques 12 de agosto de 2017 - 17:00

Oi Rosi! Parabéns pelo site! Te acompanho pelo Facebook e leio todos os seus posts. Estou há alguns dias lendo suas dicas e amando! Já baixei e li o e-book, mas preciso de sua ajuda. Help me, please! Rsrsrs.
Chego em Santiago dia 30 de agosto/2017 por volta das 14 horas e retorno dia 4 de setembro ( vôo de volta será as 15:30h). Nos hospedaremos no centro de Santiago.
O que me sugere de fazer no primeiro dia e ultimo dia de viagem?
Consigo fazer seu roteiro de 7 dias em 5 dias?
Estou tentando montar o roteiro de acordo com os dias da troca de guarda. Quero ir às estações de ski. Melhor ir durante a semana?
O que acha do roteiro que montei?

30/8 – Chegada. Caminhada pelo centro e arredores do hotel.
31/8 – Estações de Ski (*esse dia não tem troca de guarda)
1/9 – Centro histórico Santiago (Pala´cio La Moneda, Catedral, Museu Precolombiano, Paeo ahumada, Mercado Central)
2/9 – Vinícola, Val Paraíso e Vina del Mar
3/9 – Domingo. O que está aberto? Recomenda algum passeio com criança. tenho uma filha de 6 anos.
Dia 4/9 – Retorno. Em aberto.

Te agradeço desde já! Um grande beijo, Viviane

Reply
Rosi Guimarães 17 de agosto de 2017 - 16:11

Oi Viviane,
tem vários passeios para crianças, entre ele os MIM, que é lindo e eu adoro. Veja o post aqui: http://nosnochile.com.br/museo-interactivo-mirador-mim/
Um abraço e boa viagem!

Reply
8 Coisas que você tem que provar em Santiago do Chile 14 de maio de 2017 - 20:11

[…] consumida por turistas que por chilenos. O ponto tradicional para comer a famosa centolla é no Mercado Central, mas eu confesso que não gosto do ambiente, sem contar que a abordagem dos garçons […]

Reply
Miliane Amadei 13 de janeiro de 2017 - 14:21

Estou no Chile, em Santiago. Parabéns, Rose. Seu site é excelente e segui varias dicas, todas adorei.

Grande beijo.
Miliane (Bauru-SP)

Reply
Natal e Réveillon 2017: O que abre e o que fecha em Santiago do Chile - Nós no Chile 22 de novembro de 2016 - 08:57

[…] Mercado Central: Aberto todos os dias. […]

Reply
É Primavera. O que fazer em Santiago do Chile? - Nós no Chile 20 de outubro de 2016 - 18:13

[…] Mercado Central; […]

Reply
Meu roteiro em Santiago do Chile – Rafael Guimarães 11 de outubro de 2016 - 21:12

[…] Mercado Central – Achei bem pega turista. Tudo muito caro haha, mas tem gente que gosta… Fui só por que era relativamente perto do hostel, mas não acrescentou muita coisa no passeio. Se quiser saber mais sobre o local clique aqui […]

Reply
Sueli 11 de setembro de 2016 - 20:58

Ola..estou aqui e segui muito as suas dicas. Tks

Reply
Foi ao Chile. Conte pra gente: Viagem da Caroline, do Raphael e do pequeno Bernardo 8 de julho de 2016 - 15:12

[…] não, um centro bem centro como em todas as cidades! Aí tínhamos a maior expectativa quanto ao Mercado Central e novamente foi frustrado, meu marido não gostou do cheiro já na entrada e falou para irmos, eu […]

Reply
Claudia 28 de junho de 2016 - 08:10

Estou adorando o blog. Estava na dúvida se iria ao Chile e ele me ajudou a decidir. Embarco em setembro e vou fazer vários passeios indicados aqui. 🙂

Reply
Rosi Guimarães 29 de junho de 2016 - 09:50

Que bom Claudia!
Seja muito bem-vinda ao Chile.
Abraço e boa viagem!

Reply
Foi ao Chile. Conte pra gente: Viagem da Nivia e do Jonas - Nós no Chile 6 de março de 2016 - 15:53

[…] clima meio nostálgico, bucólico, me senti na antiga Europa e claro ainda dar uma esticadinha no Mercado Central e almoçar as delícias que vendem por […]

Reply
Natal e Réveillon no Chile: O que abre e o que fecha - Nós no Chile 29 de novembro de 2015 - 10:53

[…] Mercado Central: Aberto todos os dias. […]

Reply
18 e 19 de setembro, Fiestas Patrias no Chile – O que abre e o que fecha - Nós no Chile 4 de setembro de 2015 - 08:10

[…] Mercado Central: aberto […]

Reply
Luciana Munarolo 30 de agosto de 2015 - 20:55

Rosi, olá!

Estarei pela primeira vez em Santiago no próximo final de semana e, pela internet, não consegui confirmar se o Mercado abre aos domingos e qual o horário. Você teria esta informação?
Desde já obrigada!

Abs,

Luciana Munarolo

Reply
Rosi Guimarães 1 de setembro de 2015 - 16:41

Oi Luciana,
Abre sim. Já acrescentei essa informacao no post!!!
Abs.

Reply
12 dicas para você viajar tranquilo para Santiago do Chile - Nós no Chile 22 de julho de 2015 - 10:22

[…] Armas, com lindos prédios históricos, à  Catedral Metropolitana de Santiago e mais a frente ao Mercado Central. Aqui no blog tem o roteiro completo, veja […]

Reply
Roteiro Santiago do Chile com pouco dinheiro - Nós no Chile 23 de junho de 2015 - 16:44

[…] Nacional e o Edifício dos Correios e na rua ao lado o Museu Precolombino. E se quer conhecer o Mercado Central, continue caminhando pelo Passeo Puente até chegar ao Mercado.  Na plaza de Armas há um ponto de […]

Reply
7 atrações imperdíveis em Santiago do Chile - Nós no Chile 18 de junho de 2015 - 07:25

[…] Tudo bem pertinho e de fácil acesso. Continue caminhando pelo Passeo Puente até chegar ao Mercado Central.  Um lugar indicado para provar a centolla – uma espécie de garanguejo gigante, prato típico […]

Reply
17 atrações gratuitas para curtir em Santiago do Chile - Nós no Chile 29 de março de 2015 - 12:26

[…] ponto turístico de Santiago, o Mercado Central é famoso por servir a Centollha (uma espécie de caranguejo gigante), mas tem que ir preparado, o […]

Reply
juliana 22 de março de 2015 - 17:53

e aonde comer a Centolla?

Reply
Rosi Guimarães 22 de março de 2015 - 18:01

Oi Juliana.
El Galeon é o mais famoso do mercado central para comer a centolla, eu é quem não gosto, acho sujo. Se você ver os comentários no TripAdvisor são variados.
Uma boa sugestão é provar a centollha no restaurante temático Ocean Pacifics, tenho o post dele aqui no blog.
Um forte abraço!

Reply
7 dicas de viagem para Santiago do Chile 10 de março de 2015 - 21:40

[…] Metropolitana de Santiag, Museu Histórico Nacional, Museu de Arte Precolombino e mais a frente ao Mercado Central. Aqui no blog tem o roteiro completo, acesse:  6 dias em Santiago – Roteiro […]

Reply
Metrô de Santiago: barato, rápido e fácil de usar - Nós no Chile 24 de fevereiro de 2015 - 11:26

[…] Mercado Central – Pegar a linha 1 – vermelha, desce na estação Los Heroes, depois troca para a linha 2 – amarela e desce na estação Puente Cal Y Canto. Saiba mais sobre o mercado, clicando aqui. […]

Reply
Roteiro para conhecer Santiago em 6 dias | Nós no Chile 20 de junho de 2014 - 14:03

[…] caminhando pelo Passeo Puente até chegar ao Mercado Central. Um bom lugar para comer pratos preparados com a centolla – uma espécie de garanguejo gigante, […]

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário