Chile em novembro: clima, roupas ideais e o que fazer

Já estamos na primavera, mas as temperaturas ainda estão baixas nesse início de novembro no Chile.

Vocês podem não acreditar, mas ainda tem neve no Valle Nevado e Portillo ainda, algo raro para essa época do ano, 2023 realmente está um ano atípico.

Mas o calorzinho vai chegando aos poucos e em meados de novembro a temperatura já dever subir, chegando a fazer 26 graus.

Com o calorzinho a cidade se torna ainda mais viva, com diversos espaços abertos para conhecer, como parques, vinícolas e bares ao estilo rooftop.

Nos vinhedos, as folhas ficam ainda mais verdes e a paisagem começa a se transformar à espera da época de colheita (que ocorre em fevereiro). As uvas começam a aparecer ao final do mês, dando uma nova vida ao ambiente.

Leia as dicas a seguir para aproveitar melhor a sua experiência em terras chilenas!

Aproveita para me seguir no Instagram para ter informações atualizadas do dia a dia aqui no Chile. Clica aqui

 

Clima e temperatura no Chile em novembro

Novembro  é  primavera.

Com tempo ensolarado, as temperaturas podem chegar a 26o C,  ainda assim, os dias começam e terminam mais frios, com médias entre 10 e 12 graus. Ou seja, a amplitude térmica é significativa.

Escurece mais tarde por aqui e isso agrada a muitas pessoas que adoram aproveitar um dia mais longo. Parece que rende mais, né?

O sol só se põe por volta das 21 horas e admirar o pôr do sol é um dos programas imperdíveis por aqui. A mistura de cores é incrível.

Santiago é muito seco. Assim, mesmo na primavera é importante se hidratar o tempo todo, tomando muita água. Hidratante corporal e labial, protetor solar são imprescindíveis.

Documentos para entrar no Chile

Para entrar no país você pode usar a sua carteira de identidade (máximo de 10 anos da data de emissão, saiba mais aqui) ou passaporte válido e em bom estado de conservação. Não é mais necessário comprovar a vacinação contra COVID-19 para entrar em estabelecimentos comerciais. 

Apesar de não ser obrigatório, contratar um seguro viagem é muito importante. O seguro você pode comprar através do link da minha página, eu ganho uma pequena comissão que me ajuda muito.

E se você quiser mais informações sobre chip de celular, a voltagem, os melhores passeios, esse post vai te ajudar.

Requisitos para viajar para o Chile em 2023!

Os melhores e mais baratos Seguro Viagem para o Chile

 

Roupas ideais para o Chile no mês de novembro

Para quem viaja no início de novembro, ainda vai precisar ter uma mala mista, ou seja com roupas de calor para o dia, e de inverno, para as noite e os passeios na cordilheira.

Em meados de novembro começa a esquentar e o ideal para o dia são roupas mais leves. Para as mulheres, já dá para usar blusa de manga curta, saia e vestido. Para os homens, camisa de manga curta e bermuda.

À noite pode ser necessário usar roupas mais quentinhas, como calça comprida, blusa e camisa com manga longa e casaco mais leve. Também pode ser interessante se proteger da temperatura mais fria com lenços e echarpes.

Fora da cidade, se for fazer um passeio na montanha ou no litoral, a temperatura sempre tende a ser mais baixa, seja durante o dia ou à noite. É melhor não confiar na previsão de tempo aberto e usar calça e carregar um agasalho médio, principalmente se você for uma pessoa friorenta. Casacos do tipo corta-vento também são úteis nessa época.

Para quem viaja no início de novembro é quer ver a neve ainda, vai precisar de agasalho mais quentinho.

Passeios recomendados em Santiago e arredores

No dia 01 de novembro temos feriado por aqui (Día de Todos los Santos), que deve fazer ponte com o 27 de outubro (Dia das igrejas evangélicas e protestantes). Nessas datas o comércio e turismo funcionam (com algumas exceções, como as casas de câmbio de rua, por exemplo), pois não são feriados irrenunciáveis  como chamamos por aqui e em que tudo fecha.

Leia aqui o post dos feriados no Chile!

A seguir algumas deixo algumas dicas de passeios para aproveitar melhor a viagem do Chile em novembro:

Piquenique na Cordilheira dos Andes: com o fim da neve, os esportes de inverno dão espaço a um passeio imperdível para ver o pôr do sol na Cordilheira dos Andes, combinado com piquenique. Eu já fiz e acho muito bacana. Deixo o link para quem quiser saber mais, aqui

 

Cavalgada na Cordilheira do Andes: nos arredores de Santiago, numa região ainda pouco explorada por turistas. A Indo pro Chile, uma das parceiras do blog, é a única agência que oferece esse passeio. A proposta é de 4 horas de trilha (período de ida e volta) para visitar a Laguna El Yeso e paisagens lindíssimas. O passeio é de dia completo, das 6 às 19 horas. 

 

Pôr do sol no Sky Costanera: a vista da cidade é imperdível e vale a pena conhecer o mirante que fica no prédio mais alto da América Latina. Lá de cima, é possível ter uma vista de Santiago em 360o. Em novembro, recomendo subir às 19h30 para admirar a vista e ver o pôr do sol.

 

Embalse El Yeso e Cajón del Maipo: um pequeno povoado a 100 km de Santiago abriga um cenário muito bonito com rio, cordilheira e neve. Esse passeio é ótimo na primavera, mas recomendo fazer com agências por segurança.

 

Portillo: mesmo sendo um centro de ski, a Laguna del Inca fica linda para conhecer nessa época. É um passeio para admirar um lago de cores que variam entre o verde e o azul.Veja o nosso vídeo desse passeio.

 

Rosi, é melhor visitar o embalse el Yeso ou Portillo nesse época? Saiba a minha opinião  aqui neste post.

Caminhada pela cidade: Santiago é plana e cheia de parques e praças espaçosos e muito bem conservados. Por isso, a caminhada pode ser uma boa para conhecer a cidade. Recomendo conhecer: Parque Araucano (Las Condes), Parque Bicentenário (Vitacura), Parque Metropolitano (Providencia), Parque Padre Hurtado (La Reina).

 

Passeio de bicicleta: vale a pena alugar uma bicicleta e conhecer Santiago. Você pode ir ao Parque Metropolitano, onde tem uma subida até o Cerro San Cristobál. Chegando lá em cima, aproveite para tomar um “mote con huesillos”. Dá uma olhada no post que eu fiz sobre aluguel de bicicletas e patinetes, aqui.

 

Tour de bike em vinícolas: quem quer pedalar em um local diferente pode reservar um tour de bike em vinícolas. A Veramonte e a Cousiño Macul possuem modalidades de tour e degustação que incluem essa atividade. 

 

Trekking no Cerro Calán: conhecer um dos cerros que rodeiam a cidade. O Cerro Calán possui uma trilha de 2 km localizada dentro do Parque Cerro Calán, em Las Condes. Você pode ir caminhando pela trilha e apreciar os mirantes com vista de Santiago.

 

Visitar Valparaíso e Viña del Mar: estão a 115 quilômetros da capital chilena. Valparaíso é conhecida como um museu a céu aberto. Já Viña del Mar é a cidade das flores. Você pode alugar um carro ou ir com agência, para dar tempo de conhecer as duas cidades e não se preocupar com o carro.

 

Programação cultural: por aqui tem muita coisa boa rolando em novembro. Festival de música – Creamfields. Saiba mais na nossa agenda cultural.

 

E se está em dúvida nas escolhas entre Portillo e Embalse el Yeso, este post é para você !

Gostou das dicas? Então não deixe de compartilhar com quem quer viajar em novembro para o Chile!

Leia também:

10 hotéis para se hospedar em Providencia

Tudo sobre o desconto do IVA no Chile.

Melhores vinhos para levar para o Brasil.

Vou viajar somente com bagagem de mão. O que preciso saber!

Perdi meus documentos  no Chile. O que fazer?

11 produtos proibidos de entrar no Chile!

Faça um orçamento com as nossas agências parceiras.

Deixo a seguir um vídeo novinho sobre meu voo do Brasil para o Chile:

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao comentar você concorda com nossa Política de Privacidade

Comentários