Chegou o inverno chileno: o que fazer em Santiago?

Com vocês, o inverno chileno – a estação mais esperada pelos turistas brasileiros no Chile!

Afinal, quando é inverno no Chile?

O inverno chega neste 21 de junho e a expectativa é tão grande que estão todos com os dedos cruzados pelas prometidas nevascas.

Para você que está chegando, vamos contar o que tem de especial para fazer em Santiago neste período.

Antes de tudo, é claro que temos que lembrar que as temperaturas já estão baixas na região metropolitana, podendo a mínima ficar próxima de zero e a máxima entre 10 e 18 graus.

Muito frio? Sim. Mas quanto menor a temperatura e maior a possibilidade de chuva, melhor para quem quer ver a neve e curtir a atração mais esperada do inverno: subir as montanhas e conhecer as estações de esqui.

Então, vamos começar com o passeio número um da temporada!

Estações de esqui: uma das principais atrações do inverno chileno

Conhecer a neve e praticar esqui ou snowboard são as opções mais esperadas por quem viaja nesta época.

A primeira coisa que você deve saber sobre o inverno chileno é que a temporada tem uma previsão de começar sempre em meados de junho, mas depende da quantidade de neve nas montanhas.

Ou seja, quando ela chega na cordilheira, as estações de esqui anunciam a temporada de inverno e começam as atividades.

La Parva, El Colorado, Farellones e Valle Nevado são as estações mais próximas.

Para fazer este passeio, você precisa programar um dia da sua viagem.

Afinal, as agências oferecem esta opção saindo de Santiago bem cedinho e retornando no final da tarde.

Em geral, o trajeto de Santiago até o topo da montanha leva cerca de 1h30 e, normalmente, a ida considera a parada em uma loja de aluguel de roupas específicas para o frio (as mínimas podem chegar a -15 graus na montanha) e para a prática de esporte, além de equipamentos.

Você pode optar por um passeio mais contemplativo, apenas se divertir na neve, andar de teleférico, fazer lindas fotos, tomar um chocolate quente e comer uma empanada chilena.

Ou então aproveitar o inverno chileno para fazer umas aulinhas e se aventurar no esqui ou snowboard.

Além disso, Portillo também pode ser uma boa opção, já que eu não recomendo Embalse el Yeso nessa época.

Para curtir um dia de neve no inverno chileno, porém, com as pistas de esqui abertas, o acesso fica mais restrito para quem vai só passar o dia.

Assim, você vai conseguir avistar a laguna del Inca do mirante.

Vinícolas

Como nem só de neve vive o turista, outro passeio recomendadíssimo é visitar vinícolas.

No inverno, as parreiras estão secas, em pleno processo de renovação, porém essa é uma época super interessante para conhecer o processo de produção e, obviamente, para degustar vinhos chilenos.

Então, fazer um tour a uma vinícola é tão obrigatório quanto ver a neve. Existem tantas opções no blog que chega a ser difícil indicar, mas vamos arriscar algumas opções para te deixar entusiasmado com a variedade.

Mais visitadasConcha y Toro e Undurraga

Orgânica: Emiliana

Boutique: Bodegas Re e Pérez Cruz

Para passear de charrete: Viu Manent

Com gostinho brasileiro: Attilio & Mochi e La Recova

Tour com churrasco no alto do vinhedo: El Principal

Tour com almoço especial: Casas del Bosque e Matetic

Para ir de metrô: Cousiño Macul e  Aquitania

Confira o top 10 com as melhores vinícolas chilenas que já visitei

Bem, essas são apenas algumas das muitas dicas no blog.

Lembre-se sempre que a visita nas vinícolas deve ser reservada previamente. Então, não deixe de perguntar sobre as opções de tours e o idioma em que estão disponíveis.

Gastronomia

O inverno também é uma boa época para se comer bem, de preferência, degustando um bom vinho.

Nesse sentido, o pisco chileno ou peruano também é perfeito para abrir o apetite.

Não deixe de provar um prato típico chileno.

Mas saiba também que há opções de restaurantes peruanos e de cozinha internacional.

É por isso que aqui a gente indica 9 restaurantes imperdíveis em Santiago do Chile.

Restaurante Baco Chile

Restaurante Baco

E quem resiste à sobremesa, não é? Vamos indicar só alguns nomes para você guardar: torta trés leches, hojarasca, leche asada, mote con huesillo…

Dentro do quesito das coisas gostosas, experimente fechar o dia de inverno chileno com um bom café ou chocolate quente nas cafeterias de rua ou shopping. Delícia de programa!

Será que comer no Chile é caro? Clica aqui para saber

Patinação no gelo: mais um programa para curtir o inverno chileno

Outra febre de inverno são as pistas de patinação no gelo, montadas ao ar livre dentro do Parque Araucano e também no Parque Bustamante.

Mas se não quiser arriscar, vá passear no parque e aproveite para ver os chilenos dando piruetas de patins.

Vamos torcer para 2022 voltar com as pistas de patinação!

Fique de olho nos stories do @blognosnochile para saber das novidades e detalhes sobre as pistas.

Barrio Lastarria e Barrio Italia

Estes são dois bairros muito especiais.

O primeiro fica em torno da Avenida José Victorino Lastarria, um verdadeiro circuito cultural com um pouco de tudo por perto: museus, centros culturais, restaurantes, cafeterias e lojas variadas.

Já o segundo fica ao redor da Avenida Itália, que guarda a história dos imigrantes italianos no Chile, com restaurantes de massa, antiquários e muitas vielas com lojinhas e cafeterias.

São lugares para caminhar com tranquilidade, observando a arquitetura e curtindo o astral.

No Bairro Itália, por exemplo, existe um centro de restauração de móveis antigos ao ar livre e em Lastarria tem uma feirinha de artesanato, livros, objetos antigos etc.

Logo, é muito agradável passear por lá.

Veja os posts do Barrio Lastarria e do Barrio Italia para entender melhor por que amamos estes lugares.

Confira também este post com as 10 coisas que você precisa saber sobre o inverno no Chile.

 

Definitivamente, o inverno chileno tem seu charme.

Tanto na montanha quanto na cidade.

É por isso que gostamos de mostrar várias opções, assim você pode aproveitar de tudo um pouco.

E nem vai se lembrar do frio.

 

Saiba que roupa vestir no inverno do Chile

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Ao comentar você concorda com nossa Política de Privacidade