Furadas no Chile: lugares que parecem legais em Santiago, mas não são!

Furadas no Chile?

Sim! Infelizmente temos!

Meu texto de hoje é para te contar sobre lugares e passeios que parecem legais – e que as fotos no Instagram são lindas –  mas que, na minha opinião, são furadas

Calma, pois eu vou explicar o porque eu considero que não valem a pena.

Moro no Chile há 9 anos e vejo muita gente “vendendo” esses lugares como se fossem incríveis, mas a história não é bem assim.

Se você tiver vontade de conhecer, fique à vontade, pois é claro que a minha opinião pode não ser a mesma que a sua!

 
Termas de Colina

São 8 piscinas naturais ao ar livre com a temperatura variando entre 24 e 55oC  graus.

As águas são mineralizadas, provenientes do vulcão San José, localizado na região de Cajón del Maipo, e prometem relaxamento e alívio de dores no corpo. 

No inverno o acesso é difícil devido à quantidade de neve acumulada no caminho – só é possível chegar em carros 4×4.

No verão é furada porque faz um calorão e você quase não suporta a água quente.

Sem contar que o local fica lotado entre dezembro e fevereiro. 

Outro detalhe é que a estrutura do lugar deixa a desejar, afinal o banheiro é bem precário.

Então, se estiver buscando conforto, esse passeio não é pra você. 

Agora, se mesmo assim você quiser fazer esse passeio, eu recomendo levar algum lanche, água também é imprescindível, roupa de banho, toalha e chinelos.

E o mais importante: vá com uma boa agência que chegue cedo no local e nem pense em fazer Embalse + Termas de Colina no mesmo dia, pois isso sim é furada total!

Faça orçamento com as nossas agencias parceiras.

Indo com uma boa agência a chance de você curtir o lugar é maior!

Leia aqui o meu texto das Termas de Colina no inverno

Outra opção de passeio para termas: Termas del Plomo

Furadas no Chile: bairro Paris-Londres

Esse está no roteiro de muitos turistas que vem ao Chile pela primeira vez, mas sinceramente, não vejo nada demais.

Paris-Londres não passa de duas ruas, localizadas na região central de Santiago, com construções no estilo das cidades da Europa. 

Mas Rosi, por que é furada? Infelizmente tem sido comum o roubo de celulares por lá.

Você tá lá feliz da vida fazendo uma foto e de repente passa um sujeito numa moto (geralmente essas de entrega de comida) ou bicicleta, avança no seu celular e leva embora.

Então não acho que vale correr o risco.

Se quer muito visitar, eu recomendo fazer um tour guiado – https://www.santiagoturismo.cl/events/tour-barrio-paris-londres/.

Até mesmo para conhecer a história e visitar o “Londres 38 Espacio de Memórias”.

Londres foi um centro de repressão no período da Ditadura no Chile e hoje é um espaço de memória aberto ao público, se você tem interesse nesse assunto vale a visita, aproveito para recomendar o Museu da Memória e Direitos Humanos que retrata o período da Ditadura no Chile.

Viajar sem um Seguro Viagem também não é nada legal.

Com menos de R$100,00 você compra um seguro e viaja sem preocupações .

Clica aqui para garantir o seu desconto!

 

Restaurante Giratório

Esse é polêmico e muita gente vai querer brigar comigo, mas eu, Rosi Guimarães, não gosto do Giratório.

Acho muito turistão e caro para o que oferece. Ai você vai me dizer: Ah Rosi, eu fui e amei!

Mas eu conheço muitos outros restaurantes e sei que tem outras opções melhores nesse nível de preço e que valem muito mais a pena! 

Vou te dar um exemplo. No Giratório, o prato de camarão andino custa $17.800 e com esse valor você pode comer em restaurantes tipo Don Doh, Panchita ou La Dicha, eu falo desses restaurantes requintados aqui. 

Ahh! Mas o Giratório gira, sim, mas realmente não vejo nada demais nisso!

 

Mais uma furada no Chile: visitar a cidade de Valparaíso sem guia

Sei que muitos brasileiros que foram visitar Valparaíso não gostaram da cidade. Eu gosto, mas sei também que não é uma cidade fácil de se gostar.

E se você vai sem guia ou com um guia ruim, que também não gosta da cidade, nesse caso a furada é certeira. 

Valparaíso tem seus encantos, mas você precisa estar com um bom roteiro para te mostrar o lado cultural de Valpo (carinhosamente assim chamada pelos chilenos). Se for de carro alugado o risco é maior, pois é comum o arrombamento ou quebrar o vidro para roubar o que tiver dentro.  Leia sobre os cuidados no Chile aqui.

Boêmia e colorida, Valparaíso nos convida a percorrer seus morros (chamados aqui de cerros) para apreciar as várias pinturas e grafites espalhados por toda a cidade.

Em outras palavras, é um verdadeiro museu a céu aberto. Afinal, por onde se anda, são cores, formas, traços que estão ali querendo nos dizer algo.

Mas também tenho que ser sincera e dizer a verdade: a cidade está bastante suja e com um aspecto abandonado. Existem muitos cachorros abandonados em Valparaíso, portanto, há muita sujeira pelas ruas. Além disso, o cheiro de xixi também é forte em alguns locais.

Talvez esse seja o motivo que leva muitos brasileiros a não gostarem da cidade, mas ainda assim, eu gosto!

Leia mais sobre Valparaíso aqui.

 

Mercado Central de Santiago

Infelizmente visitar o Mercado de Santiago já não vale mais a pena, na minha opinião.

Isso porque eu não gosto do assédio dos garçons insistindo para comer nesse ou naquele restaurante.

O cheiro de peixes é forte, isso até que não me incomoda muito, mas sei que quem não gosta, acaba sendo um problema. 

Enfim, é furada porque a região também já não é tão segura como antes. Tenho recebido vários relatos de furtos e roubos de turistas nesse local, inclusive correntinhas de ouro.

Então, se ainda assim você fizer questão de conhecer o mercado, evite ir usando correntinhas de ouro e fique atento aos celulares, carteiras e mochilas.

Mas Rosi, eu quero comer a centolla, onde é o melhor lugar? 

Veja nesse texto aqui os lugares para comer a centolla. 

 

Boates do bairro Bellavista 

Bellavista é uma região bem badalada de Santiago, ali por perto estão o Pátio Bellavista, muitos bares, restaurantes e boates.

Essa região foi muito afetada pela onda de protestos que dominou o Chile nos anos de 2019 e 2020, pela proximidade da Plaza Itália, que foi o local dos protestos.

Logo depois ainda veio a pandemia, então muitos bares e restaurantes da Patio Bellavista acabaram fechando. 

Hoje o local já está sendo recuperado, mas ainda sim considero perigoso frequentar essa região na madrugada, que é o horário de funcionamento das boates.

Patio Bellavista é mais tranquilo, só recomendo não pegar táxi que ficam parados na porta, prefiram pedir Uber.

Bem, se ainda assim você quiser curtir uma balada em Bellavista, existem opções de visitar três boates acompanhados com um guia, então é mais tranquilo.

Eu prefiro recomendar a região de Las Condes e Vitacura, que são bairros mais seguros, sugiro o Club Amanda ou Sala Gente.

 

Visitar Embalse El Yeso de carro alugado é furada na certa!

Além de ser furada ir de carro alugado, é perigoso, pois a estrada de acesso ao Embalse é de terra, estreita e de mão única.

Se de um lado da estrada está a cordilheira, do outro está a lagoa Embalse el Yeso.

Então quem não tem habilidade no volante pode passar sufoco nessa estrada. O local tem pouca sinalização e não tem sinal de internet. 

Além do mais, é um local onde deslizamentos de pedras são comuns, então não pode estacionar em qualquer lugar. Portanto, prefira contratar um boa agência para evitar perrengues nesse passeio.

Os motoristas das agências estão acostumados a dirigir nessa estrada todos os dias. Prefira ir com uma boa agência e curta o seu passeio com segurança.

Veja aqui as nossas agências parceiras

Vídeo que eu mostro os perigos das estradas.

Aqui eu falo porque não recomendo visitar o local no inverno.

Os melhores e mais baratos Seguros Viagens para o Chile!

Perrengues no Chile: 8 cuidados importantes!

Perdi meus documentos no Chile. O que fazer?

Agora me conta a sua experiência, você foi em algum desse lugares e concorda comigo ou discorda? Ou colocaria mais algum nessa lista?

Veja nosso vídeo com mais furadas no Chile!

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao comentar você concorda com nossa Política de Privacidade

Comentários

  1. Chegarei no aeroporto de Santiago em 18/06, 23:30h. A intensão seria alugar um carro e ir direto para Valparaíso.
    Vc acha perigoso devido ao horário e tb por ser inverno?
    Obrigada!

    1. Oi Tani,
      Sinceramente eu acho perigoso chegar em Valparaíso tarde assim, ainda mais com carro alugado.
      Você já tem hotel lá? Eles tem estacionamento?
      Importante ver essa questão , pois não recomendo deixar o carro na rua.
      Um abraço !

    1. Eu não concordo que Santiago seja furada, o que pode ter faltado foi um bom planejamento e contratar boas agências para os passeios.
      Talvez também não tenha acertado na escolha do bairro para hospedagem.
      Tem lugares que sao incríveis na cidade e ao redor dela, então falar que toda a cidade é furada eu não estou de acordo!
      Um abraço !

  2. Rosi, vivi em Santiago por 1 ano. Concordo 100% com vc sobre os lugares que são “furadas” aí em Santiago e arredores.
    Parabéns pela sua página e todo o seu trabalho, que é de utilidade pública.

  3. Fui a Valparaíso em 2019 com uma amiga e lembro que optamos de chegar lá de ônibus e fazer um tour pela “Walking Free Tour” : são guias locais que te levam aos lugares turísticos sempre explicando a história do local, com duração de duas horas e meia com opção do idioma (espanhol ou inglês) e no fim você paga que acha justo do serviço prestado. Foi um grande acerto que fizemos pois saímos de lá amando a cidade!

    1. Oi Thaís, boa tarde!
      eu também fiz esse Walking tour e gostei muito!
      Vale super a pena para conhecer a história e segredos da cidade.
      Quem vai sem um guia realmente é difícil gostar de Valparaíso !
      Um abraço !