7 restaurantes chilenos entre os melhores do mundo e da América Latina

Restaurantes chilenos – esse é o assunto deste post.

Portanto, se  você gosta de comer bem e conhecer restaurantes premiados, não deixe de ler.

Se você tem viagem marcada para Santiago, saiba que 7 restaurantes chilenos estão entre os melhores do mundo e da América Latina, de acordo com o The World´s Best Restaurants. 

Como uma grande capital, Santiago é conhecida por sua gastronomia típica chilena, mas, também, como nos demais países da América Latina, é resultado de uma mistura de referências culturais.

Aqui você vai encontrar pratos ricos em sabor, com ingredientes frescos e sazonais.

Logo, se você está procurando por uma experiência gastronômica de alta qualidade, com certeza vai encontrar!

Restaurantes chilenos entre os melhores restaurantes do mundo 

Divulgada anualmente, a lista dos 50 melhores restaurantes do mundo, The World's 50 Best Restaurants, é elaborada a partir de uma votação de mais de mil especialistas em culinária.

Essa lista foi publicada pela primeira vez em 2002 pela revista britânica Restaurant, a principal publicação dedicada ao comércio de restaurantes do Reino Unido.

Em resumo, hoje o ranking inspira pessoas a viajar e explorar restaurantes e bares, revelando chefs promissores e tendências gastronômicas a nível mundial. 

Veja a lista completa aqui.

Boragó

Em 2023, o Chile teve um representante figurando nesta lista, o Boragó, na 29a posição.

O chef da casa, Rodolfo Guzmán, foi reconhecido como um dos mais influentes e inovadores, segundo o The Best Chef Awards 2023.

Ele segue na lista dos melhores desde 2015, isto é, quando alcançou a 42a posição; em 2019 chegou a 26a posição.

Eu conheci o restaurante recentemente e acho que é uma experiência para viver pelo menos uma vez na vida, afinal, é um restaurante para quem tem um paladar mais apurado ou está disposto a provar de tudo.

Portanto, é ideal para degustar algo bonito, bem preparado e único. 

De antemão, a experiência é interessante porque além de sair do comum, o menu é uma surpresa.

Com atendimento somente com reserva, você precisará responder um questionário e indicar se tem algum tipo de alergia, isto é, algo que você não come ou não gosta.

Além disso, a cozinha do Boragó é baseada na cultura Mapuche com ingredientes nativos, logo, utiliza plantas, flores e fungos que crescem de maneira mais natural possível.

Além do mais, a equipe tem uma área de experimentos para testar os ingredientes que vêm de todas as regiões do Chile através de 200 pequenos produtos escolhidos a dedo. 

Já o menu degustação é composto por 18 pratos e você pode escolher harmonizar com vinhos ou sucos.

A água que o Boragó serve vem da chuva da Patagônia e os vinhos são de pequenas produções e foco em projetos familiares.

Ademais, a apresentação também é única, logo, sempre que chega um prato à mesa, o chef explica a origem do prato e a forma de comer.

Por fim, muitos dos pratos que experimentamos comemos com a mão. Diferente, né?

Endereço

Av. San José María Escrivá de Balaguer, 5970, Vitacura.

Veja aqui o Instagram do Boragó.

Leia o post completo sobre o Boragó, aqui.

Restaurantes chilenos eleitos os melhores restaurantes da América Latina

Outro ranking interessante publicado pela Restaurant é dos 50 melhores restaurantes da América Latina (Latin America’s 50 Best Restaurants).

Pelo segundo ano consecutivo, a organização alargou a lista, que se estende aos 100 melhores restaurantes da Região.

Veja a lista completa aqui.

Na América Latina, 6 restaurantes foram considerados, além do Boragó, que ocupa a 9a posição:

67a posição – La Calma by Fredes

Restaurante chileno que passou por uma reformulação em 2022, com cozinha comandada por Ignacio Ovalle.

Na carta, tudo de melhor do mar mar chileno: machas e locos (vieiras), ostras, polvos, ouriços-do-mar e cortes de peixe crus ao estilo sashimi, como o de atum e de corvina. 

Endereço: Nueva Costanera 3832, Vitacura. 

Veja aqui o Instagram do La Calma.

68a posição – Olam

A princípio, a cozinha de Sérgio Barroso, premiado chef espanhol, é famosa pela proposta de alta gastronomia focada em peixes e frutos do mar, com pratos para compartilhar.

Entre os destaques estão o peixe bonito e o misô tartare, com atum e arroz temperado frio com óleo de gengibre e molho ponzu.

Endereço: Carmencita, 45, Las Condes.

Veja aqui o Instagram do Olam.

 

70a posição – Pulpería Santa Elvira 

Localizado em uma casa histórica, o Pulpería Santa Elvira é comandado pelo chef Javier Avilés Lira, que acumula 14 anos em restaurantes de Buenos Aires.

Resumindo, o diferencial é uma tábua sazonal, ou seja, quatro opções de entradas, quatro fundos e duas sobremesas.

Por último os ingredientes escolhidos são de produtores de todo o Chile.

Endereço:  Sta. Elvira, 475, Santiago.

Veja aqui o Instagram da Pulpería.

79a posição – Demencia

Já o Demencia é um gastrobar assinado por Benjamín Nast, chef já conhecido dos chilenos pelo premiado restaurante Depatio.

No mais, vale ressaltar que o destaque para o ambiente circense e pratos como o Bacon e Merken, que são sanduíches  de bacon, chucrute e maionese de merken. 

Endereço: Av. Vitacura, 3520, Vitacura.

Veja aqui o Instagram do Demencia.

87a posição – Yum Cha

Com apenas 5 mesas, o Yum Cha tem uma proposta inspirada na China com produtos típicos chilenos, entre eles peixes, mariscos e vegetais.

A cozinha do chef Nicolás Tapia conta com esses produtos e os pratos são harmonizados com chás do mundo. 

A inspiração veio depois que o chef passou um período na China e percebeu a importância dos chás para os chineses e quis trazer isso para o Chile, já que é um país que consome muito chá, ou té, como dizem por aqui.

Já o menu  conta com 10 pratos e você tem três opções: harmonizar os 10 pratos com chás do mundo, harmonizar 5 pratos com vinhos chilenos e 5 pratos com chás do mundo ou, ainda,  todos os pratos com vinhos chilenos.

Enfim, a experiência me surpreendeu muito positivamente, pois são pratos na medida certa. Aliá, eu gostei tanto que não deixei sobrar.

Meus pratos preferidos foram a palometa (uma espécie de peixe) que eu não conhecia, mas estava incrivelmente fresca, ainda mais com o caldo e o crocante por cima, que ganhou meu coração.

Por fim, a harmonização com o Chardonnay do valle del Huasco também deu muito certo. 

Endereço: La Herradura, 2722, Providencia.

Veja aqui o Instagram do Yum Cha.

Leia o post completo, aqui.

91a posição – Ambrosía

Comandado pela Chef Carolina Bazán, que levou o prêmio “Best Female chef 2019”, o Ambrosia é um dos restaurantes chilenos que tem no cardápio opções de carnes, peixes e massa.

Eu, inclusive,  já conheci o Ambrosia Bistró, uma versão feita para atrair um público mais descolado e que por isso tem o slogan “más despeinada, más callejera; igual de rica!”. 

Endereço: Pamplona, 78, Vitacura.

E então gostou de conhecer os restaurantes chilenos classificados como os melhores do mundo?

Não deixe de seguir o @nosnochile para conferir outras dicas.

Veja aqui o Instagram do Ambrosía.

Leia o post completo, aqui.

Aproveite para conhecer o guia completo de restaurantes que eu recomendo em Santiago e região.

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao comentar você concorda com nossa Política de Privacidade