O que fazer em Santiago do Chile com chuva

Quem visita Santiago nos meses de maio, junho e julho pode pegar um dia ou outro de chuva por aqui.

Isso porque é mais comum chover no inverno do que no verão. E é mais do que necessário, afinal, precisamos das chuvas para ter neve na Cordilheira dos Andes. 

Por outro lado, a Região Metropolitana de Santiago não está preparada para um alto volume de chuvas, o que significa que as ruas podem ficar alagadas (são poucas as que têm bueiro e há muita folha caída, o que dificulta o escoamento). Além disso, pedir comida em casa também não é uma tarefa fácil (fica tudo cheio e algumas entregas são suspendidas), o trânsito fica bagunçado e as autoridades chegam a suspender aulas nas escolas. 

Por ser cercado pela Cordilheira, em Santiago também podem ocorrer deslizamentos de terra e pedras. Por isso, não recomendo passeios fora do centro e bairros. Além disso, a maioria das estações de esqui podem fechar com essa previsão de muita chuva.

O que sempre fecha com previsão de chuva e neve é o caminho para Portillo. Aqui você pode acompanhar as informações atualizadas sobre o fechamento do caminho para o Centro de Ski Portillo, que é a mesma estrada que vai para Mendoza, fronteira com a Argentina. Ir para Mendoza de carro no inverno não é recomendável. Veja aqui as informações sobre viajar de carro para Mendoza. 

Aproveita para me seguir no Instagram e ter informações atualizadas – https://www.instagram.com/blognosnochile/

A chuva em Santiago não é tão comum, aqui nunca chove por dias e dias como estamos acostumados no Brasil, mas 2024 está mais chuvoso, então é bom viajar preparado.

Mas, Rosi, vou perder um dia inteiro? Não necessariamente. Recomendo remanejar os dias, se possível, e se divertir da melhor maneira possível com as minhas dicas. Só não vale ficar preso dentro do quarto de hotel!

O que eu recomendo para os dias chuvosos em Santiago

De verdade, não são tantas opções. Primeiro, vale gastar mais tempo almoçando e tomando um bom vinho. Aqui na página tem muitas boas opções de restaurantes. Veja aqui onde comer em Santiago do ChileTemos também dicas dos melhores lugares para tomar vinho em Santiago

Uma outra boa opção é desfrutar de um café ou chocolate no Brussels ou em uma das cafeterias deliciosas de Santiago.

Museus

Museu Interativo Mirador (MIM) é um museu inteiro dedicado à ciência. Lá é possível aprender sobre o uso do eletromagnetismo, da gravidade, da energia, da matemática, dos micro-organismos e muito mais. A principal atração é, sem dúvida, a Casa Sísmica – um simulador de terremoto. Saiba mais sobre o MIM. 

Museu Nacional de Bellas Artes:  reúne obras artísticas, com um acervo de 5 mil peças de autores nacionais e estrangeiros, desde o período colonial. Além da sua monumental arquitetura, guarda pinturas, fotografias, esculturas, desenhos, entre outros, que fazem o visitante perceber a riqueza de seu conjunto. Leia sobre o Bellas Artes.

Museu da Memória e dos Direitos Humanos: é uma edificação moderna e bonita. O espaço é destinado a dar visibilidade às violações dos direitos humanos, cometidas pelo Estado Chileno no período entre os anos de 1973 e 1990. Leia sobre o Museu da Memória.

Museu Chileno de Arte Precolombino: possui um acervo com exposição permanente chamada Chile antes de Chile e também da América Pré-Colombiana.  Mais de oito salas  dividem as obras de arte também por regiões e culturas. Saiba mais sobre o museu, aqui.

Museu Nacional de História Natural

Localizado no Parque Quinta Normal, o Museu Nacional de História Natural fica em uma construção em estilo neoclássico. Há exposições permanentes e itinerantes, e o acervo do museu permite que os visitantes consigam explorar as peculiaridades da fauna e flora chilenas.

Um exemplo são as réplicas de animais que dominavam a região nos tempos mais remotos. Além disso, é possível conhecer detalhes da geografia de diferentes regiões do Chile, como o Deserto do Atacama, Patagônia e região dos Lagos. Até mesmo a inóspita Ilha de Páscoa está presente. Entre os principais destaques está um enorme esqueleto de baleia. Saiba mais aqui.

Museu Artequin

Quem vem a Santiago do Chile com crianças também deve visitar este espaço, pois é muito interessante para os pequenos. O Museu Artequin exibe obras famosas do mundo na altura das crianças, para que elas possam ver e aprender. Portanto, é uma excelente opção. 

Aproveite para ler o texto com 20 atrações para curtir de graça no Chile.

Shoppings

Não tem como fugir, porque nos shoppings há atividades para todas as idades.

Shopping Costanera Center

Maior shopping de Santiago, são sete andares separados por categorias: serviços, presentes, moda feminina, masculina e infantil, decoração, esporte e tecnologia e, no último andar, praça de alimentação e cinema.

Está localizado no edifício mais alto da América Latina, com trezentos metros de altura, no bairro Providencia. Mesmo se você não gosta de shopping, vale visitar o Sky Costanera, um mirante no último andar, com vista em 360º de toda Santiago.

Endereço: Avenida Andrés Bello, 2425 – Providencia

Shopping Parque Arauco

Localizado no bairro Las Condes, o Parque Arauco vive lotado porque é o favorito dos chilenos. Conta com mais de 350 lojas, entre elas as de departamentos: Ripley, Paris e Falabella. Possui um setor localizado ao ar livre chamado “Distrito de Lujo” um espaço sofisticado com lojas de grandes marcas como: Dolce & Gabbana, Emporio Armani, Louis Vuitton e Carolina Herrera.

Endereço: Av. Presidente Kennedy 5413 – Las Condes.

Shopping CasaCostanera

O mais luxuoso e moderno de todos. Localizado no charmoso bairro de Vitacura, o Casa Costanera esbanja requinte e beleza. Possui lojas de moda, decoração e gastronomia.  Além de ser um lugar muito agradável, o Casa Costanera tem uma grande vantagem em relação aos outros shoppings: é bem mais tranquilo. A filial da H&M dificilmente tem filas como as da loja do Costanera Center.

Endereço: Avenida Nueva Costanera, 3.900 – Vitacura.

Leia este post para saber mais sobre os shoppings de Santiago.

Mercado Urbano de Tobalaba (MUT)

Localizado entre Providencia e Las Condes, o recém-inaugurado MUT abriga lojas de grandes marcas (como Natura, Adidas e The Body Shop), lanchonetes, feira de artesanatos, venda de pequenos produtores, mas também atividades culturais e artísticas. 

Integrado à estação de metrô Tobalaba, o espaço conta com uma parte gastronômica, opções de hambúrguer, pizza, sushi e até açaí.

Endereço: Av. Apoquindo 2730, Las Condes. Estação de metrô Tobalaba (L1 E L6).

Para crianças

Mall Sport

Lojas de ciclismo, natação, equitação, montanhismo e muito mais. Possui muita variedade de equipamentos, principalmente para quem curte pedalar. Há várias atividades que podem ser praticadas dentro do shopping, como muro de escalada, arvorismo, kart e até mesmo um espaço dedicado aos mais pequeninos. 

Endereço: Av. Las Condes – 13.451 – Santiago

Kidzania

No Vida Parque, localizado dentro do Parque Araucano, está o Kidzania. Os pequenos poderão se divertir nessa mini cidade, que  oferece entretenimento e aprendizado para crianças a partir de 4 anos, que podem experimentar mais de 80 atividades profissionais em uma cidade interativa.

Endereço: Presidente Riesco 5330 – Nível Boulevard 2, Vida Parque, Las Condes

Trampoline Park

O Trampoline, é um espaço repleto de camas elásticas, com piscinas de esponjas e um muro para escalar. Por isso, esse  é um dos destinos favoritos de quem vem para o Chile com crianças.

Endereço: Av. las Condes 12916.

Leia aqui um guia do que fazer com crianças no Chile.

Aproveita para ver esse vídeo com dicas para a sua viagem ao Chile em 2024:

 

Créditos foto de capa: Freepik

 

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ao comentar você concorda com nossa Política de Privacidade