Undurraga, uma das vinícolas mais visitadas por turistas brasileiros no Chile

por Rosi Guimarães

Essa foi minha segunda visita a  vinícola Undurraga. Estive com a família em 2014 e voltei agora para atualizar o post, já que ela é uma das vinícolas mais visitadas no Chile junto com a Santa Rita e a Concha y Toro, esta última a maior do Chile e primeiro lugar em número de visitas. As três estão entre as mais conhecidas pelos brasileiros e são de fácil acesso para quem visita Santiago.

Undurraga

Além delas, tem também as vinícolas Cousiño Macul, Santa Carolina e Aquitania que são super fáceis de chegar por conta própria (clique sobre cada uma para ler o post com as dicas). Ou ainda as consideradas vinícolas-boutiques, como a El Principal e a Pérez Cruz, também no Valle de Maipo. Como eu sempre digo: só não vale ir embora do Chile sem conhecer pelo menos um vinícola.

Como é o tour na Vinícola Undurraga

A Undurraga fica na cidade de Talagante, a 34 km de Santiago. Na nossa primeira visita, utilizamos transporte público, é muito fácil e barato. Dessa vez, fui com agência, uma boa opção para quem busca comodidade e oportunidade de conhecer outra vinícola ou fazer outro passeio no mesmo dia.

O tour dura cerca de 1h15 e começa pelo jardim. Como era primavera, estava tudo florido. Caminhamos até o vinhedo onde o guia explicou sobre o solo e as variedades de uva plantadas. Mais adiante, ele mostrou a diferença entre as folhas das uvas e nos mostrou a calicata, um corte do terreno para analisar os tipos de minerais que ele contém.

Dali passamos para a adega, onde foi explicado o processo de produção do vinho, tempo de guarda e os tipos de barricas.

A vinícola também possui um pequeno museu chamado GENTE de la TIERRA, com uma coleção de peças Mapuche e Andina.  Se quiser conhecer mais sobre estas culturas que habitaram o território chileno, veja este post  sobre o Museu Chileno de Arte Precolombino.

A melhor parte do tour: a degustação

Degustamos um Sauvignon Blanc 2016, um Carménère Gran Reserva 2017, um Cabernet Sauvignon Founders Collection 2015 e, para finalizar, um Late Haverst 2017. Ao final da degustação, você pode levar a taça para casa.

Há uma loja de vinhos e espumantes com preços bem atrativos e variedades.

Eu fiz o Tour Sibaris que custa $ 14.000. Os outros tours e valores podem ser consultados nesse link. 

A vinícola possui também uma sala de aromas que pode ser visitada pagando mais $ 2.000 pesos. Eu não a visitei.

Atenção:

Para quem vai por conta, não há restaurante e nem local para um pequeno lanche na vinícola. Então, vá de barriguinha cheia ou leve seu próprio lanche.

Como chegar por conta na Vinícola Undurraga?

Transporte público: Pegamos o metrô (linha 1 – vermelha) até a Estação Central. Ao desembarcar, fomos até o terminal de ônibus San Borja, passamos por dentro do shopping que fica ao lado da estação e, ao fundo, subimos pela esteira rolante até o 2º andar. Não é difícil, há placas indicando o local.

Saiba tudo sobre o metrô clicando aqui.

Chegando lá, procuramos pela linha Talagante, (próximo à plataforma 75), a empresa de ônibus que leva até a Undurraga. O bilhete de ônibus é comprado diretamente com o motorista pelo valor de $ 1.000, cerca de R$ 5,00.  O percurso até a vinícola dura entre 30 e 40 minutos. Avisando ao motorista que quer descer na Undurraga, ele para bem em frente.

Prefere contratar agência?

Para quem prefere contratar uma agência, eu fiz o tour com a Sousas Tour que tem um programa de dia completo com Isla Negra pela manhã e Undurraga pela tarde. A Sousas é uma das parceiras do Nós no Chile e você pode fazer o orçamento clicando aqui.

 

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

 

Posts Relacionados

84 comentários

Renata 12 de agosto de 2019 - 16:41

Oi Rosi, estou amando suas dicas e usando para montar meu roteiro. Passaremos 10 dias no Chile em outubro, e estou justamente pesquisando quais viniculas visitar. Você foi a tantas, e seus relatos são ótimos, mas confesso que estou surpresa de não ter visto um post seu listando um TOP 5, ou algo do tipo. Aproveito para te perguntar e para deixar essa ideia como sugestão. 😉

Reply
Rosi Guimarães 13 de agosto de 2019 - 14:19

Oi Renata,
Obrigada pela sugestão, realmente não tem um TOP 5. Acredito que preciso fazer um TOP 5 das minhas preferidas e um TOP 5 das mais visitadas por brasileiros. Já coloquei na minha listinha de pautas.
Obrigada

Reply
Fred 1 de agosto de 2019 - 16:33

Oi Rosi, adorei o seu blog e tenho interesse em falar com você sobre uma parceria! Seria possível?

Reply
Rosi Guimarães 4 de agosto de 2019 - 20:10

Oi Fred,
Meu email [email protected]
Um abraço!

Reply
Daniel Soares 23 de julho de 2019 - 14:29

Olá Rosi,
Estou me programando para janeiro e tenho algumas dúvidas:
Qual seria a mais fácil de todas as vinícolas para chegar de transporte público?
Eu pensei em fazer a Undurraga pois queria aproveitar e passar em Pomaire. Como faria para chegar lá após o tour na vinícola?
As visitas nas vinícolas possuem horário determinado?

Reply
Rosi Guimarães 24 de julho de 2019 - 10:57

Oi Daniel,
A mais fácil de chegar por conta é a Santa Carolina. Undurraga e Pomaire as agencias oferecem esse tour, pois fica mais complicado ir por conta https://nosnochile.com.br/parceiros/. Sim, as vinícolas tem horário determinados de tours e é necessário reservar através do site.
Um abraço e boa viagem!

Reply
Leonardo Carvalho Pereira 19 de julho de 2019 - 20:38

Estou amando as suas dicas! gostaria de tirar uma dúvida. Você falou que na ida a vinícola Undurrada, o motorista do ônibus deixa em frente. E no retorno para a estação central, como faço?

Reply
Rosi Guimarães 22 de julho de 2019 - 16:28

Oi Leonardo,
no mesmo lugar ´so que do outro lado da rua.
Um abraço!

Reply
Erica Mendes 16 de junho de 2019 - 12:56

Oi Rosi! fizemos o cartão BTC para obter o desconto na Undurraga, enviamos o email para a vinícola mais ainda não nos confirmaram nada, vc sabe se é assim mesmo? como fazemos o pagamento nesse caso? Obrigada.

Reply
Rosi Guimarães 17 de junho de 2019 - 09:44

Oi Erica,
Quando você mandou o email? Mandou nesse email? [email protected]. Ele deveriam responder confirmando o seu tour. Tenta mandar de novo. O Pagamento é no dia do tour, é so apresentar o seu cartão junto ao documento de identidade na vinícola.
Um abraço!

Reply
Ailton 12 de junho de 2019 - 11:43

Oiii Rosi, qual vinicola vc indicaria Concha y Toro, Santa Rita ou Undurraga ? obs. Não entendo nada de vinho, gostaria de ir na mais bonita hahaha

Reply
Rosi Guimarães 12 de junho de 2019 - 11:59

Ailton,
A Undurraga é bem bonita, mas a concha y Toro é mais fácil de chegar, caso você vá por conta.
Um abraço!

Reply
Liliane Justino 29 de maio de 2019 - 18:45

Rosi, mes que vem estarei novamente por ai, consigo fazer essas 3 visitas em 1 dias ? Santa Rita, Undurraga, Cousiño Macul. Senão, quais dessas duas acha que devo ir em um dia ?

Reply
Rosi Guimarães 4 de junho de 2019 - 11:14

Oi Liliane,
Por conta acho bem corrido. Ficaria com Santa Rita e Cousiño Macul.
Um abraço!

Reply
Marinalva Veloso 31 de março de 2019 - 01:11

Gostei muito das orientações e dicas para esta minha primeira viagem ao Chile. Vou recomendar às oito amigas que irão comigo. Obrigada!

Reply
Rosi Guimarães 1 de abril de 2019 - 07:43

Oi Marinalva,
Muito obrigada! O blog tem muitas informações importante e vai ajudar muito na viagem de vocês.
Um abraço!

Reply
Emanuelle Costa 21 de março de 2019 - 13:03

Olá Rosi! Honestamente, qual vinícola vale mais a pena conhecer: Concha y Toro ou Undarraga? Quero ir no mesmo dia pra Santa Rita e uma dessas duas…mas estou na dúvida :/
Agradeço se puder me ajudar.

Reply
Rosi Guimarães 22 de março de 2019 - 08:46

Oi Emanuelle,
eu escolheria Undurraga, muito preferem a concha y toro por ser mais famosa e a maior do Chile, mas a Undurraga é mais bonita na minha opinião.
Boa viagem!

Reply
caroline munaretto 10 de fevereiro de 2019 - 17:40

olá Rosi! Estarei em Santiago em agosto e vamos alugar um carro. estou pensando em fazer vina del mar e valparaiso e na volta visitar undurraga. você acha que é possível?

Reply
Rosi Guimarães 11 de fevereiro de 2019 - 10:44

Oi Carolina,
Acho que nao dá tempo, ficaria muito corrido. O ultimo tour na Undurraga deve ser por votal das 16hs. E voce nao conhece nada direito.
Leu esse meu post: https://nosnochile.com.br/atencao-5-golpes-comuns-em-santiago-do-chile/
boa viagem!

Reply
Marcelo Inhuma 26 de dezembro de 2018 - 10:37

Olá Rosi, muito eficiente suas dicas, Parabéns !

estou querendo fazer a vinícola Concha y Toro e Undurraga no mesmo dia, tem como? qual a melhor maneira e como se locomover de uma pra outra.

Reply
Rosi Guimarães 28 de dezembro de 2018 - 13:36

Oi Marcelo,
Dá sim, o melhor é você agendar o primeiro horário em uma vinícola e o ultima na outra e seguir as dicas de como chegar por conta que estao nos posts.
Boa viagem!

Reply
AdrianoTavares 14 de outubro de 2018 - 10:11

Olá Rose,estou indo pela primeira vez à Santiago. Gostaria de uma opinião sua a respeito da visita à Vinícola Undurraga. Este passeio consigo conciliar com o passeio ao Cajon Del Maipo?

Reply
Rosi Guimarães 17 de outubro de 2018 - 15:24

Oi Adriano,
Cajon del Maipo é passeio de dia completo, sai de Santiago por volta de 8 da manha e volta 16 horas.
Abraca!

Reply
Mayara 10 de julho de 2018 - 14:11

Rosi, boa tarde!
Adoro seu blog e já anotei diversas dicas!!
Iremos para Santiago mês que vem e gostaríamos de fazer Concha y Toro e Undagarra por conta. Você sabe me informar se o deslocamento entre as vinícolas é fácil? Consigo fazer de UBER? Pesquisei e vi que não há transporte público para esse percurso.

Beijinhos,
Mayara

Reply
Karina 27 de junho de 2018 - 18:14

Oi Rose,
E como fazer para voltar? Os ônibus passam no mesmo lugar, com recorrência?!
Muito obrigada!

Reply
Cassio 5 de junho de 2018 - 22:34

Olá Rosi, muito eficiente suas dicas, Parabéns !

estou querendo fazer a vinícola Concha y Toro e Undurraga no mesmo dia, tem como? qual a melhor maneira e como se locomover de uma pra outra.

Reply
Nadia Reis 27 de maio de 2018 - 15:09

Oi Rosi, boa tarde! Estarei em Santiago com meu esposo na ultima semana de junho e tenho lido muito seu blog que está sendo ótimo para montarmos nosso roteiro. Vi que você fez a Undurraga com transporte público. Sabe me informar como consigo fazer a Terramater também no mesmo dia e depois como volto para Santiago. Obrigada!

Reply
Marcelo Shigeoka 11 de maio de 2018 - 07:31

Oi Rosi,

Estou gostando muito de ler seu blog e tem muitas dicas úteis. Estarei indo para Santiago em Agosto desse ano e gostaria de saber se vale a pena conhecer as vinículas no inverno.
Também quero dedicar um dia da minha estadia no chile para visitar algumas vinículas. Quais suas indicações de vinículas para se visitar em um dia?
Obrigado e parabéns pelo ótimo trabalho que tem realizado. Abraços.

Reply
Filipe Pedra 29 de abril de 2018 - 12:22

Seu blog é imperdível. E amo seu Instagram.
Vou ao Chile em setembro e estou baseando todo meu roteiro nas suas dicas. Obrigado pelas dicas!
Estou querendo conhecer Santa Rita e Undurraga. Acha que é possível conhecer as duas no mesmo dia ?
Abraço.

Reply
Rosi Guimarães 1 de maio de 2018 - 16:11

Oi Filipe,
Dá sim, a dica é marcar o primeiro horário de uma e o último tour na outra.
Abraço!

Reply
Rui Alexandre Figueira 6 de abril de 2018 - 17:25

Rosi, seu blog é muito útil e após ler suas informações e dicas decidi visitar a Vinícola Undurraga, que realmente vale a pena. Tanto as paisagens, quanto os vinhos são muito bons. Sem falar no guia, sr Germano, que foi uma atração à parte! O valor da visita atualmente está em US$ 20,00 ou 12000 clp.

Reply
Rosi Guimarães 8 de abril de 2018 - 21:35

Oi Rui,
que bom que deu tudo certo!
Um abraço e obrigada pelas informações.

Reply
18 e 19 de setembro, Fiestas Patrias no Chile - O que abre e o que fecha 10 de setembro de 2017 - 22:26

[…] Undurraga:  Aberta  18 e  19, com três tours diários: 10:15, 12:00 e 15:50. Fazer as reservas com antecedência , já que as vagas são limitadas.  Para reservar:  reserva a [email protected] […]

Reply
Breno Souza 29 de agosto de 2017 - 09:27

Bom dia Rosi!!!

Estamos pensando em ver a troca de guardas no dia 07/09 e depois ir para Vinícula Udurraga. Você acha que é possível por conta dos horários?

Abraços,

Breno Souza

Reply
Breno Souza 29 de agosto de 2017 - 09:29

Vinícola*

Reply
5 vinícolas pertinho de Santiago para visitar por conta 26 de junho de 2017 - 16:42

[…] Veja o post completo aqui. […]

Reply
Juliana Soares 21 de junho de 2017 - 12:44

Tenho uma dúvida em relação ao ônibus no Terminal San Borja. Eu pago a passagem diretamente ao motorista ou preciso passar em alguma guichê antes? Você tem informação de horário de saída dos ônibus? Não encontro no site do Terminal San Borja nenhuma informação sobre a linha Talagante. Obrigada

Reply
Rosi Guimarães 27 de junho de 2017 - 23:29

Oi Juliana,
Como explicado no post: procuramos pela linha Talagante, (próximo à plataforma 75) que é a empresa de ônibus que leva até a Undurraga. O bilhete de ônibus é comprado diretamente com o motorista pelo valor de $1.000 pesos, cerca de R$ 5,00. O percurso até a vinícola dura entre 30 e 40 minutos. Precisa avisar ao motorista que quer descer na Undurraga, que ele para bem em frente.
Os ônibus vem escrito na frente Talagante.
Abraço!

Reply
Maiara 17 de abril de 2017 - 18:33

fui em todas as vinicolas, mas a melhor foi a undurraga, melhor vinho, e explicação sobre vinhos, o guia foi muito simpático, com certeza foi o melhor passeio.

Reply
Vai viajar para o Chile? Dúvidas frequentes! 8 de março de 2017 - 13:55

[…] tem as que são próximas de Santiago e bem tradicionais, como a Concha y Toro, a Santa Rita e a Undurraga. Aí deixo esse post pra vocês: 5 vinícolas pertinho de Santiago para ir por […]

Reply
Piquenique na Vinícola Emiliana - Valle de Casablanca - Nós no Chile 27 de fevereiro de 2017 - 21:35

[…] Undurraga […]

Reply
Foi ao Chile. Conte pra gente: Viagem da família Souza 27 de fevereiro de 2017 - 15:19

[…] tarde fizemos a visita à Vinícola Undurraga. Pegamos o metrô na estação La Moneda até a estação Central. Bem ao lado, no terminal San […]

Reply
6 dicas para você economizar na sua viagem para o Chile 27 de fevereiro de 2017 - 14:29

[…] Tem também a Undurraga, com uma paisagem linda, bons vinhos e deliciosos espumantes. Vale conhecer, é um pouco mais distante e mais demorada para chegar. Veja como chegar aqui nesse post. […]

Reply
Patricia 9 de fevereiro de 2017 - 12:45

Oi Rose! Obrigada pelas dicas…estão sendo valiosas! No caso da Undurraga, como fazemos para voltar? O ônibus de volta passa em frente também?

Reply
Leticia Trevisan 12 de dezembro de 2016 - 11:42

Olá Rosi,

Tudo bem?
Vou passar o próximo Reveillon no Chile, e tenho poucos dias lá, fora que dia 01/01 quase tudo estará fechado.
Pensei em alugar um carro e fazer duas vinícolas no mesmo dia, primeiro a Concha yToro e depois a Undurraga.
Você acha que isso seria possível?
Um abraço,
Letícia

Reply
Natal e Réveillon 2017: O que abre e o que fecha em Santiago do Chile - Nós no Chile 22 de novembro de 2016 - 10:04

[…] Undurraga:  Fechada: 25 de dezembro e 1 de janeiro. Nos dias 24 e  31/12 aberta somente até 12 horas. […]

Reply
Fany Oliveira Vilela 12 de novembro de 2016 - 17:58

Eu e meu marido acabamos de chegar do Chile. Fomo a Undurraga em 10/11/2016 seguindo as dicas do site e deu tudo certo.
Pegamos o metro da linha 01 até a estação central e depois o ônibus para Talagante no Terminal San Borjas (valor 1.100 pesos chilenos por pessoa).
Esse ônibus sai de 10 em 10 minutos e é só pedir para o motorista avisar quando chega a Undurraga (para em frente mesmo).
O tour que fizemos foi 10.000 pesos por pessoa com direito a degustação de 04 vinhos (02 brancos e 02 tintos).
Sauvignon Blanc TH, Cabernet Sauvignon Sibaris, Carmenere Founder’s Collection e um colheita tardia que não lembro o nome.
Tudo perfeito!
O lugar é lindo!!!

Reply
Rosi Guimarães 17 de novembro de 2016 - 17:23

Que bom!!!!
Fico muito feliz que escrevem aqui e me dão retorno de como foram os passeios. De verdade, adooorooo!
Beijo!

Reply
danilo 20 de novembro de 2016 - 18:57

e volta? passa onibus na frente?

Reply
Daniel Silva 8 de novembro de 2016 - 10:35

Oi Rosi, bom dia, tudo bom? Estou pensando em fazer uma adaptação. Primeiro ir para Isla negra de manhã, ver a casa de neruda, e, depois, visitar a vinicola indo de transporte público. Acha possível de ser feito? Neste caso, poderia me aconselhar com relação ao transporte público?

Reply
Viña Undurranga - conhecendo um pouco mais dos vinhos chilenos 30 de outubro de 2016 - 19:53

[…] à mais ou menos 40km de Santiago, na cidade de Talagante. Fomos por conta, vimos um post do Nos no Chile explicando como chegar e não teve […]

Reply
É Primavera. O que fazer em Santiago do Chile? - Nós no Chile 20 de outubro de 2016 - 18:21

[…] y Toro, que é a que todos os brasileiros querem conhecer. Mas tem outras, como a Santa Rita, a Undurraga, a Cousiño Macul, a Santa Carolina, todas pertinho de […]

Reply
18 e 19 de setembro de 2016: O que funciona no Chile? - Nós no Chile 12 de setembro de 2016 - 08:11

[…] Undurraga:  Aberta  18 e  19, fazer as reservas com antecedencia , já que as vagas são limitadas.  Para reservar:  reserva a [email protected] […]

Reply
Priscila 28 de julho de 2016 - 18:15

como chegar na casas del bosque?

Reply
Rosi Guimarães 29 de julho de 2016 - 17:00

Priscila,
Aqui no blog tem um post da Casas del Bosque e nele tem dicas de como chegar: http://nosnochile.com.br/tour-pela-vinicola-casas-del-bosque-valle-de-casablanca/
Um abraço!

Reply
Patricia 23 de julho de 2016 - 16:35

Olá! Você sabe o intervalo desse ônibus que sai do terminal San Borja?
Muito Obrigada!

Reply
Rosi Guimarães 25 de julho de 2016 - 10:46

Oi Patrícia,
sai a cada 15 minutos.
abraço!

Reply
Luciana 14 de abril de 2016 - 09:51

Qual a melhor vinícola para ir com crianças (1, 10 e 12)? Obrigada!

Reply
Rosi Guimarães 15 de abril de 2016 - 07:14

Oi Luciana,
Eu iria para Casas del Bosque ou para a Emiliana. gosto mais da Casas del Bosque porque tem restaurante e dá para passar o dia. Gostei muito também da Matetic. Vou colocar os links para você: http://nosnochile.com.br/tour-e-almoco-na-vinicola-matetic/ http://nosnochile.com.br/piquenique-na-vinicola-emiliana-valle-de-casablanca/ http://nosnochile.com.br/tour-pela-vinicola-casas-del-bosque-valle-de-casablanca/
Um abraço!

Reply
7 dias em Santiago do Chile - Roteiro Completo - Nós no Chile 23 de fevereiro de 2016 - 11:52

[…]  Concha y Toro,  e Santa Carolina – nessas é fácil chegar de metrô. As vinícolas Undurraga e Santa Rita também dá para ir utilizando transporte público. Clique sobre cada uma para ler o […]

Reply
Natal e Réveillon no Chile: O que abre e o que fecha - Nós no Chile 29 de novembro de 2015 - 10:35

[…] Undurraga:  Fechada nos dias 25 de dezembro e 1 de janeiro. Nos dias 24 e  31/12 aberta somente para o tour das 10h15. Aproveitem! […]

Reply
Darli Calazans 23 de outubro de 2015 - 15:05

Olá Rosi, acabei de chegar do Chile e segui a sua dica de como chegar a Undurraga e deu tudo certo.Gostaria de te agradecer.
Vinicula linda!!Vale a pena. bjs

Reply
Rosi Guimarães 30 de outubro de 2015 - 09:22

Oi Darli.
Que bom que deu tudo certo. Obrigada pelo retorno.
Um forte abraço!

Reply
Talita AS 29 de dezembro de 2016 - 22:18

Como faz pra voltar da vinícola pro centro?

Reply
18 e 19 de setembro, Fiestas Patrias no Chile – O que abre e o que fecha - Nós no Chile 3 de setembro de 2015 - 11:28

[…] Undurraga: aberta – Fazer reserva antes no site. Tours com seguintes horários: 10:15 12:00 e 15:30. […]

Reply
Vinícola Concha Y Toro – Como ir por conta - Nós no Chile 27 de julho de 2015 - 10:25

[…] – Vinícola Undurraga […]

Reply
Camila 11 de junho de 2015 - 09:38

Adorei saber que é fácil chegar a uma vinícola por conta própria. Uma dúvida, para retornar à Santiago, onde pego o ônibus e qual o nome ou numero dele? obrigada!!

Reply
Rosi Guimarães 11 de junho de 2015 - 10:27

Oi Camila,
Foi ótima a sua pergunta, vou acrescentar essa informação no texto. Mas é só pegar o ônibus no mesmo lugar que você descer, porém do outro lado da rua – sentido Santiago e no ônibus vem escrito Santiago. Fica um senhor na portaria da vinícola e ele sabe até os horários do ônibus, qualque dúvida é só perguntar para ele.
Um abraço!

Reply
Rafael 27 de maio de 2015 - 14:49

Rosi, muito obrigado pela dica! Foi um dos melhores passeios! Lugar lindo e vinhos ótimos!

Reply
Rosi Guimarães 29 de maio de 2015 - 10:08

Oi Rafael,
Que bom que gostou! Fico feliz!!!
Um abraço!

Reply
satie 19 de março de 2015 - 16:37

Adorei conhecer a vinicola Undurraga o que contribuiu para mudar um pouco a má primeira impressão que tive de Santiago. Ir por conta própria é realmente muito fácil e nada justifica pagar o valor cobrado pela turistik. Ressalvo aprnas que todos os valores foram reajustados o que faz com que o valor final de todo o passeio fique em 12.420 pesos. Recomendou este passeio e gostaria de mais uma vez parabenizar e agradecer as dicas da Rosi sempre certeiras!!! Bjos

Reply
Rosi Guimarães 20 de março de 2015 - 09:19

Oi Satie!!!
Que bom que gostou. Fico feliz!!!
Se puder me passar os valores detalhados será ótimo, assim atualizo o post.
Um forte abraço e obrigada pelo carinho de voltar aqui no blog para contar como foi.
Valeu!!!!

Reply
cecilia 9 de março de 2015 - 22:57

Onde fica essa estação central? é de metro ou de estação de onibus?

Adorei a dica para ir ao oceanic pacific. Restaurante bem diferente e comida maravilhosa

Reply
Rosi Guimarães 10 de março de 2015 - 08:50

Oi Cecilia,

A Estação Central é de metrô, linha 1 – vermelha, sentido San Pablo. E uma estação bem movimentada, cuidado com os horários de pico.
O Ocean Pacific´s é realmente delicioso, eu adorei!!!
Abraços!!!

Reply
Metrô de Santiago: barato, rápido e fácil de usar - Nós no Chile 24 de fevereiro de 2015 - 11:26

[…] – Vinicola Undurraga por conta própria; […]

Reply
Marisa 21 de janeiro de 2015 - 20:24

Adorei!!!

Reply
Rosi Guimarães 22 de janeiro de 2015 - 15:35

Marisa,
A vinícola Undurraga é deliciosa, lugar lindo.
Abraços!

Reply
Vinícola Concha Y Toro – A maior do Chile - Nós no Chile 19 de agosto de 2014 - 08:32

[…] aqui no blog, há outras vinícolas menores e mais interessantes, acesse e conheça: Santa Rita, Undurraga, Cousiño Macul, mas a Concha y Toro é a mais famosa e de fácil […]

Reply
Silvana 23 de maio de 2014 - 18:39

Adorei as dicas!

Reply
Rosi Guimarães 24 de maio de 2014 - 14:52

Obrigada Silvana. Continue acompanhando, sempre colocarei novidades. Abraços.

Reply
Flavio 23 de maio de 2014 - 11:16

Os guias são uma atração a parte….Um passeio imperdivel!

Reply
Rosi Guimarães 24 de maio de 2014 - 14:53

É verdade. Vale muito o passeio, pelo lugar, pela paisagem e pelo guia…

Reply
Rosi Guimarães 28 de maio de 2014 - 16:52

A viña Undurrga tem uma paisagem imperdível!

Reply

Gostou? Deixe aqui seu comentário