Como é viajar de carro pelas estradas do Chile?

Moramos no Chile há 8 anos e sempre gostamos de sair de Santiago de carro para desbravar as estradas do Chile e conhecer outras cidades.

Já viajamos de carro para Pucón, no Sul do Chile,  também para Valdivia.

No final de janeiro começou a nossa próxima expedição para o Sul do Chile: Pucón, Puerto Montt, Puerto Varas, Frutillar, Chiloé… E chegamos até Bariloche.

Siga o Instagram do @blognocnochile e fique por dentro de dicas diárias e os melhores Stories sobre o Chile.

Como é viajar de carro pelas estradas do Chile?

Nos finais de semana, sempre escolhemos cidades mais próximas e que dê para fazer um bate e volta.

Valparaíso e Viña del Mar estão a cerca de 1h30 de Santiago, numa estrada bem tranquila e sinalizada.

Você ainda tem a vantagem de poder parar numa das vinícolas do Valle de Casablanca, que fica no caminho.

Lembrando que o motorista não pode degustar os vinhos, apenas visitar as vinícolas. Aqui, como no Brasil, é tolerância zero com relação ingestão de bebida alcoólica e direção.

No verão, gostamos de fugir de Santiago para conhecer praias chilenas, já que em menos de 2 horas é possível dar um mergulho no Oceano Pacífico. 

As estradas são bem sinalizadas, sem muitas curvas. A velocidade, na maior parte dos trechos, é de 120 km/h. É importante respeitar o limite. Aqui não tem radares fixos nas estradas, mas você pode encontrar um carabineiro  (policial) com um radar de mão medindo a velocidade.

As carreteras no Chile são privatizadas e cobram pedágio que variam entre $ 1.500 ( R$8,90) e $ 3.800 (R$23,00). Para Valparaíso e Viña del Mar, por exemplo, são 2 pedágios de $ 2.800 cada um.

A internet funciona bem fora de Santiago, até mesmo nas estradas. Então, se a sua ideia é se guiar por Waze ou Google Maps, é bem tranquilo.

 (As estradas também são bem seguras e você pode viajar curtindo a paisagem da Cordilheira dos Andes.

Vale a pena alugar carro no Chile?

Como eu já falei, alugar carro é uma boa opção para quem quer fazer bate e volta dentro do Chile com flexibilidade. De carro você controla o seu tempo e escolhe aonde quer ir e define suas paradas.

Os melhores lugares de parada são os postos de gasolina Copec. Possuem banheiros limpos e muitas opções de lanches. É o local onde a maioria dos chilenos escolhem parar. É comum o chileno sair de casa sem comer nada e parar num posto copec para tomar café ou almoçar.  Geralmente, tem promoção para um café da manhã com torradas, ovos mexidos e por um valor único.  Na hora do almoço, oferecem comidas, sanduíches e o famoso completo (cachorro quente com abacate), muito consumido pelos chilenos.

O combustível mais utilizado no Chile é a gasolina. Aqui não existe etanol, mas tem muitos carros a diesel. O valor do litro da gasolina varia entre $ 1.000 (R$6.00) e $ 1.200 (R$7,00) .

Existem 3 tipos de gasolina:  93, 95 e 97. A diferença é a qualidade. É como se fosse a gasolina aditivada do Brasil. A 93 é a mais barata e é a que sempre usamos no nosso carro.


Como turista, a carteira de habilitação brasileira é válida aqui no Chile por 3 meses.

Para alugar carro, é necessário apenas a identidade (ou passaporte) e habilitação brasileira.

De acordo coma a Lei Chilena Nº 20.046, é permitido o turista dirigir no Chile com habilitação do Brasil. Confira parte da lei: “Los nacionales de otros países, que permanezcan en calidad de turistas en Chile, podrán conducir un vehículo motorizado durante el plazo de la respectiva autorización de turismo, portando la licencia vigente de conductor, otorgada según las leyes de su país, que sea equivalente a la Licencia No Profesional Clase B contemplada en el artículo 12. En uso de sus atribuciones el tribunal competente podrá exigir la presentación de una traducción oficial de la licencia del extranjero.”.

Você pode dirigir usando a sua carteira por 90 dias, período que o turista é autorizado a permanecer no país. Junto com sua carteira você deverá estar portando a identidade ou passaporte.

Cuidados importantes ao viajar com carro alugado aqui no Chile:

  • Só pare o carro em estacionamentos regularizados;
  • Evite deixar coisas de valor dentro do carro, como mochila, câmeras fotográficas ou documentos;
  • Respeite os limites de velocidade das estradas chilenas;
  • Use o aplicativo Waze para se locomover com segurança, sem riscos de errar.

Infelizmente tem acontecido um golpe nas cidades de Valparaíso e Viña del Mar. Furam o pneu do carro e aproximam 2 ou 3 homens oferecendo ajuda. Enquanto um ajuda os outros dois aproveitam para te distrair e furtar as mochilas, bolsas e carteiras deixadas dentro do carro.

Outra coisa que você vai observar nas estradas chilenas são os modelos dos carros, grande quantidade de modelos do tipo SUV, como Nissan, Toyota, Mazda, Porsche e BMW são fáceis de serem visto nas estradas. Como aqui não existe nenhuma fábrica de carro o país facilita e importação e tem melhores preços, comprar carro aqui não é tão caro como no Brasil e voce pode comprar usando cartão de crédito.

Como é viajar de carro pelas estradas do Chile?

Como eu disse no início do texto é muito fácil desbravar as estradas chilenas. Se o seu perfil é de quem gosta de “pegar estrada”, vale a pena!

Faça já uma cotação e veja como é barato alugar um carro no Chile:

Para quem prefere fazer passeios com agencias, temos ótimas parcerias no blog. Clique aqui para fazer um orçamento.

Veja nosso vídeo de como dirigir no Chile

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ao comentar você concorda com nossa Política de Privacidade

Comentários