Vinícola Bodega RE Chile464

Tour e brunch na vinícola Bodegas RE – Valle de Casablanca

Já conhecia essa vinícola e sempre fui uma RElover (já já vou explicar). Mas voltei, e dessa vez com a “desculpa” que era para escrever o post. Então, aqui estou e vou contar para você como foi mais essa linda experiência numa vinícola do Valle de Casablanca – região que está a cerca de 70 quilômetros de Santiago. 

Vinícola Bodega RE Chile480

Bodegas RE é uma viña pequena e familiar. Pequena de verdade, no tamanho e na produção: só produz 45 mil garrafas ao ano e tudo de forma manual e, podemos até dizer, à moda antiga.  É uma vinícola com um conceito de vinhos de caráter único. RE é baseado em REcriar, REinventar e REvelar vinhos ancestrais. É através dessa proposta que  REnascem os surpreendentes  e ousados vinhos da Bodegas RE. Uma curiosidade é que o Brasil é seu maior importador de vinhos. RE. Eita povo de bom gosto!

Vinícola Bodega RE Chile465

A produção começou em 2008 e abriu suas portas em 2012. Comandada por Pablo Morandé e seus filhos, a Bodegas RE,  além de excelentes vinhos, produz também licores, azeites e balsâmico.  Tudo pode ser degustado na sua visita e, se gostar (tenho certeza que vai amar!), você pode comprar e levar essas raridades para o Brasil.

Vinícola Bodega RE Chile474

O tour

Vinícola Bodega RE Chile459

O tour começa na pequena bodega, onde é possível conhecer a forma de produção dos vinhos de caráter único. Lembra que falei que podemos dizer que é uma produção à moda antiga? O simpático guia Raúl explica sobre esse processo e mostra os jarros de argila de mais de 70 anos, onde são fermentados alguns vinhos. Esses jarros pertenciam à família de Pablo Morandé, que é a oitava geração de uma família vitivinícola no Chile.

Vinícola Bodega RE Chile458

Aqui nas Bodegas RE não existem barricas de aço inoxidável. A fermentação passa por esses jarros de argila, que por sua forma, facilita o movimento natural da uva durante o processo. E quando é necessário movimentar essa fermentação é utilizado esse tipo de pá bem rústica. A argila facilita também o controle de temperatura e não é preciso utilizar nenhum equipamento para isso.  Por isso os vinhos são tão especiais. Nem todos os vinhos são fermentados nesses jarros.

Vinícola Bodega RE Chile460

Depois de fermentado, o processo continua nas barricas de cimento ou nos barris de madeira, dependendo do resultado que se busca.

Vinícola Bodega RE Chile472

Vinícola Bodega RE Chile471

Outra audácia de Pablo Morandé e seus filhos é que 90% dos vinhos são blends. Mesclas bastante ousadas, como o RE Pinotel, que mistura as uvas Pinot Noir com Moscatel. Ou ainda, o RE Syragnan, que mescla as uvas Syrah e Carignan. Tem também o RE Cabergnan, que é a mistura das uvas Cabernet e Carignan. Por isso eu disse no início do texto que sou uma RElover: sou apaixonada por essas misturas e pela ousadia dos vinhos da Badegas RE.

Vinícola Bodega RE Chile473

Depois dos encantos da criação dos vinhos de caráter único, hora de conhecer a parte de fora da vinícola. O tour passa pela plantação, área de piquenique e depois, o momento de conhecer um pouquinho da produção de licores e dos balsâmicos de vinhos. O azeite não é produzido nesse vale, mas tem na lojinha para vender e vale comprar, é delicioso e único.

Vinícola Bodega RE Chile468

Vinícola Bodega RE Chile466

Vinícola Bodega RE Chile469

Vinícola Bodega RE Chile470

Brunch

Vinícola Bodega RE Chile464

Vinícola Bodega RE Chile461

Chegou a hora de provar as comidinhas que estão incluída no brunch: ovo poche na torrada de pan amasado (um tipo de pão chileno), degustação de salmão defumado com palta (parecido com abacate), ovos mexidos com linguiça artesanal de Don Lolo, frutas da estação com granola e iogurte natural, panqueque com doce de leite caseiro(doce chileno) chá ou café e uma taça de RE Pinotel o RE Syranoir. Tudo preparado com muito carinho e cuidado com todos os detalhes. Adorei!

Vinícola Bodega RE Chile462

Vinícola Bodega RE Chile463

Brunch é de origem britânica, combinação de café da manhã (breakfast) com o almoço (lunch). Achei uma excelente opção para quem vai fazer o tour, mas não quer almoçar, ou quer conhecer outras vinícolas nessa região (vou deixar opções ao final do post). Parece pouca comida, mas dá para satisfazer bem. O bom da Bodegas RE é que você pode montar seu tour como achar melhor. Incluir mais vinhos na degustação, tem opções de tour com piquenique, com almoço ou somente fazer o tour para conhecer essa preciosidade de vinícola. 

Vinícola Bodega RE Chile479

Preços:

  • Brunch RE-Criollo: $12.500(R$62,50) por pessoa (foi esse que eu fiz);
  • Piquenique RE-Criollo: $28.000 (R$140,00) Cesta para 2 pessoas;
  • Tour Innovación: $17.000 (R$85,00) por pessoa. Inclui degustação de 3 vinhos e uma tábua de pão, azeitonas, azeite e o balsâmico.
  • Atenção: todos os tours precisam ser reservados com antecedência: [email protected]
  • Para mais informações sobre os tours, clique aqui.

Como chegar:

  • BODEGAS RE está localizada em Camino Lo Ovalle, km. 1, na lateral da Ruta 68, de Santiago para  Viña del Mar, em frente ao km 71.

Bodegas RE Mapa

Aproveite seu dia e visite outras vinícolas em Casablanca:

Ahhh!!! Já estava esquecendo de contar que a vinícola tem uma linda loja onde você pode comprar além dos vinhos, azeite, balsâmico e os licores. Tem também artesanato, geleias e outras coisinhas lindas e deliciosas.

Vinícola Bodega RE Chile477

Vinícola Bodega RE Chile478

Vinícola Bodega RE Chile476

  •  Leia aqui as avaliações da Bodega RE no TripAdvisor

Agradeço à Bodegas RE pelo convite para a visita e brunch.

 

Planeje sua viagem com a gente!

Fazendo suas reservas aqui pelos links do blog você não paga nada a mais por isso, e ainda ajuda na manutenção da nossa página. Nossos parceiros foram escolhidos a dedo. Então não custa nada ajudar a gente.

 

Artigos Relacionados

About the Author

Rosi Guimarães
Author with 229 posts
More about Rosi Guimarães

Sou Rosi Guimarães, mineira de Belo Horizonte, casada com Flávio e mãe do Arthur e da Yasmim. Moramos no Chile desde 2014. Relações Públicas e pós-graduada em cerimonial e organização de eventos. Deixamos uma vida bem estruturada em Belo Horizonte e cá estamos: NÓS NO CHILE!
- Facebook: nosnochile
- Twitter: @nosnochile
- Instagram:@blognosnochile
- snap: blognosnochile

22 Comments

  • Chile: Qual é a melhor época do ano para viajar?
    16 de outubro de 2017 - 11:22

  • É Primavera. O que fazer em Santiago do Chile? – Nós no Chile
    25 de setembro de 2017 - 08:31

  • Fabiana Gigli agosto 10, 2017 02.18 pm

    Oi Rosi, não poderia deixar de agradecer pelo post. Fomos em julho e a visita foi sensacional. O atendimento é excelente e personalizado, a degustação também, agora o que são aqueles vinhos? Nunca provei nada igual, maravilhosos. Só não pude comprar muitos porque a mala já estava no limite de peso, mas quero muito voltar.
    Parabéns pelo excelente trabalho.
    Bjo.

    Reply 
  • Diogo Damaso julho 20, 2017 09.37 am

    Oi, Rosi.
    Tenho acompanhado seu blog e gosto muito dos seus posts. Sempre cheios de detalhes que ajudam quem está planejando uma viagem.
    Vou para o Chile em agosto e tenho algumas vinícolas no roteiro. Vi em outro post que é possível chegar a Casablanca de ônibus partindo de Santiago. Gostaria de saber se existem outros meios de transporte que sejam tranquilos para passarmos o dia em Casablanca.
    Agradeço qualquer informação que puder me passar.

    Reply 
    • Rosi Guimarães julho 20, 2017 10.44 am

      Oi Diogo,
      dá sim para chegar em Casablanca de ônibus, o problema é o deslocamento entre uma vinícola e outra. Já que em esses locais nunca vejo taxis circulando. No Centro de Casablanca você pode encontrar taxi e negociar com ele os valores de acordo com as vinícolas que você gostaria de conhecer. Outra opção seria contratar uma agência ou transfer.
      Abraço e boa viagem!

      Reply 
      • Diogo Damaso julho 20, 2017 12.39 pm

        Rosi, em outro post você indicou a Transvip para transfer do aeroporto, mas acho que se limitam só a esse trajeto. Conhece alguma agência que possa oferecer esse tipo de serviço? Uber seria uma opção?

        Reply 
  • Laura julho 19, 2017 07.30 pm

    Olá Rosi, estamos indo eu,meu marido e três amigos para o Chile agora em agosto, e nos interessamos muito por essa vinícola, gostaria de informação sobre os meios de transportes para chega lá, estamos querendo conhecer também mais algumas vinícolas no mesmo dia, Rosi sera que vale a pena saindo dos passeios das vinícolas ir direto para Viña del Mar pra conhecer a cidade.

    Reply 
  • Brazilian Travel Card: O cartão de descontos do turista brasileiro no Chile
    28 de junho de 2017 - 09:57

  • Ana Raquel Cruz junho 07, 2017 08.56 pm

    Olá Rosi, estamos indo eu e meu marido para o Chile no São João e nos interessamos por essa vinícola, mas gostaria de verificar a opção de fazer por meio de um passeio por causa do álcool e direção.

    Reply 
    • Rosi Guimarães junho 09, 2017 09.23 am

      Oi Raquel, tudo bem?
      Vou te enviar algumas informações por email.
      Abraço!

      Reply 
  • Fernanda Maia Ramos junho 07, 2017 08.47 am

    Olá Rosi,
    Sou a Fernanda e vou para o Chile em julho com mais duas amigas, e gostaríamos demais de visitar a RE, mas como é visita a vinícola, não queríamos ir de carro, beber e dirigir não está nos nossos planos. Por isso precisamos de ajuda para o meio de transporte, táxi, ônibus, Uber… Qual a melhor maneira de chegarmos lá e podermos aproveitar bastante?
    Abraços
    e obrigada
    Fernanda

    Reply 
  • Fabiana Gigli junho 02, 2017 10.16 am

    Rosi, sigo seu blog há alguns meses e devo dizer que esse post complicou meu planejamento kkk, adorei!!!
    Vamos para Santiago em julho e passaremos um dia em Casablanca com carro, na intenção de conhecer a maior quantidade de vinícolas. Gostaria de fazer um tour na Emiliana ou Matetic, almoçar na casas del bosque e depois dar uma olhada na loja da Emiliana (se não fizer o tour). Você acha que com bom planejamento consigo fazer essas três coisas no mesmo dia? Tem alguma sugestão?

    Reply 
    • Rosi Guimarães junho 03, 2017 11.47 am

      Oi Fabiana, tudo bem?
      Consegue sim, só que você vai ter que escolher somente uma para fazer o tour. Essa vinícola é muito bacana e eu não deixaria ela de fora do seu roteiro.
      Abraço e boa viagem!

      Reply 
      • fabiana junho 03, 2017 04.35 pm

        Muito obrigada Rosi. Sucesso!!

        Reply 
  • Helen maio 30, 2017 06.03 pm

    Boa tarde!
    Nos interessamos muito na visita à vinicola Bodegas RE. Não conhecíamos e através do seu texto surgiu o interesse de visitar… Estou pesquisando em vários locais porém não encontro dicas de quais meios de transporte para chegar lá. Existe alguma linha de ônibus de Santiago até a vinícola? Ou somente alugando carro? Se puderes nos auxiliar com essa questão, agradeceria muito! (copiei o comentário porque também é a minha dúvida)
    Obrigada pelas dicas!

    Reply 
    • Rosi Guimarães junho 03, 2017 12.27 pm

      Oi Helen, tudo bem?
      Vou te enviar informações por email.
      Um abraço!

      Reply 
      • selva junho 29, 2017 09.52 am

        oi Rosi, meu marido e eu passaremos 6 dias em santiago. Já marcamos o passeio pelos andes e vale nevado no dia 12/07 no dia 13/07 faremos o city tour (hop on hop off) e queremos dicas do que fazer nos dias 14,15 e 16/07 vamos alugar carro por dois dias. Adorei esta vinícula mas não sei roteiro. queremos dicas de bons restaurantes e passeios. Pode nos ajudar.

        Reply 
  • Patricia Gomes maio 30, 2017 11.10 am

    Boa tarde!
    Nos interessamos muito na visita à vinicola Bodegas RE. Não conhecíamos e através do seu texto surgiu o interesse de visitar… Estou pesquisando em vários locais porém não encontro dicas de quais meios de transporte para chegar lá. Existe alguma linha de ônibus de Santiago até a vinícola? Ou somente alugando carro? Se puderes nos auxiliar com essa questão, agradeceria muito!

    Reply 
    • Rosi Guimarães junho 03, 2017 11.54 am

      Oi Patricia, tudo bem?
      Vou te enviar informações por email.
      Abraço!

      Reply 
      • juliano morandi silva julho 29, 2017 09.09 pm

        Boa noite Rosi ,primeiro gostaria de parabeniza-la pela iniciativa do nos no chile , muito bacana! Tambem quero muito de conhecer a RE e saber quais as melhores forma de chegar até lá e outras opções próximas para incluir no passeio.
        Muito Obrigado!!

        Reply 

Gostou? Deixe aqui seu comentário

A AUTORA

Rosi Guimarães

Sou Rosi Guimarães, mineira de Belo Horizonte, casada com Flávio e mãe do Arthur e da Yasmim. Moramos no Chile desde 2014. Relações Públicas e especialista em cerimonial e organização de eventos. Deixamos uma vida bem estruturada em Belo Horizonte e cá estamos: NÓS NO CHILE!

Mondial Travel - Nós no Chile
Rentcars - Nós no Chile
10% de desconto - Brazilian Travel Card

TEMPERATURA

Santiago - Chile
7°
Weather from OpenWeatherMap